O desmame diurno: como fazer?

· 28 de abril de 2018
Na vida de todo bebê chega o momento de abandonar o leite materno, não importa o motivo. Nesse sentido, o desmame diurno pode se tornar o pontapé inicial perfeito.

Uma das maneiras mais eficazes de conseguir fazer o bebê parar de mamar no peito é o desmame diurno. Como o nome indica, consiste em parar de dar de mamar durante o dia e reservar esse tipo de alimentação apenas para a hora de dormir. Isso é eficaz? Como eu posso fazer? A seguir, contamos tudo a respeito desse assunto.

Geralmente, as mães devem esperar o bebê completar oito ou nove meses de vida para dar início às primeiras tentativas de desmame diurno. O motivo principal é que o pequeno já iniciou a alimentação complementar nesse momento, por isso não vão faltar nutrientes pelo fato de ele ingerir menos leite materno.

Além disso, como esse tipo de desmame requer certa maturidade e capacidade de se concentrar em outros estímulos, é necessário que os sentidos do bebê já tenham atingido certo grau de desenvolvimento.

No entanto, nem sempre acaba sendo uma tarefa simples. Existem bebês que ficam muito apegados ao peito da mãe, inclusive, na hora em que não sentem fome. Calma! Nada é impossível e aqui você vai encontrar algumas sugestões que podem ser úteis.

Razões para dar início ao desmame do seu bebê

Como dissemos anteriormente, o desmame diurno é uma primeira etapa da transição da alimentação exclusiva com leite materno para outros tipos, que também incluem o leite de fórmula.

Os argumentos mais comuns que costumam levar à tomada da decisão de parar de amamentar são os seguintes:

  • Decisão da mãe.
  • Perda de interesse por parte do bebê.
  • Escassa ou nula produção de leite materno.

Conselhos para conseguir o desmame diurno

1.-Não oferecer o seio durante o dia

Por mais óbvio que pareça, muitas mães caem na tentação de oferecer o peito ao seu bebê e assim desperdiçam o avanço conseguido em dias ou até semanas. Então, sua missão principal para o desmame diurno é conseguir mudar, de maneira paulatina, os hábitos alimentares do bebê.

bebê bebendo leite na mamadeira

Então, em vez de amamentá-lo você pode tentar oferecer um purê de frutas, iogurte para bebês ou algum outro tipo de receita salgada da sua preferência. Além disso, você pode recorrer a outras distrações, caso o bebê tenha comido recentemente. Exemplos: brincadeiras, canções, passeios.

Lembre-se de que essa é uma fase ideal para experimentar novas texturas, sabores e ingredientes. Use essa circunstância ao seu favor para conseguir o desmame diurno.

2.-Acostume o bebê a se alimentar junto com outras pessoas

Nos primeiros meses de vida, a alimentação do bebê é sinônimo de sua estreita conexão com a mãe. No entanto, no momento do desmame, é necessário e fundamental que ele seja capaz de comer com os outros membros da família. Seria muito bom que, durante as tardes, outra pessoa seja responsável por alimentá-lo.

Além disso, acaba sendo muito útil para as mães que planejam trabalhar ou voltar ao trabalho em curto prazo. Do mesmo modo, também ajuda a desenvolver certa noção de independência do bebê com relação à sua principal figura de apego.

“As mães devem esperar o bebê completar oito ou nove meses de vida para fazer suas primeiras tentativas de desmame diurno”.

3.-Faça o processo gradualmente

Mais uma vez, frisamos a importância dessa mudança não ser realizada de uma hora para outra. Isso vai apresentar problemas ao bebê, já que não vai permiti-lo se adaptar progressivamente à nova dieta, e também para a mulher, que pode sentir dor e enrijecimento nos seios por causa do excesso de leite.

Além disso, também não é bom para o frágil sistema digestivo do bebê mudar drasticamente de alimentação. A adaptação à nova dieta tem que ser feita com paciência e constância.

bebê mamando

4.-Não deve coincidir com momentos de estresse

Se o bebê estiver passando por uma fase difícil como a volta da mãe ao trabalho, o desmame diurno não vai ser uma possibilidade viável. Isso está ligado ao ponto anterior: mudanças bruscas em excesso podem ser prejudiciais à mudança de hábitos.

Por fim, se planejarmos realizar alguma modificação na alimentação ou na vida do bebê, o ideal é realizar pelo desmame diurno antes ou depois disso.

“Se o bebê estiver passando por uma etapa difícil como a volta da mãe ao trabalho, o desmame diurno não vai ser uma possibilidade viável”.

5.-Comece deixando de dar de mamar quando estiver longe da hora de dormir

A mãe deve seguir uma espécie de “continuidade” na rotina alimentar do bebê. A partir daí, deve eliminar primeiro a amamentação que não está associada aos hábitos de sono. Essa amamentação ocorre no meio da manhã, no meio da tarde ou depois do banho, por exemplo.

As outras, mais ligadas à aproximação do momento de dormir, vão ser mais complicadas de serem reduzidas. O leite de fórmula – ministrado pela mãe ou não – pode ser um excelente primeiro passo nesse sentido.

Por fim, é necessário considerar que cada bebê é único, assim como também é o laço que o une a sua mamãe. Portanto, a mãe melhor do que ninguém vai saber de que maneira começar com o desmame diurno e quando fazê-lo. Talvez, a capacidade de adaptação de seu bebê surpreenda você; é questão de tentar, analisar e avaliar como continuar. Se for necessário, claro que você pode voltar atrás por um tempo.