Nove dicas de como decorar a sala de jogos das crianças

· 19 de fevereiro de 2019
Toda criança precisa de um espaço para estimular o seu desenvolvimento integral. Esse recinto sagrado pode ser uma sala de jogos. Aqui, vamos dar a você algumas dicas para projetar uma sala de jogos divertida e educativa.

Decorar a sala de jogos das crianças é uma das atividades mais divertidas que os pais e os pequenos podem fazer em conjunto. Desde o momento do nascimento da criança, esse lugar pode se tornar o melhor aliado no seu desenvolvimento psicomotor.

Embora seja verdade que o projeto desse espaço vai depender da idade da criança, se cogitarmos fazer uma boa decoração desde o começo, só precisaremos fazer pequenas mudanças no projeto inicial à medida que a criança vai crescendo.

Dicas para decorar a sala de jogos das crianças

1.- Escolher o espaço adequado

Um bom quarto desocupado ou com pouco uso seria o local adequado. Caso não haja um espaço desses livre na sua casa, você pode separar um cantinho bem delimitado no quarto das crianças para poder planejar a decoração.

É de suma importância colocar elementos que contribuam para o desenvolvimento da parte motora e criativa da criança. Além disso, devemos colocar objetos de forma prática e ensinar as crianças que cada coisa tem seu lugar para, assim, manter a ordem.

2.- Acondicionamento do piso

Para evitar batidas, deve-se colocar colchonetes ou pisos acolchoados e, inclusive, tapetes e almofadas ao redor dos cantos. Os tapetes EVA são uma boa opção, já que são duráveis, impermeáveis e fáceis de limpar.

3.- Decorar com um grande quadro-negro

Uma alternativa didática, além dos jogos, é colocar um quadro-negro, no qual as crianças possam se expressar e aprender, ao mesmo tempo que realizam atividades lúdicas utilizando gizes ou canetas de giz líquido de diferentes cores.

Além disso, recomenda-se colar adesivos de vinil na parede. Além de dar um toque divertido ao quarto, eles despertam a curiosidade da criança de pintar as paredes.

4.- Espaço para jogos lúdicos

Levando em consideração a idade da criança, devemos escolher jogos que melhor se adaptem à ela. Sempre devemos analisar os melhores locais onde colocá-los para administrar bem o espaço. Esses jogos podem ser de mesa, de montar e, até mesmo, consoles de videogames.

comunicação através de jogos

5.- Não pode faltar uma escrivaninha

Nessa sala de jogos sempre deve haver uma mesa destinada à realização de trabalhos, tarefas e atividades. Deve estar adequada à altura e às necessidades de cada criança e pode ter dupla função: pode servir tanto para diversão quanto para estudo.

É recomendável, da mesma forma, colocar uma estante ao lado da escrivaninha com o que for necessário para a hora de utilizar esse espaço, como gizes de cera, aquarelas, folhas e demais apetrechos que as crianças possam fazer uso a fim de deixar voar sua imaginação e fluir sua criatividade.

6.- Dar preferência a uma boa iluminação

A luz natural sempre será a ideal. Mas se você não contar com uma boa fonte de luz natural, é necessário então instalar uma luminária de teto e outras pequenas perto da mesa de trabalho. O requisito é que facilitem o desempenho criativo da criança.

Quando o quarto dispõe de janelas, recomenda-se utilizar cortinas que permitam a entrada da luz e que evitem danos aos olhos dos mais sensíveis. Colocar ornamentos nelas dará ao quarto um toque personalizado.

7.- Uso de organizadores

Além de dar um bom aspecto ao espaço, os organizadores ajudarão a guardar os brinquedos depois que seus filhos terminarem suas atividades. Eles são ideais para dividir os brinquedos de acordo com sua função e ajudarão a criança a localizar os brinquedos que quiser na hora de brincar.

Uma excelente opção é utilizar cores diferentes para cada tipo de brinquedo. Por exemplo: os blocos de montar vão ficar guardados na gaveta verde, as pistas de corrida na vermelha, os dinossauros na marrom, o jogo de chá na gaveta violeta, as fantasias na rosa, as bonecas na laranja e assim por diante.

O hábito de as crianças recolherem seus brinquedos quando terminam de brincar e guardarem nos seus respectivos lugares vai fazer com que elas criem um hábito de organização desde pequenas. Isso vai acompanhá-los pelo resto da vida e estimulará nelas o senso de orientação e localização.

8.- Fazer bom uso das cores

Recomenda-se pintar as paredes com cores suaves, neutras. Assim que estiverem preparadas para pintar, escolhemos a temática. Você pode confiar nos gostos do seu filho. Assim, leve-o com você e deixe-o escolher o tema da decoração.

Uma das dicas mais populares: se for um quarto de menina, acrescente à decoração algumas estrelas ou coroas de princesas; se for quarto para meninos, alguns barcos ou carros.

“Na sala de jogos, sempre deve haver uma mesa destinada à realização de trabalhos, tarefas e atividades”

Se for um quarto compartilhado, pode-se decorar com temas de animais ou similares. Tudo depende do que as crianças mais gostam.

Uma das melhores dicas para decorar a sala de jogos das crianças é aproveitar a influência das cores sobre o estado de espírito delas. A cor estimula e ajuda no desenvolvimento das funções afetivas, cognitivas, emocionais e sociais das crianças.

Além disso, as cores também influenciam o temperamento e a personalidade do indivíduo. Por exemplo, brinquedos vermelhos geram dinamismo e estimulam o movimento nas crianças. Por isso, esses brinquedos são recomendados para crianças mais tranquilas, que precisam aumentar sua atividade.

Brinquedos amarelos costumam ser necessários para crianças com dificuldade de concentração, já que ajudam a potencializar as capacidades associadas ao desenvolvimento da inteligência.

Por outro lado, brinquedos de cor azul tendem a ajudar as crianças a relaxar e também ajudam a estimular o sono. Por isso, são recomendados para crianças ativas ou com propensão à irritabilidade.

espaço de jogos para crianças

9.- Incluir um espaço para livros

É importante haver algumas prateleiras para colocar livros, aos quais as crianças possam ter acesso com facilidade. Ainda que não saibam ler por conta da idade, as ilustrações as motivarão a ter contato com textos.

Uma grande dica é colocar um móvel ou poltrona, no qual os pais possam se sentar e ler junto com as crianças para incentivar esse bom hábito. Afinal de contas, a sala de jogos também será um local reservado para a curtição e diversão da família.