Como evitar a violência entre adolescentes?

12 de fevereiro de 2020
Nos eventos associados à violência, não é estranho ver adolescentes envolvidos, seja como vítimas ou como agressores. É no ambiente familiar, social ou escolar que o comportamento dos jovens é condicionado. Por isso, o reconhecimento dos fatores de risco pode ajudar a evitar esse problema.

É na adolescência que se destacam os perigos do comportamento violento dos jovens. Por esse motivo, é importante que, como mãe, você implemente estratégias para evitar a violência entre adolescentes.

Ter um comportamento violento é prejudicial em qualquer fase da vida. No entanto, isso é particularmente complicado na adolescência, pois é nessa fase que os jovens começam a formar o seu caráter e ainda não estão plenamente conscientes dos perigos a que podem estar expostos.

Causas da violência na adolescência

Os fatores de risco que podem contribuir para a violência juvenil e que possivelmente estão além do seu controle podem estar:

Dentro da família

Muito cedo, as crianças podem ser expostas a observar o comportamento violento dos pais,a serem vítimas de punições severas e a sentir a rejeição ou a falta de afeição dos pais. Da mesma forma, a desestruturação familiar também pode levar a esse tipo de inconveniente.

Contexto escolar

Entre as causas que estimulam a violência na escola, podemos destacar:

  • Ser vítima de bullying pelos colegas de classe. 
  • Ausentar-se demais da aula.
  • Demonstrar comportamento agressivo ou, pelo contrário, ser muito introvertido.
  • Ter problemas de aprendizagem e notas baixas.

Como é um jovem violento?

Pode-se dizer que um adolescente tem um comportamento violento se ele atender às seguintes condições:

  • Persiste no assédio ou procura provocar crianças da sua idade ou talvez menores que ele.
  • Já participou de alguma ação criminosapela qual foi preso antes de completar 14 anos.
  • Consome bebidas alcoólicas ou usa drogas.
  • Teve que receber ajuda profissionalpor causa de problemas emocionais ou mentais.
evitar a violência em adolescentes

Consequências da violência entre jovens

As consequências mais óbvias para os jovens que foram vítimas de violência juvenil geralmente se refletem no nível psicológico.

Desequilíbrio psicológico. Eles são socialmente isolados, têm depressão, pensamentos suicidas, transtornos de ansiedade.

Outras consequências são, por exemplo: baixo desempenho escolar, deterioração do ambiente familiar, morte prematura, promiscuidade sexual e ausência de valores morais.

Estratégias para evitar a violência entre adolescentes

Evitar a violência entre adolescentes é especialmente difícil,pois é nessa fase que os jovens tentam se desapegar dos pais. Apesar disso, existem estratégias que você pode usar para prevenir a violência juvenil: 

Preste atenção

Observe se o seu filho tem um comportamento violento desde a infância, principalmente a partir dos 10 anos. Se esse for o caso, tome medidas apropriadas para desencorajar o desenvolvimento dessa personalidade.

“Nessa fase, os jovens começam a formar o seu caráter e ainda não estão plenamente conscientes dos perigos a que podem estar expostos”.

Demonstre amor

Isso fará com que ele se sinta amado e seguro. Nessas circunstâncias, é menos provável que apresente uma atitude violenta.

Envolva-se emocionalmente com o adolescente

Para ajudá-lo no seu desenvolvimento, é importante que você não apenas explique o que ele fez de errado, mas também como ele pode se colocar no lugar da outra pessoa. Trabalhar com empatia ajudará a reduzir o comportamento violento em relação aos outros.

Supervisione

Tanto a saúde quanto a segurança dos adolescentes são de sua responsabilidade. Por isso, você precisa saber com quem ele se relaciona e o que faz junto com outras pessoas.

Isso te dará a tranquilidade de saber o que o jovem faz fora de casa. Sem dúvida, você deve respeitar a sua privacidade e independência. Ou seja, não se torne a sua sombra, pois isso irá afastá-lo de você.

Defina regras claras

As crianças precisam ter regras para seguir, mas na adolescência elas podem ser negociadas entre mãe e filho. Para evitar a violência entre adolescentes, é essencial ter disciplina para o desenvolvimento normal do jovem.

Pratique atividades diferentes

Você pode manter um adolescente longe da violência ao praticar algum esporte em equipe. Nesse tipo de esporte, ele poderá liberar tensões e aprender a seguir as regras. Além disso, também será forçado a se adaptar e a fazer parte de um grupo.

Outra alternativa para evitar a violência entre adolescentes seria motivá-los a fazer um trabalho comunitário.Existem associações que estão dispostas a receber adolescentes que queiram ajudar. Isso vai ensiná-los a trabalhar em equipe e a seguir regras que podem ser úteis ao longo de suas vidas.

Zero bullying

Se o jovem for vítima de bullying, tome medidas e conte aos professores. Envolva-se na sua educação.Além disso, você deve garantir que esse problema não se repita. 

Se isso já estiver acontecendo há algum tempo, considere mudá-lo de escola. Dessa forma, ele poderá estabelecer uma nova reputação sem ser rotulado.

evitar a violência em adolescentes

Drogas e álcool proibidos

É importante que você garanta que o seu filho não esteja usando drogas de nenhum tipo, nem consumindo álcool. Esses maus hábitos podem levá-lo a não ter consciência de suas ações em muitas situações, de modo que é provável que as reações violentas apareçam com maior frequência.

Mãe, o desenvolvimento desse jovem no qual o seu filho se transformou é sua responsabilidade. Portanto, você deve ter atenção quanto a qualquer sinal que coloque em risco o bem-estar dele e daqueles que estiverem à sua volta.