6 mudanças importantes entre os 2 e os 3 anos

06 Novembro, 2020
Dos 2 aos 3 anos, ocorrem algumas das maiores mudanças na vida das crianças. Descubra o que acontece nessas idades!

Entre os 2 e os 3 anos de idade, os pequenos deixam de ser bebês para se tornarem crianças. Por esse motivo, é esperado que durante essa fase do desenvolvimento as crianças vivenciem uma infinidade de mudanças, tanto cognitivas quanto físicas, emocionais e sociais.

Você quer saber quais são algumas das mudanças mais importantes que acontecem nessas idades? Preste atenção ao que vamos mostrar a seguir.

6 mudanças principais entre os 2 e os 3 anos

Dos 2 aos 3 anos, as crianças, além de crescerem fisicamente, também amadurecem cognitivamente e, por isso, muitas das suas habilidades são amplamente desenvolvidas durante essa fase.

Além disso, elas também passam a se relacionar com o mundo de uma forma diferente e ganham autonomia e independência, de modo que passam a assumir certas tarefas que antes não realizavam ou que realizavam com a ajuda integral dos pais ou outros adultos.

mudanças importantes entre os 2 e os 3 anos

Assim, os pais observam como seus filhos mudam e se tornam crianças dispostas a continuar aprendendo e adquirindo novas habilidades.

“Há beleza e alegria em cada fase da vida das crianças, mas há um pouco de dor inevitável quando elas passam de uma fase para a outra.”

-Nichole Nordeman-

1. Entre os 2 e os 3 anos, as crianças adquirem autonomia para ir ao banheiro

De acordo com a equipe de atendimento precoce de La Rioja, aos 2 anos as crianças são capazes de reconhecer o troninho e o vaso sanitário, e podem utilizá-los adequadamente, desde que orientadas por um adulto.

A partir dos 3 anos, elas geralmente pedem para ir ao banheiro e até mesmo podem ir sozinhas, embora, em geral, precisem de ajuda para se limpar. Além disso, depois de fazer suas necessidades, elas podem lavar e secar as mãos de forma autônoma.

2. Adquirem alguma autonomia para se vestir

Aos 2 anos, a maioria das crianças sabe tirar os sapatos e as calças, desde que previamente desabotoadas. Aos 3 anos, elas adquirem mais habilidades nesse aspecto: aprendem a se despir sozinhas e começam a se vestir com a ajuda de um adulto.

3. Aprendem a comer de forma independente

Outra mudança notável entre os 2 e os 3 anos de idade é que as crianças deixam de usar a colher para dominar completamente o uso dos talheres, derrubando cada vez menos comida, mesmo que com certa dificuldade.

4. A fala se torna mais complexa e compreensível

Durante o segundo ano de vida, as crianças usam uma linguagem simples baseada na construção de frases compostas por um substantivo e um verbo. Por exemplo: “Quero água” ou “Vem mamãe”. Além disso, também respondem a perguntas simples, tais como: “O que você está fazendo?”, “O que você quer?”, “Onde você está?”, etc.

No entanto, durante o terceiro ano, a fala se torna mais complexa e compreensível, pois as crianças já dominam praticamente todos os fonemas e adicionam verbos no gerúndio, plurais, pronomes e artigos ao seu vocabulário. Isso faz com que usem a linguagem oral frequentemente para contar o que estão fazendo, o que querem ou o que está acontecendo.

mudanças importantes entre os 2 e os 3 anos

5. Aumentam a vida social

Entre os 2 e os 3 anos de idade, a maioria das crianças inicia a etapa da Educação Infantil, passando da interação quase exclusiva com o núcleo familiar para a interação com seus pares (colegas de classe) e com outros adultos (professores).

Portanto, é um momento no qual, ao aumentar a sua vida social significativamente, elas aprendem habilidades relacionadas a normas e hábitos de comportamento socialmente aceitos.

6. Começam a ajudar em casa

Embora possa parecer muito cedo, as crianças entre os 2 e os 3 anos podem começar a ajudar em casa, contribuindo para manter a ordem no lar. Por exemplo, elas podem ajudar a recolher e guardar os brinquedos ou a colocar alguns objetos fáceis sobre a mesa, tais como pratos, guardanapos, colheres, etc.

Quanto ao desenvolvimento das crianças de 2 a 3 anos…

A vida das crianças de 2 a 3 anos muda muito, mas a dos pais também. Eles precisam aceitar que os filhos estão crescendo e não são mais tão dependentes quanto antes.

Contudo, se nessas idades algumas das mudanças discutidas até agora não forem alcançadas, não é preciso se alarmar, pois cada criança segue o seu próprio ritmo de desenvolvimento e aprendizagem.

  • Fernández, M.A., Idoate, J. L., Izal, M.C. y Labarta, I. (2007). Desarrollo de conductas responsables de 3 a 12 años. Gobierno de Navarra: Departamento de Educación y Cultura.
  • Garrido-Eguizábal, M., Rodríguez-Ruiz, A., Rodríguez Ruiz, R. y Sánchez-Rodríguez, A. (2008). El niño de 0 a 3 años: Guía para padres y educadores. La Rioja: Gobierno de La Rioja. Consejería de Educación, Cultura y Deporte.