O que fazer quando a gravidez não acontece

24 Julho, 2020
A gravidez demora cada vez mais e, em algumas ocasiões, o estresse gerado pela dificuldade de conseguir engravidar tem consequências sobre a própria concepção. A seguir, você vai conhecer as razões e o que pode fazer quando a gravidez não vem.
 

Muitas vezes, ter o foco e a atenção voltados para o trabalho, juntamente com o estresse que isso causa, acaba afetando a nossa fertilidade. Decidimos ter um filho, mas passam-se meses, ou até mesmo um ano, e a gravidez não acontece.

Então, passamos a nos perguntar: “O que há de errado comigo?”, “Por que não consigo engravidar?”, “Será que temos algum problema de fertilidade?”. Pode ser que sim, mas também pode ser que não exista nenhum problema impedindo a concepção.

Quando nos encontramos nessa situação, recorremos a estressantes tratamentos de reprodução assistida. Mas isso impede a conexão com nossos verdadeiros desejos e, além disso, também dificulta a tranquilidade necessária para conceber uma criança.

O que devemos fazer quando a gravidez não acontece

Primeiramente, precisamos descartar a existência de algum problema de fertilidade nosso ou do nosso parceiroIsso nos dirá o que de fato pode estar acontecendo.

Em muitas ocasiões, não é um problema médico que impede a concepção, e sim a possível existência de muitos fatores físicos, psicológicos e emocionais que estão causando essa infertilidade.

O que fazer quando a gravidez não acontece
 

Precisamos tentar descobrir o que está acontecendo conosco que tem impedido a gravidez mesmo quando não temos nenhum problema físico.

Por quais razões uma gravidez não acontece?

Existem muitas e diversas razões pelas quais isso pode acontecer. Além disso, atualmente, o momento de conceber tem sido bastante adiado por causa da carreira das mulheres, que deixam essa experiência para mais tarde.

Rejeição inconsciente a engravidar

Isso geralmente acontece com mulheres bem-sucedidas na vida pública, no trabalho. Trabalhar 60 ou 80 horas por semana nos deixa esgotadas, e talvez uma parte oculta de nós pode não querer engravidar simplesmente porque estamos tentando ser valorizadas e respeitadas no mercado de trabalho.

Nesse sentido, uma gravidez nos impediria de continuar nessa jornada. Muitas vezes, quando estamos menos envolvidas no trabalho, menos imersas no mercado do trabalho, conseguimos conceber com mais facilidade.

O estresse

Quando estamos sob estresse intenso, são secretadas grandes quantidades do hormônio adrenalina (um hormônio relacionado com o homem), de modo que o corpo luta fortemente contra o feminino.

As consequências podem não ser vistas a curto prazo, mas, se quisermos engravidar, teremos que perceber que, sob a influência do estresse, a mente não consegue pensar em construir um ninho, apesar de estarmos muito apaixonadas pelo nosso parceiro e ambos sermos saudáveis.

Confiança cega na ciência

Recorremos a tratamentos de reprodução assistida muito rapidamente, como se fôssemos apenas uma máquina de hormônios. Seguindo essas técnicas, os resultados geralmente podem ser decepcionantes. Por quê? Porque devemos levar em consideração não apenas esse lado, mas também a nossa realidade emocional.

 

Isso não significa que muitos casais não tenham conseguido engravidar e continuem conseguindo, mas não é apenas a questão hormonal que está envolvida na concepção, pois também há a questão emocional.

O que fazer quando a gravidez não acontece

Estresse durante as técnicas de fertilização

Quando um casal passa por essas técnicas para conseguir ter um filho, os técnicos ignoram que, em muitos casos, os resultados negativos ocorrem como consequência do estresse causado pelo próprio método.

O que podemos fazer se a gravidez não acontece

Devemos encarar a realidade emocional do casal. Isso significa que cada um de nós deve investigar sua própria parte oculta e descobrir o que nos une como casal.

Em alguns casos, ter um filho se torna o único acordo existente entre o casal. Isso deve ser levado em consideração, uma vez que os processos de reprodução assistida exigem que o casal esteja disposto a conversar, fazer companhia um ao outro e nutrir o amor que os une, isto é, que eles sejam um casal consolidado.

Precisamos ser honestos sobre o que estamos dispostos a sacrificar em favor de ter um filho e também ser honestos sobre a liberdade, o sucesso, as viagens e a tranquilidade que vamos deixar para trás para ter outras coisas.

 

Às vezes, não temos consciência de toda a parte emocional envolvida em conseguir a concepção e, por esse motivo, a gravidez não acontece. Essas são algumas das razões pelas quais você pode não ser conseguir conceber e algumas medidas que você pode tomar em relação ao assunto.