Qual é o momento certo de dar água ao bebê?

· 24 de dezembro de 2017

A água é um elemento vital do dia a dia. A água é essencial para manter o corpo hidratado e funcionando adequadamente. Mas qual é o momento certo de começar a dar água ao o bebê? Quais são as condições?


É aconselhável começar a dar água ao o bebê a partir dos 6 meses de idade. Antes disso, a ingestão de água pode interferir na capacidade do corpo de absorver nutrientes.

Especialistas recomendam ingerir um total de 8 copos de água para um adulto comum manter o corpo em equilíbrio.

Cerca de 70% do peso corporal de um bebê de 1 a 24 meses é constituído por água, ao passo que em adultos a porcentagem é de 50%. Esse fato implica que os bebês precisem ingerir entre 10 e 15% do seu peso em água por dia. Os adultos, por sua vez, necessitam apenas de 2 a 4%.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), os bebês devem beber líquidos que forneçam os nutrientes necessários. Isso deve ser feito em pequenas quantidades para evitar dor de estômago. A OMS também indica a amamentação exclusiva com leite materno até os 6 meses de idade e não dar água ao o bebê antes desse período.

Os primeiros 6 meses do bebê

Os bebês de até 6 meses de idade se hidratam e recebem todos os nutrientes que precisam por meio do leite materno ou do leite de fórmula.

De acordo com o pediatra Stephen D. Daniels, não é aconselhável dar água ao bebê até os 6 meses de idade. Entre outras razões, porque pode interferir na capacidade do corpo do bebê de absorver nutrientes. Além disso, beber água antes dos 6 meses pode fazer com que a sensação de saciedade aumente.

menino bebendo água

Essa sensação e saciedade é causada pelo tamanho do estômago. Quanto menor o estômago, menor a quantidade de alimento que o bebê vai conseguir comer. Portanto, o bebê vai precisar de mais doses e a concentração de nutrientes deve ser maior em cada uma delas para que ele consiga ter uma nutrição ideal. A sensação de saciedade vai fazer com que a vontade de mamar diminua.

Dar água demais ao bebê pode causar uma condição chamada intoxicação por água, que pode levar a convulsões e até mesmo ao coma. Essa intoxicação pode ocorrer pois a concentração excessiva de água dilui a quantidade de sódio no organismo. Isso provoca um desequilíbrio eletrolítico fazendo com que os tecidos do corpo se inflamem.

Depois dos 6 meses de idade, o bebê pode tomar pequenas quantidades de água se tiver sede. Lembre-se que é preciso moderar, pois o excesso pode causar dor de estômago.

As crianças precisam ingerir entre 10 e 15% do peso em água diariamente

7 meses e o primeiro ano: a hora de dar água ao bebê

A partir do sétimo mês, a criança pode começar a comer alimentos sólidos e a beber outros líquidos que não sejam o leite materno ou de fórmula. Nesse período, dar água ao bebê já não apresenta nenhum risco à saúde.

As crianças que ainda são amamentadas nesta idade não precisam de nenhum suprimento extra de água mesmo que já tenham começado com alimentação complementar. Mas também não há problema nenhum se o bebê beber água com o leite materno ou de fórmula.

Por outro lado, as crianças que não são amamentadas com freqüência (muitas só tomam leite de manhã e de noite) devem aumentar o consumo de água durante o dia. O mais aconselhável é simplesmente oferecer algum tipo de líquido pois o bebê vai beber naturalmente o quanto precisar.

Do primeiro aos três anos de idade

Durante esta fase as crianças devem consumir uma média de 1,3 litros de água por dia. Esta quantidade é obtida não só dos líquidos, mas da soma de todos os alimentos e bebidas que são ingeridos. Para ter uma ideia, se consideramos a quantidade de água dos alimentos, o necessário seria equivalente a um total de 4 copos por dia.

bebê com a mamadeira, momento certo de dar água para o bebê

Que tipo de água é saudável para o bebê?

  • Envasada: a água mineral é a melhor opção. É importante ler o rótulo para ver se é adequada para crianças. Para isso, é necessário verificar que tenha baixo teor de sódio (menos de 25 mg /L), de flúor (menos de 1 mg /L) e de nitratos (menos de 50 mg /L).
  • Água da torneira: só deve ser usada se tiver certeza que é potável. É recomendável sempre ferver a água por um minuto e deixar esfriar antes de dar ao bebê.

A preocupação dos pais com o bem-estar do bebê é normal desde o momento do nascimento. Por isso preste atenção nos sinais que a criança dá pois elas vão manifestar as suas necessidades naturalmente.