O que significa consciência fonológica?

30 Maio, 2018
Você nunca deve subestimar a importância de ler para seus filhos ou de fazer simples brincadeiras de palavras com eles. Hoje contaremos os benefícios dessas práticas para formar a consciência fonológica.

A consciência fonológica é, basicamente, a capacidade de compreender que as palavras são formadas por sílabas e fonemas. Esses são os conjuntos de letras e suas respectivas pronuncias. Trata-se do alicerce da maioria dos processos dos quais necessitamos para nossa educação e também para podermos viver em uma sociedade.

Essa capacidade de compreensão da linguagem — por isso se denomina ‘metalinguística’— é um processo cognitivo. Como tal, inclui o controle e também o planejamento que a pessoa faz no momento de produzir e compreender sinais linguísticos.

A importância da consciência fonológica

Primeiramente, essa capacidade se destaca pela sua relevância para que a criança aprenda a ler. Nesse sentido, implica entender que as palavras se dividem em sílabas e letras com distintos sons.

Como consequência da capacidade de ler, a criança poderá se envolver em atividades e processos durante toda sua vida. Por exemplo: estudar, trabalhar, ler obras de literatura, manuais e todo tipo de ação que requer esse conhecimento.

É claro que a consciência fonológica também é essencial para a outra fase da alfabetização: aprender a escrever. É fundamental que a criança que se disponha a incorporar essa habilidade possa distinguir e entender a utilização dos diferentes elementos linguísticos.

Dessa maneira, podemos concluir que, com base do processo de produção e compreensão escrita e oral, a consciência fonológica é uma característica fundamental no amadurecimento da criança.

aprender a ler

Como se desenvolve a consciência fonológica

Tal como muitas outras atividades exercidas pelos seres humanos, a consciência fonológica se desenvolve por etapas. Na fase inicial da educação da criança, os primeiros objetivos consistem na pronúncia correta das letras e palavras e também  na separação em sílabas através da música.

Posteriormente, as atividades se concentram não só em escutar e repetir, mas também em serem capazes de elaborar estas separações. Nesse momento é quando se começa a conhecer as letras, seus sons e combinações. Aí então a consciência fonológica começa a ser formada como tal, após um período de adaptação.

“Como base do processo de produção e compreensão escrita e oral, a consciência fonológica é uma característica fundamental no amadurecimento da criança.”

Quais são as atividades para desenvolver a consciência fonológica de meu filho

Na realidade, assim como em muitas outras coisas, as crianças podem incorporar essa capacidade a partir do ambiente em que se encontram.

Portanto, se você oferecer a ela um ambiente rico em comunicação e leitura, pouco a pouco ela vai assimilar. Estas são algumas atividades bastante simples que podem contribuir em sua formação:

  • Fazer brincadeiras de palavras: uma das brincadeiras consiste em dizer uma palavra para que a criança repita ou encontre rimas. Essa atividade pode ser bastante benéfica à criança.
  • As músicas que contam com separações das sílabas e sons que chamam a atenção das crianças.
  • Já nos níveis mais avançados, podem criar brincadeiras que tenham que formar ou alterar sons com o objetivo de formar novas palavras.
  • Ler para as crianças: se desde cedo se habituarem a estar em contato com novas palavras, as crianças terão a capacidade de absorver cada novo som com maior naturalidade.

Em pleno século XXI, fica bastante claro que não podemos ignorar os recursos tecnológicos a nossa disposição. Temos uma série de aplicativos para celular, vídeos na internet e joguinhos para o computador que oferecem atividades para incentivar a consciência fonológica.

Como saber se meu filho tem dificuldades nessa capacidade?

É claro que os pais devem estar profundamente envolvidos no processo educativo de seus filhos. Desse modo, serão capazes de identificar possíveis dificuldades em seu amadurecimento e trabalhar para corrigi-las.

crianças trabalhando em grupo

A consciência fonológica pode ser uma das áreas em que as crianças tenham maiores dificuldades. Para identificar estes inconvenientes, devemos prestar muita atenção aos seguintes comportamentos

  • Dificuldade para aprender rimas ou para se divertir escutando as mesmas, por simplesmente não entender.
  • Problemas para identificar sílabas e contá-las.
  • Não distinguir as repetições de sons nas palavras.
  • Incapacidade de combinar sons para formar palavras.
  • Aprender palavras novas.

Em decorrência desses problemas, surgirão futuramente as dificuldades para ler e escrever. Por esse motivo a criança deve ser tratada desde cedo, de modo que se possa evitar complicações ainda maiores; além disso, esses problemas afetarão negativamente a autoestima e a confiança da criança.

Ainda que muitas vezes se trate de uma habilidade subestimada, a consciência fonológica é de extrema importância; de fato, sua carência pode causar problemas não somente na questão da educação, mas também no emocional e social. Arrume alguns minutos na sua vida para brincar com jogos que potencializem essas capacidades em seu filho.