Ensine com carinho para seu filho memorizar melhor

7 de julho de 2018
Se queremos que nossos pequenos tenham lembranças permanentes e aprendizados mais duradouros, é conveniente começar a educar aplicando estratégias mais afetuosas.

Para ajudar a criança a memorizar melhor, recomenda-se ensinar com carinho. Como bem sabemos, os estímulos positivos prevalecem sobre os negativos.

O carinho deixa marcas inesquecíveis nas pessoas. Este princípio, portanto, é muito útil para ensinar as crianças a memorizar mais rápido. Geralmente, aquilo que é prazeroso permanece por muito mais tempo na nossa memória. Pois, as emoções que nos conectam são positivas e, por conseguinte, mais duradouras.

É comum que nos esqueçamos daqueles momentos que são entediantes ou indiferentes para nós. Isso acontece porque, emocionalmente, eles não foram suficientemente estimulantes. Entretanto, as melhores lembranças costumam nos acompanhar por mais tempo. Como adultos, conseguimos perceber que nos lembramos de algumas coisas mais do que outras. Isso funciona também para as crianças.

memorizar melhor

Estímulos positivos melhoram a memorização

Ensinar é um processo que requer muita paciência. Por isso, algumas pessoas possuem uma aptidão maior que outras para essa atividade. No caso das mães, ensinar com carinho não demanda muito esforço. Mas, algumas vezes, acabamos sendo um pouco mais rígidas do que o necessário.

Segundo os especialistas, para os bebês é mais fácil fazer associações efetivas quando há um estímulo positivo envolvido. Isso ocorre porque as emoções também respondem positivamente. Os estudos realizados mostraram que é mais fácil se lembrar de momentos bons. Em partes porque o carinho é capaz de ativar os sistemas de excitação e atenção no cérebro.

Foi demonstrado que os bebês conseguem se lembrar de atitudes alegres, chateadas ou tristes das pessoas. Por isso, se um desses tipos de emoção estiver relacionado a algum ensinamento, ele pode ser determinante para contribuir com uma lembrança mais clara. Se uma pessoa tenta ensinar algo a uma criança enquanto fala com irritação, terá menos possibilidades de sucesso no ensinamento.

memorizar melhor

Sabe-se que os bebês nascem capacitados para memorizar, pois esse é um dos elementos que os permite descobrir e identificar o contexto que os cerca. Não é porque não conseguem falar ou expressar com clareza o que sentem que os bebês deixam de entender o que acontece a sua volta. As emoções, portanto, são parte fundamental no desenvolvimento dos pequenos.

É possível que as crianças prestem mais atenção na emoção transmitida por quem está na posição de educador. Portanto, se se trata de uma mensagem acompanhada de carisma e atitude positiva, haverá uma lembrança emocional. Nesse sentido, podemos falar de alguma abertura às palavras carinhosas e atitudes afetivas. Isso é fundamental no convívio com os pequenos.

O que fazer para o bebê memorizar melhor?

Como já dissemos, a chave para o bebê memorizar melhor é o carinho e todos os estímulos positivos que podemos utilizar. É compreensível que as crianças inspirem muita ternura, por isso é muito difícil não ser carinhoso com eles. Entretanto, às vezes, para educar é necessário ser um pouco mais duro.

Os gritos ou as irritações são comuns nos adultos quando querem educar as crianças. Talvez seja esse o motivo pelo qual às vezes parece que as crianças não se lembram do que dissemos. Neste caso, os especialistas afirmam que existe um bloqueio no processamento das informações que vêm carregadas com atitudes negativas.

Para ajudar nesse processo, os especialistas recomendam ensinar as crianças com carinho e incorporar as seguintes medidas:

  • Os jogos são ideais para favorecer a memória das crianças. Elas aprenderão por meio de ações divertidas, das quais vão querer se lembrar para poder repeti-las. Cantigas e rimas são recomendadas para crianças pequenas. À medida que crescem, é possível incorporar jogos didáticos.
  • Desde muito cedo podemos focar na repetição dos nomes dos objetos e das pessoas ao redor. Pouco a pouco, as crianças começam a assimilar o significado de muitas palavras. Além disso, uma conversa clara com a criança a ajuda a aprender mais rápido o idioma.
  • Podemos estimular os pequenos a se lembrar de algo que é importante para eles. Por exemplo, podemos esconder um brinquedo para que eles encontrem e, assim, ajudá-los a raciocinar sobre a localização do que escondemos.
  • Podemos estimular a concentração, para que existam menos possibilidades de que as crianças não assimilem o que for mais importante e, assim, adquiram as ferramentas para memorizar melhor.
Recomendados para você