Mamãe, obrigado por me ensinar o que é o amor verdadeiro

· 28 de novembro de 2018
Eu te observo atentamente e não consigo mensurar minha admiração. O amor que sinto quando vejo você sorrir pe maior do que eu.

Meu coração explode entre batidas estrondosas cada vez que você me olha com esses olhos doces cor de céu. Mamãe, obrigado por me ensinar o que é o amor verdadeiro.

Na realidade, te devo tanto que sempre serei agradecido. Eu me sinto sortudo e abençoado.

Minha mamãe, você é meu exemplo, meu modelo e meu pilar. Meu suporte e minha força motriz. Obrigado por me ensinar tudo o que realmente importa nessa vida.

Querida mamãe, obrigado por me ensinar que o amor verdadeiro não é somente recebido, mas também dado. E por me fazer compreender que não vale somente nossa felicidade, mas também a das pessoas que amamos.

Isso é o que aprendi quando te vi dedicando sua vida aos seres que você diz serem essenciais em seu dia a dia.

Com seu amor tão puro, intenso, sincero e verdadeiro, entendi muitas coisas. Em primeiro lugar, entendi que não existem limites nem condições. Pois não importa o que faça, sempre haverá paciência e tolerância para resolver problemas.

E esse carinho te caracteriza tanto e será eterno em minha alma. Sem dúvida, permanecerá imutável.

Com você, entendi que a felicidade de alguém talvez resida simplesmente na felicidade ou bem-estar de outra pessoa.

É o que sinto toda vez que você fica orgulhosa e alegre por cada uma de minhas conquistas e realizações.

obrigado por me ensinar

Obrigado por me ensinar o que é o amor

Definitivamente, quando te olho, entendo que o amor nos torna generosos e solidários. Queremos sempre deixar o melhor para essa pessoa especial.

Não importa comer menos ou frio, nem deixar a fatia mais saborosa para mais alguém. Isso é genuíno, nasce do seu coração e é o reflexo natural de sua nobre alma.

Dedicação e sacrifício são as palavras que te descrevem da cabeça aos pés. Ver o outro rir torna a vida mais leve. Aliviar cargas e dissipar a dor é seu talento natural.

Todos esses gestos que percebo diariamente, me falam do verdadeiro sentido do amor, da vida e da maternidade.

Nos bons, nos ruins e nos piores momentos, você sempre esteve ao meu lado. Sem importar as circunstâncias, o sonho, a fome, a tristeza, os desgostos.

Desde sempre, empenhando-se para que possamos progredir, nunca se rendendo. Tirando algo bom de todos os tropeços: materializando o erro em um ensinamento inesquecível e inapagável.

Em casa, no trabalho ou nos estudos. Não importava. Sempre havia tempo para nós em casa e nunca importou o cansaço que gerava todos os seus afazeres.

A força dos beijos, das gargalhadas, dos abraços, das carícias e dos mil ‘’te amo’’ preenchem a mais bela história, gravada a fogo em meu coração.

obrigado por me ensinar

Mamãe, obrigado por me ensinar tanto

Sem ser uma Deusa do Olimpo, você me concedeu a vida, assim como me proporcionou a melhor educação possível.

Eu te presenteio com minha confiança cega e ofereço todos os meus sonhos e segredos. Te agradeço e me orgulho de ter você como essa amiga fiel, impossível de perder.

Obrigado por me ensinar que o verdadeiro amor escuta mais e fala menos, porém com uma contundência que surge do fundo do seu ser.

Você é minha contenção quando o mundo vem em cima de mim. A pessoa que confia cegamente em mim, que acredita em meu potencial e sabe explorá-lo ao máximo.

Também incutiu em mim inúmeros valores, somente pela sua ação. Enquanto achava que eu não estava te observando, aprendi tanto mamãe, sem necessidade de sermões, nem de broncas.

Somente por ver como você passeava empática, compreensiva, solidária, generosa e simpatizante pela vida. Puro carisma e simplicidade.

Você me mostrou também que o amor não prende, mas te permite voar tão alto quanto puder. Você se tornou minha guia, porém sem forçar meu caminho. Permite que todo dia eu explore novas rotas e escolha meu rumo.

Obrigado, meu céu infinito, por me mostrar que o amor verdadeiro também é liberdade.

Imagem da capa com cortesia de Megan Hagel