Estratégias para promover a resiliência na sala de aula

Vamos falar sobre algumas estratégias para promover a resiliência em sala de aula e ensinar os alunos a enfrentar seus problemas de forma positiva, saindo deles fortalecidos.
Estratégias para promover a resiliência na sala de aula

Última atualização: 23 Novembro, 2020

É importante que as crianças sejam ensinadas na escola a lidar com os problemas e as situações difíceis que vão surgir ao longo de suas vidas. Por esse motivo, os professores devem conhecer e aplicar estratégias para promover a resiliência na sala de aula e ajudar os alunos a desenvolver essa habilidade de saber se recuperar diante das adversidades.

Resiliência, a resistência de um junco

Resiliência é uma palavra que parece estar muito na moda atualmente. No entanto, é uma capacidade é atemporal, uma vez que desenvolver a resiliência, ou aprender a ser uma pessoa resiliente, é essencial para viver mais plenamente em qualquer época e momento da vida.

Assim, na psicologia, a palavra resiliência se refere à capacidade que uma pessoa tem de superar ou se recuperar de circunstâncias traumáticas, como, por exemplo, um acidente ou a morte de um ente querido.

Entretanto, a capacidade de resiliência pode ser estendida a qualquer outra situação que possa ser difícil para uma pessoa ou que envolva uma grande pressão para ela. Além disso, também tem a ver com a capacidade de aprender e de sair mais forte de uma situação complicada.

Estratégias para promover a resiliência na sala de aula

Por isso, às vezes, a resiliência ou as pessoas com a habilidade da resiliência se assemelham a um junco, pois são caracterizadas justamente pela sua capacidade de resistir, caso tentem dobrá-las, sem chegar a se quebrar.

A resiliência e as crianças

É importante ensinar as crianças a serem resilientes, tanto em casa quanto na escola, para que, desde pequenas, elas sejam capazes de se equivocar e aprender com seus erros. Também é útil para que elas aprendam a administrar suas emoções e controlar seus medos, além de evitar a ansiedade. E para que desenvolvam uma autoestima positiva e expressem todas as suas potencialidades.

Em suma, ensinar as crianças a serem resilientes implica influenciar positivamente a sua capacidade de relacionamento social e afetivo com os outros e em diversas situações.

Além disso, a capacidade de resiliência pode ajudar as crianças com seus próprios processos de aprendizagem e a lidar melhor quando cometerem erros ou fracassarem, incentivando-as a querer tentar fazer novamente, nesse caso, as tarefas e lições escolares, quantas vezes forem necessárias até conseguirem.

Assim, é importante considerar estratégias que promovam a resiliência em sala de aula. Por um lado, serve para que as crianças, desde pequenas, comecem a desenvolver uma habilidade que será necessária em sua vida futura. E, por outro lado, porque, paralelamente ao desenvolvimento da própria habilidade de resiliência, as crianças também podem ir melhorando seus próprios processos de aprendizagem.

Estratégias para promover a resiliência na sala de aula

  • Incentivar o diálogo e o debate, e trabalhar questões como o medo ou a forma como cada um enfrenta os problemasEssa é uma boa estratégia para alunos do ensino fundamental ou pré-adolescentes e tem como objetivo fazer com que os alunos se abram e se sintam mais confiantes para compartilhar seus sentimentos com os colegas. Assim, os alunos poderão perceber que todas as pessoas vivem ou passam por sensações e situações difíceis. Eles também poderão conhecer a maneira como seus colegas tentam lidar com essas situações para resolvê-las.
  • Praticar o mindfulness ou a “atenção plena” com os alunos. O planejamento de algumas sessões de mindfulness em sala de aula traz grandes benefícios quando se trata de controlar as emoções e o estresse. Foi demonstrado que a prática dessa técnica ajuda as pessoas a lidar melhor com as dificuldades e a adotar atitudes otimistas, positivas e criativas diante dos problemas. Assim, mindfulness pode ser uma ótima ferramenta que contribui progressivamente para a aprendizagem e para a aquisição da resiliência pelas crianças.
  • Praticar esportes e fazer atividades lúdicasAs regras do jogo de qualquer esporte implicam na aceitação de determinadas condições e na promoção de valores que auxiliam no desenvolvimento da resiliência, tais como respeitar a vez do outro, não ser violento, ajudar o colega, trabalhar em equipe e aceitar a derrota. Por sua vez, o jogo permite que as crianças se expressem livremente, mostrem seus interesses e preferências e desenvolvam o seu potencial ao máximo.
Estratégias para promover a resiliência na sala de aula

Sobre as estratégias para promover a resiliência na sala de aula

Além das já mencionadas, também existem outras estratégias para promover a resiliência na sala de aula. Algumas delas são estratégias ou, em todo caso, metodologias bastante estudadas e desenvolvidas que têm um impacto direto no desenvolvimento da resiliência, uma vez que permitem o desenvolvimento de atitudes e comportamentos relacionados com os da resiliência.

Estamos falando, mais especificamente, de metodologias como a Aprendizagem Baseada em Problemas ou Problem-Based Learning (PBL), que tem como objetivo fazer com que os alunos aprendam a resolver os problemas a partir da pesquisa e da busca e análise das informações, bem como a partir da discussão, do debate e do trabalho em equipe.

Por sua vez, intimamente relacionado à metodologia PBL, a aprendizagem ou o trabalho cooperativo também é uma excelente estratégia para promover a resiliência em sala de aula, uma vez que a metodologia de aprendizagem cooperativa se baseia no trabalho em equipe para aprender os valores da responsabilidade, do companheirismo e da empatia.

Dessa forma, são promovidas as relações sociais e a interdependência positiva entre as pessoas para a resolução dos problemas. Isso é essencial na aquisição da capacidade de resiliência.

Pode interessar a você...
Três atividades para promover a concentração na sala de aula
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
Três atividades para promover a concentração na sala de aula

Existem muitas atividades para promover a concentração na sala de aula. Na prática, trata-se de motivar os alunos e evitar as distrações.