Existe uma idade certa para ser mãe?

· 1 de julho de 2018
Pode ser que exista uma idade ideal para nós mesmas ou para os médicos. Mas a idade certa é aquela que você tem quando acontece.

Por várias razões uma mulher pode decidir adiar a maternidade. Existem inúmeros casos nos quais a gravidez é adiada por questões de saúde ou problemas de infertilidade atribuídos a diversas causas.

Entretanto, essa linda fase não permite arrependimentos ou sentimentos negativos. Por isso, sempre devemos pensar que é o melhor momento. Pode-se dizer que os 20, os 30 ou os 40 tenham suas respectivas vantagens e desvantagens em relação à maternidade. Mas somente cada mulher pode avaliar sua própria situação.

É sabido que existem riscos conhecidos de acordo com a idade na qual a mulher engravida. Esses riscos são levados em consideração para destacar determinada fase da vida como sendo a ideal para ser mamãe. Nesse sentido, queremos aproveitar essa oportunidade para avaliar de modo geral os prós e os contras de uma gravidez nas três décadas chaves para a maternidade.

20, 30 ou 40? Há uma idade certa?

idade certa para ser mãe

Uma mulher grávida não é muito diferente de outra mulher grávida. De fato, é possível que nem sequer se perceba a idade de uma mulher grávida. Geralmente, a maternidade deixa as mulheres mais bonitas, as enche de luz e transforma a energia delas em satisfação e bons desejos. Isso faz com que todos os obstáculos possam ser superados. Sem importar o fato de a mulher ter 22 ou 45 anos.

Como se sabe, há riscos clínicos, por exemplo, no caso das mães com mais de quarenta anos. Mas, se considerarmos que os riscos estão presentes em qualquer momento da vida, eles se tornam um fato ao qual uma mãe aos trinta anos de idade não está imune. Ao mesmo tempo, sabe-se que cada vez é mais comum a quantidade de mulheres grávidas com idades superiores a quarenta anos.

Do mesmo modo, duplicou o número de mulheres grávidas com trinta anos ou mais. Na Espanha, as mulheres tem cada vez mais razões para considerar uma gravidez aos quarenta e cinco anos. Essa idade até pouco tempo atrás era considerada incorreta.

Mas existe algo chamado “relógio biológico”. Apesar de ser considerado um mito, foi determinante em grande parte das gravidezes que ocorreram em mulheres com idade superior a quarenta anos. No entanto, mesmo que o relógio biológico comece a funcionar a partir dos vinte ou trinta anos, ele não é crucial para determinar que essa seja a idade correta para ser mamãe.

Nesse sentido, se desejamos ser mães, mesmo que não estejamos planejando concretamente, quando o dia chegar vai trazer a maior felicidade das nossas vidas. Em todo caso, se o relógio biológico já estiver ativo, a notícia será bem-vinda em qualquer idade.

idade certa para ser mãe

O que dizem os especialistas?

De acordo com os especialistas, uma mulher jovem, que para eles está entre os 20 e os 30 anos de idade, tem mais vantagens na maternidade em geral. Nesse caso, considera-se que elas são mais resistentes durante a gravidez. Têm menos riscos de passar por complicações, e seus bebês não correm tanto risco de sofrer anomalias. Além disso, elas são mais ativas para criar os filhos.

Dessa maneira, para os especialistas a idade ideal vai dos 22 aos 25, estendendo-se até os 30 anos, comparando com gravidezes após os 35 anos. Do ponto de vista médico, as vantagens dessas idades se resumem à saúde durante a gestação, à capacidade para dar à luz e à vontade para criar o filho, coisa que segundo a ciência se torna mais complicada quanto maior for a idade.

Outra vantagem dos vinte anos é que existem maiores possibilidades de engravidar. A mulher jovem é mais fértil. De acordo com os especialistas em reprodução e fertilidade, mulheres entre 30 e 35 anos têm 25% menos chances de fecundidade.

A idade é determinante?

Entretanto, aspectos externos podem ser uma desvantagem à maternidade na década dos vinte. Fatores como a carreira profissional e a busca por um equilíbrio social e econômico podem dificultar a maternidade. Essas são as razões pelas quais se adia esse assunto.

Por outro lado, de acordo com alguns estudos sobre o tema, a idade ideal poderia ser os 35 anos. O resultado se baseou na análise do histórico clínico de, aproximadamente, três mil mulheres. Mas nem todos os especialistas estão de acordo com essa afirmação. Mesmo que existam razões sociais, emocionais e psicológicas que a sustentem.

Em consequência disso, segundo os especialistas, para se falar de uma idade certa é preciso considerar vários fatores. Como a fertilidade, a saúde como um todo e a estabilidade social da mãe em questão. Por essas razões, se procuramos garantir uma maternidade saudável em todos os sentidos, a idade não é o fator determinante dessa situação.