Kung Fu para crianças

· 28 de maio de 2019
Existem muitos valores que uma arte marcial como o Kung Fu pode oferecer aos nossos filhos. Além de ser uma boa atividade física e de ensinar a se defender, com a sua prática as crianças também vão reforçar alguns valores importantes, tais como a confiança, a autodisciplina, a autoestima e muitos mais.

Muitas vezes, tanto os pais quanto as crianças podem vir a acreditar que as aulas de Kung Fu são apenas mais uma atividade divertida, assim como ir ao cinema ou uma tarde de futebol com os amigos. No entanto, essa arte marcial oferece muito mais: o Kung Fu para crianças ensina autodisciplina, confiança e melhora a autoestima.

As artes marciais em geral fornecem uma série de atributos físicos, mentais e sociais que podem beneficiar as crianças. A partir dos cinco anos, as crianças aprendem sobre o respeito e a disciplina em um ambiente seguro e divertido.

Diferentes artes marciais, tais como o Kung Fu, o taekwondo e o aikido são uma maneira divertida para que tanto meninos quanto meninas melhorem o condicionamento físico.

Alguns pais podem pensar que elas também promovem a violência, mas, na verdade, não é bem assim. As artes marciais ensinam autodisciplina e habilidades de socialização.

O Kung Fu para crianças é especialmente recomendado para aquelas que apresentam o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH). Essa arte marcial é eficaz em promover o autocontrole e a concentração, exatamente as habilidades afetadas nas crianças com TDAH.

10 razões para praticar o Kung Fu para crianças

Se alguns pais ainda tiverem dúvidas quanto a matricular os seus filhos em academias de artes marciais, talvez rever os benefícios dessas atividades faça com que eles mudem de ideia:

  • Autodefesa: o Kung Fu para crianças usa essa habilidade como a base de todo o seu esquema. Com a prática regular, as crianças vão aprender a se defender de diferentes maneiras.
  • Incentiva a autodisciplina: as artes marciais em geral, e o Kung Fu em particular, ajudam a infundir o foco mental nas crianças. Assim, a capacidade de se concentrar em uma tarefa e concluí-la é proporcionada.
razões para praticar o Kung Fu para crianças

  • A disciplina ensinada na prática do Kung Fu geralmente se estende a outras áreas da vida. Existem normas sobre a manutenção dos uniformes, os costumes e as técnicas. Elas também podem ser extrapoladas para as tarefas escolares e domésticas.
  • Atividade física: aquecimentos com saltos, flexões e alongamentos são parte integrante do Kung Fu, especialmente quando se lida com crianças. Essa é uma atividade tanto aeróbica quanto anaeróbica.
  • Proporciona benefícios para tonificar os músculos, ganhar flexibilidade e melhorar a forma física. Da mesma forma, o funcionamento cardíaco, renal e digestivo também é otimizado.

“Alguns pais podem pensar que também promovem a violência, mas, na verdade, não é bem assim. As artes marciais ensinam autodisciplina e habilidades de socialização.”

O desenvolvimento de valores importantes

As vantagens do Kung Fu para crianças não se limitam ao aspecto físico. Também podemos listar outros tipos de benefícios:

  • O Kung Fu cria valores importantes para o desenvolvimento mental como, por exemplo, o respeito. As crianças aprendem a se curvar diante de seus professores, instrutores e colegas. As posições, chutes e bloqueios são apenas uma parte da prática. O mais importante é o respeito por si mesmo e pelos outros.
  • Aumento da autoestima: a criança que pratica uma arte marcial confia em si mesma. O sistema de classificação por faixas fornece à criança objetivos tangíveis a serem perseguidos. A sensação de dominar uma técnica ou de conquistar uma nova faixa vai beneficiá-la em todos os aspectos da sua vida.
  • Autoconsciência: através da prática e do aprendizado do Kung Fu, a criança vai começar a reconhecer as suas habilidades físicas e mentais, aprender com os erros e também saberá como superá-los. Uma parte essencial desse esporte é colocar a ênfase na superação dos limites e em estabelecer novos desafios.
  • Desenvolve a autoestima: é um elemento fundamental na formação da personalidade da criança. Uma autoestima elevada vai guiá-la a se perceber como alguém competente, confiante e valioso. Isso vai se traduzir de forma positiva na escola, em casa e na adaptação ao seu entorno imediato.
Resolução de conflitos e socialização

Resolução de conflitos e socialização

O Kung Fu e as artes marciais ensinam técnicas que encorajam a resolução pacífica dos conflitos. Muitas academias ensinam técnicas inteligentes para as crianças: estilos defensivos e dissuasivos para encorajar o não uso da violência física, evitar problemas e ter recursos para resolvê-los.

Além disso, também ensina habilidades de socialização. Esse esporte vai fornecer à criança que o pratica um comportamento social adequado. O motivo disso é que ele estimula as atividades de cooperação, de motivação para o sucesso em equipe e, certamente, o respeito e o reconhecimento das outras crianças.

Por outro lado, no aspecto intelectual, incentiva a atenção e a concentração em uma determinada tarefa. Além disso, também estimula a memória e oferece às crianças as ferramentas necessárias para diferenciar, ordenar, imaginar e criar.

Em uma sociedade como a atual, cheia de imagens, formas de vida e situações que podem ser tóxicas para o desenvolvimento mental dos nossos filhos, a prática de uma arte marcial como o Kung Fu pode ser muito positiva. Por isso, sugira essa ideia e convide as crianças a experimentar esse esporte saudável.