O que causa as escamas na pele do recém-nascido?

· 26 de março de 2019
O aparecimento de escamas na pele dos bebês é comum durante as primeiras semanas de vida. Se isso acontecer com o seu filho, você não precisa se preocupar demais, embora seja bom seguir algumas sugestões específicas.

A pele de um recém-nascido é extremamente frágil e vai continuar a mudar de aparência durante as primeiras semanas de vida. Isso pode incluir uma pequena quantidade de escamas que não devem alarmar os pais, pois é algo normal. Se você está se perguntando o que causa as escamas na pele do recém-nascido, então não perca este artigo.

Certamente, o aparecimento de escamas na pele do recém-nascido pode ocorrer em qualquer parte do corpo, embora aconteça principalmente nas mãos, solas dos pés e tornozelos. Isso ocorre porque todos os bebês perdem a camada externa da pele nas primeiras duas ou três semanas após o nascimento.

Além disso, a quantidade de escamas na pele pode variar. Muitas vezes, depende do parto ter sido prematuro, a termo ou atrasado. Em outros casos, as escamas podem aparecer como resultado de condições que requerem tratamento.

No entanto, certo grau de ressecamento após o nascimento é completamente normal e geralmente desaparece por conta própria. Em geral, isso não requer nenhum cuidado especial da sua parte.

Causas das escamas na pele do recém-nascido

Se a pele do seu bebê parece estar seca ou começar a descascar nas semanas posteriores ao nascimento, saber as causas disso pode aliviar as suas preocupações. Por isso, vamos te contar quais podem ser as causas:

1. Ictiose

Primeiramente, a descamação e o ressecamento podem ser causados por uma condição genética chamada ictiose. Essa condição de pele provoca descamação, coceira e descolamento da pele.

O médico pode diagnosticar que o bebê tem essa condição de acordo com o histórico médico da família e depois de realizar um exame físico. Durante esse exame, o médico também pode coletar uma amostra de sangue ou de pele.

Não há cura para a ictiose, mas aplicar cremes regularmente vai aliviar o ressecamento e melhorar a condição da pele do seu bebê.

2. Eczema

Em alguns casos, a descamação e a pele seca são causadas por uma condição de pele chamada eczema ou dermatite atópica. O eczema pode causar manchas secas, vermelhas e que coçam na pele do bebê.

 Causas das escamas na pele do recém-nascido

Essa condição geralmente não aparece imediatamente no período após o nascimento, mas pode se desenvolver mais tarde na infância. Sua causa exata é desconhecida, mas considera-se que vários fatores podem desencadear um surto, incluindo a exposição a substâncias irritantes, tais como xampus e sabão em pó.

Dicas para reduzir as escamas na pele do recém-nascido

Se a criança parece estar desconfortável devido à descamação da pele, o mais importante é aliviar o desconforto. Além desses cuidados, o amor e a atenção especial dos pais é o que mais vai ajudar.

Estas são algumas dicas que vão permitir reduzir as escamas na pele da criança:

1. Dê banhos com água morna

A água quente resseca a pele das pessoas de todas as idades, incluindo os recém-nascidos. Se o seu bebê tiver escamas na pele, você não deve usar água muito quente. Os banhos com água morna são ideais para a pele sensível de um recém-nascido, sempre atendendo às recomendações especiais para a higiene desses bebês.

A quantidade de escamas na pele pode variar. Muitas vezes, depende do parto ter sido prematuro, a termo ou atrasado.

2. Use xampu para bebês

Para ajudar a tratar e prevenir a descamação da pele, lave o recém-nascido apenas com um xampu especialmente formulado para bebês. É provável que o sabonete que você usa seja muito áspero para a sua pele delicada.

3. Use um umidificador

Usar um umidificador em casa pode fazer a diferença no tratamento da pele do seu bebê. Os umidificadores adicionam umidade ao ar, o que ajuda a tratar e prevenir a descamação da pele.

Fazer isso é muito simples: coloque o umidificador no quarto onde o bebê passa mais tempo e deixe-o funcionando por algumas horas sempre que o ar parecer um pouco seco.

4. Limite o tempo na banheira

Os banhos podem ter um efeito adverso na pele do bebê. Períodos prolongados na água do banho podem eliminar os óleos naturais e deixar o bebê mais suscetível à descamação. Portanto, reduza o tempo de banho e você rapidamente vai poder ver a diferença na pele do bebê.

Dicas para reduzir as escamas na pele do recém-nascido

5. Hidrate o bebê com frequência

Manter níveis constantes de água no corpo é absolutamente necessário. A rotina estabelecida para a amamentação ou a alimentação na mamadeira à base de fórmulas deve ser seguida rigorosamente, e as omissões devem ser evitadas. A alimentação e a hidratação ajudam a reconstruir a umidade da pele.

Finalmente, lembre-se de que o aparecimento de escamas na pele do recém-nascido é normal, e você não precisa se preocupar demais. De qualquer forma, com essa lista de possíveis causas e as dicas expostas aqui, você pode saber a origem do seu aparecimento e como tratá-las.

  • Guimaraes Proenca, N. (1990). PSORIASE NA CRIANCA. Anais Brasileiros de Dermatologia.