O autocontrole emocional nas crianças

· 26 de março de 2018
Crianças nervosas, inquietas, irmãos que discutem por tudo e outros tipos de situações similares em casa. Devido a todos esses motivos é importante ensinar o autocontrole emocionar às crianças.

Refletir e controlar os impulsos são uma meta. O autocontrole emocional nas crianças só é alcançado com paciência e com perseverança. O resultado será uma criança com mais disposição para enfrentar as adversidades e pais mais tranquilos e satisfeitos.

Como enfrentar a rebeldia ou as birras?

Quando a doçura dá lugar à autonomia, aparecem os sinais de rebeldia. Se essas manifestações não desaparecerem sozinhas, é importante agir. Ensinar os seus filhos a controlar as emoções irá prevenir condutas desobedientes futuras e permanentes.

Técnicas para ensinar o autocontrole emocional nas crianças

O amadurecimento neurológico em uma criança se inicia a partir dos seis anos. Nesse momento, ela começa a desenvolver habilidades cognitivas para o autocontrole. Através de um bom aprendizado podem surgir as estratégias que permitem controlar os impulsos destrutivos e neutralizar as emoções. 

Um vulcão sem erupção

Quando uma criança está a ponto de explodir, a técnica do vulcão a ajudará a se acalmar. Esse método consiste em ensiná-la a visualizar o seu interior como um vulcão, com toda a sua força e energia. Quando ela entrar em erupção e tudo ficar descontrolado, a criança deve associar a ira e a cólera com a lava quente.

A ideia é que possa se deter antes de chegar ao ponto de erupção. Tudo isso deve vir acompanhado de uma respiração profunda e da repetição das ordens internas que a levem a se tranquilizar. 

mãe superprotege o filho

O sinal de trânsito

Com cartolinas das três cores do sinal de trânsito, é possível ensinar uma criança a analisar o seu comportamento. A luz vermelha aparece no momento em que a situação estiver a ponto de sair do controle. As frases corretas são:

  • A luz vermelha: pare, acalme-se, pense antes de agir.
  • A luz amarela: pense em soluções ou consequências. 
  • A luz verde: siga em frente, ponha em prática a melhor solução.

Paciência, aprender a esperar

As crianças devem aprender a esperar. A paciência é fundamental para atingir o autocontrole. O domínio de si mesmo aumenta as possibilidades de êxito. 

Além disso, podemos ensinar às crianças que, contando até dez, o aborrecimento irá desaparecer. Outra opção é afastar-se do que está causando os seus problemas até recuperar a calma.

A reflexão

Conseguir mais autocontrole emocional nas crianças implica ensiná-las a refletir. Através da linguagem, podemos analisar, planificar e compreender melhor o entorno e tomar decisões. É uma estratégia de pós-conflito, pois no calor do momento não surte efeito.

Os pais, o melhor exemplo

Se entendemos que os filhos têm nos pais o seu melhor exemplo, aconselhar com algum bom exemplo é de uma importância vital. A lembrança das respostas emocionais dos adultos pode incidir nas condutas das crianças e na sua forma de lidar com a frustração.

As condutas positivas devem caracterizar os adultos diante de situações de estresse, cansaço e apuro. O recomendável é que expressem os seus sentimentos, que respirem fundo e que contem até dez antes de reagir. Além disso, os pais podem praticar algum esporte com os seus filhos para ajudar a canalizar as emoções negativas.

Aprender com o erro

Evitar sofrimentos nas crianças é o que todo bom pai quer; no entanto, às vezes isso pode ser um erro. Não tem como uma criança crescer sem experimentar frustrações.

No entanto, também não é recomendável consentir em excesso, já que pode gerar nas crianças uma incapacidade para enfrentar desafios futuros.

mãe e filha

Para alcançar o autocontrole emocional nas crianças o ideal é incentivá-las a canalizar as frustrações. 

Algumas frases que ajudam: “O que você acha de começarmos com o mais fácil?” “Em que parte você precisa da minha ajuda?” “O que você consegue fazer sozinho?”. Outra frase que também costuma surtir muito efeito é: “Que tal descansarmos um pouco e tentarmos novamente mais tarde?”.

Lugar para se acalmar

Dentro de casa ou durante a aula, a criança precisa de um lugar específico para quando precisar se acalmarNesse local deve haver livros, brinquedos, folhas, tintas, um quadro negro ou qualquer outro elemento que a ajude a se sentir em paz.

Bolinhas antiestresse

Esses elementos funcionam com os adultos, mas também podem ajudar as crianças e, principalmente, se elas próprias construírem. Vocês vão precisar de uma bola grande cheia de alpiste ou arroz. O único requisito é que a bola deve caber na mão da criança.