Meio-irmãos que moram na mesma casa: o que fazer para que eles se deem bem?

A relação entre meio-irmãos pode ser um pouco conflituosa, especialmente se eles morarem sob o mesmo teto. A seguir, forneceremos algumas recomendações práticas.
Meio-irmãos que moram na mesma casa: o que fazer para que eles se deem bem?

Última atualização: 11 Setembro, 2021

Fazer com que dois meio-irmãos se deem pode ser uma tarefa difícil de realizar. O sonho dos pais, de criar dois filhos muito próximos e que se adaptem um ao outro, nem sempre se realiza.

O que esperar de duas crianças que acabam de se conhecer, com gostos, formações, valores, ideias e educação diferentes, que, acima de tudo, sentem que devem disputar seu lugar no novo núcleo familiar que acaba de se formar?

Os meio-irmãos vão se dar bem desde que não haja ciúme entre eles

Embora à primeira vista se possa duvidar, os meio-irmãos vão se dar bem. Isso se, em primeiro lugar, a família não despertar o ciúme entre eles:

 

Isso pode ser alcançado se:

  • As comparações forem evitadas.
  • Os membros do casal concordarem que cada um dará o mesmo tratamento tanto ao seu filho quanto ao do outro, e os interesses de nenhum deles serão colocados em primeiro lugar.
  • Não é apenas a criança menor que é mimada. Mesmo quando têm idades diferentes, o filho mais velho deve receber o mesmo tratamento e carinho que o menor.

“O ciúme é uma cegueira que destrói corações. Reclamações e brigas não são sinais de afeto, mas de loucura e mal-estar”.

—Gasparo Gozzi—

Mesmo que você comece um relacionamento amoroso com outra pessoa e traga seu filho para morar em casa, mesmo que você tenha predileção pelo filho que carregou no útero por 40 semanas, deve ter muito cuidado para não despertar ciúme na outra criança. A igualdade será a melhor conselheira e responsável pela harmonia familiar.

Seu parceiro e o resto da família devem fazer o mesmo. Ambas as crianças precisam ser criadas em um ambiente onde nenhuma delas seja a preferida, em uma casa onde existem distinções.

Lembre-se de que o ciúme só gera estados de insatisfação, brigas, disputas e inveja entre meio-irmãos e, uma vez implantado, é muito difícil de erradicar.

Outras dicas importantes para fazer com que meio-irmãos se dêem bem

Além de evitar o ciúme, que é fundamental, existem outros detalhes que você deve colocar em prática para evitar a discórdia e não viver um caos que, mais cedo ou mais tarde, acabará com o seu relacionamento amoroso.

Entre eles não podemos deixar de citar:

Defina e aplique as regras

Em qualquer família, para que haja ordem e paz, certas regras de coexistência devem ser estabelecidas. Quando uma nova casa está sendo iniciada e chegando membros de outras casas, cada um deve conhecer, compreender e cumprir as regras que são estabelecidas na nova casa.

Tanto uma criança quanto a outra devem agir e se comportar de acordo com essas diretrizes e quem as violar deve ser repreendido.

Todos devem ter suas responsabilidades

Cada criança deve saber que tem responsabilidades em casa (a menos que seja um bebê, é claro) e que ela deve responder por suas tarefas, assim como seu meio-irmão.

Não exija que o filho do seu parceiro mantenha o quarto arrumado sendo que você passa o dia todo arrumando o quarto do seu próprio filho.

Reclamações são resolvidas com conversas

 

Pai abraçando filhos, que são meio-irmãos.

Mostre ao seu filho e ao seu enteado que as disputas entre eles não podem ser resolvidas com gritos ou socos. Os membros de uma família, embora discordem uns dos outros, não podem se atacar fisicamente.

Não permita que nenhuma das reclamações ultrapasse os limites e chegue ao desrespeito ou à violência. Como mãe, você deve estar atenta a qualquer situação que esteja ocorrendo para esclarecê-la o mais rápido possível e chegar a um consenso, sempre através da conversa.

“Seus filhos não são seus filhos: eles são os filhos e filhas do anseio pela vida que a própria vida sente.”

-Khalil Gibran-

Dê amor às crianças

O amor é o melhor de todos os remédios, é o combustível de que uma família mais precisa para seguir em frente e ser feliz.

Dê amor ao seu filho porque ele é o maior tesouro que a vida lhe deu, mas também dê amor a essa outra criança. Assim que você a conhecer melhor, certamente começará a amá-la.

O amor é um sentimento que não se esgota. Quanto mais amor você der, mais amor você terá para dar.

Pode interessar a você...
Como promover um bom relacionamento entre irmãos
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
Como promover um bom relacionamento entre irmãos

Para conseguir um bom relacionamento entre irmãos, os pais não devem ser juízes, e sim mediadores. Seu papel será ensinar às crianças empatia e coo...