Como organizar uma mochila de acampamento

21 de setembro de 2019
Uma mochila de acampamento bem organizada é essencial para que a diversão da criança seja completa durante o passeio. Vamos ver como ela deve ser preparada.

A maioria das crianças adora acampar. Porém, uma das coisas que todos os pais querem aprender é como organizar uma mochila de acampamento. O que levar e o que não levar? Quem deve ser responsável por organizá-la: pais ou filhos?

A seguir, vamos ver o que se deve considerar incluir na mochila do acampamento sem deixar de fora tudo o que é essencial para essa aventura.

Pesquisando o acampamento

Primeiramente, precisamos fazer um estudo prévio do acampamento. É necessário conhecer as características do lugar, a previsão do tempo, as atividades que estão na programação (piscina, trilha, acampar ao ar livre etc). Igualmente, não se pode esquecer de levar em conta quantos dias seu filho ficará no acampamento.

Normalmente, a própria organização do acampamento indicará se é necessário levar algo específico, como saco de dormir, colchonete ou lanternas.

Uma vez que você já tiver todas as informações, escolha uma mochila adequada. Para as crianças, as melhores são as leves e com rodinhas. É imprescindível verificar se a mochila está limpa e em bom estado.

Como organizar bem uma mochila de acampamento

Lista de itens que se deve levar na mochila de acampamento

É importante fazer uma lista para não esquecer nada. Um exemplo de lista é a que disponibilizamos abaixo. Lembre-se de adaptá-la, considerando o tempo e os dias que seu filho ficará no acampamento. Por exemplo, se houver piscina, o ideal é adicionar toalhas e chinelos.

  • Um chapéu para se proteger do sol.
  • Meias de algodão e calçado confortável, próprio para caminhada.
  • Se for dormir em uma barraca: um saco de dormir e roupa de frio.
  • Nécessaire com todos os produtos básicos (xampu, gel, escova de dentes, creme dental, pente ou escova de cabelo, protetor solar com alto fator de proteção, hidratante, protetor labial e repelente para mosquitos).
  • Toalha de banho.
  • Um pijama.
  • Telefone de contato dos pais ou responsáveis (residencial, celular e do trabalho).
  • Cartão do plano de saúde, seja público ou privado.

Se o seu filho tiver alguma doença, deve levar um prontuário ou ficha em que conste:

  • Qual é o tratamento e a posologia.
  • Os cuidados específicos (alimentação especial, por exemplo).
  • Quais atividades das quais ele pode ou não participar.
  • Como agir caso surja um sintoma de emergência e quais são esses sintomas.

Mochila de acampamento: as roupas

Todas as roupas escolhidas precisam ser confortáveis, resistentes e fáceis de vestir. Além disso, preferencialmente devem ser peças que sequem rapidamente. Assim, jeans e peças de algodão são as mais recomendadas. É necessário levar uma troca de roupa para cada dia de acampamento – e, no mínimo, duas extras.

É importante identificar todas as peças de roupa, os calçados, os elementos da nécessaire e, inclusive, os outros objetos pessoais, como lanterna, garrafa de água e óculos de sol. Assim será mais difícil perder qualquer coisa, uma vez que os professores sempre saberão a quem pertence caso seu filho esqueça.

Mochila de acampamento

Fazer a mochila ou deixar que a criança faça?

Um ou dois dias antes de ir acampar (isso depende da empolgação), devemos pedir para que a criança guarde todos os itens em sua mochila. Devemos ensiná-la a identificar cada item da lista conforme forem colocando dentro da mochila.

Podemos, além disso, dedicar algum tempo para conversar a respeito da melhor maneira de guardar tudo que será levado no passeio. Por exemplo, aquilo que a criança vai precisar primeiro deve ser colocado por último para que fique em cima de tudo. Se a mochila tiver vários bolsos, devemos decidir junto com a criança onde cada coisa deve ser colocada.

É importante que a criança faça a sua própria mochila, já que precisa saber o que vai levar, qual é a sua roupa e onde pode encontrar tudo. Se é capaz de ir ao acampamento, é completamente capaz de organizar sua mochila. Seguramente, vamos perceber que, a cada ano, ela vai adquirindo mais habilidade para prepará-la.

Certamente, podemos estar presentes enquanto a criança organiza a mochila a fim de ajudar no que for necessário e dar ideias de organização para, assim, ter certeza de que nada será esquecido.

Deixar a criança fazer isso permite ensiná-la a ser responsável e cuidar de suas coisas. Portanto, quando for a hora de voltar para casa, ela também saberá como arrumar tudo.

  • Colin Towell. (2018). Manual de supervivencia: habilidades para la aventura en exteriores. Blume.