Os benefícios de fazer massagem nos bebês

· 7 de maio de 2017

Dá para fazer massagens em bebês? A resposta é sim. Há muitos efeitos positivos que são aproveitados pelo bebê: relaxamento, resolver a sempre incômoda prisão de ventre e as cólicas, e ajudam a ter um sono profundo e reparador. Conheça neste artigo informações úteis e relevantes sobre massagens, seus benefícios e algumas recomendações que temos para você quando quiser dar esse presente para seu filho

 A massagem é uma técnica com fins terapêuticos que consiste na manipulação externa da pele dando ênfase nos músculos, com o objetivo de relaxar, sanar incômodos, etc… Os profissionais conseguem estupendos efeitos terapêuticos com pessoas que sofrem de dores das mais diversas e estresse, combinando técnicas e instrumentos.

Quando realizamos massagens em nossos bebês, além de fortalecer nosso vínculo e conexão com ele podemos utilizar essa técnica para relaxá-lo e deixá-lo renovado.

As massagens são uma maravilhosa alternativa para estimular a mobilidade de nosso bebê quando ele ainda está engatinhando e depois em seus primeiros passos porque ajuda a melhorar significativamente sua motricidade fina e grossa.

Massagens hindus como o famoso Shantala proporcionam aos bebês um grande bem-estar, físico e mental, favorecendo a flexibilidade no espaço onde  se desenvolve e estreitando laços afetivos com os pais.

Em uma de suas viagens pela Índia, o Dr. Leboyer observou como uma jovem mãe fazia uma massagem a sua criança nas ruas de Calcutá. A mãe em questão se chamava Shantala e para homenagear ela, chamou a técnica de massagem com seu nome: Shantala.

-Wikipedia-

Quais são as melhorias com as massagens para bebês?

Com as massagens você pode acalmar seu bebê se ele está irritado ou não consegue ter um bom sono.  A grande maioria dos bebês adora receber massagens, já que além de se sentirem muito queridos, este momento especial de ambos pode converter-se no novo “Happy time”, o momento favorito e feliz do menor da casa.

As massagens, além de serem agradáveis por causa do contato direto que você tem com seu neném, ajuda ele a desenvolver sensações e a ter mais sintonia com seus sentidos.

Podemos recorrer às massagens na área abdominal, esfregando com óleo de bebê ou creme com cítricos quando nosso bebê sofre com prisão de ventre e cólicas. Estes suaves movimentos circulares aliviarão suas dores abdominais e irão facilitar seu processo de evacuação.

E assim, além da deliciosa experiência, os bebês vão associar o momento da massagem com o cheiro de algum creme, a música de fundo que você usar para sua sessão especial ou ao terminar a rotina do banho. Você logo notará que ele ou ela vão pedir através de diferentes gestos que mais uma sessão igual seja feita.

Benefícios da massagem infantil

masaje_bebe

As massagens para bebês trazem grandes benefícios. Aqui estão oito deles:

1.- Trazem um relaxamento para que o sono seja mais fácil.

2.- Estimulam o sistema imunológico e o desenvolvimento do sistema nervoso.

3.- Reforçam as funções circulatórias, gastrointestinais e respiratórias.

4.- Fortalecem os laços afetivos com a mãe, pai e pessoas próximas.

5.- Estabelecem a comunicação NÃO verbal.

6.- Aumentam a autoestima do bebê.

7.- Evitam dores, a ansiedade e o choro.

8.- Contribuem com a beleza e o brilho da pele.

Recomendações para a massagem

Conseguir o momento adequado para fazer uma massagem no bebê requer habilidade para conhecer quanto tempo deve durar a mesmo, para que se prolongue a efetividade e que estratégias usar. Tudo isso podemos sintetizar a seguir:

  • As massagens devem ser realizadas antes ou muito depois de uma refeição.
  • O tempo do descanso após o almoço ou depois do banho pode ser, sem dúvidas, o melhor momento para o início de uma massagem.
  • Um ambiente cálido e fechado dará maior comodidade para o neném.
  • O uso de uma toalha de algodão, óleos e cremes para bebês serão de grande ajuda para este momento tão especial.
  • De 15 a 20 minutos de massagens serão suficientes; é possível que seu menino ou menina fiquem dormido um pouco antes ou até do fim (dependendo se a massagem teve como finalidade o relaxamento).
  • Para começar é importante que a posição seja de peito para cima, desta maneira ambos podem interagir de forma calma e o processo ser melhor.
  • A música relaxante com um volume adequado fará a massagem ser mais prazerosa. Algo importante para destacar é que se você cantar ou cantarolar uma música, o relaxamento pode ficar ainda maior.
  • Começar pelas pernas será menos invasivo já que é uma das áreas menos sensíveis de seu corpo.
  • O sistema digestivo do bebê não costuma estar desenvolvido por completo: então massagear a zona do ventre evita a acumulação de incômodos gases e previne a constipação.
CGXZ4QQUAAA3NaS

Fazer um curso técnico pode ser uma grande recomendação para assim aperfeiçoar os movimentos em função das necessidades de seu bebê. Se o bebê chora quando você está fazendo a massagem, esqueça o exercício e consulta o pediatra em sua próxima consulta.

A massagem para os bebês adicionalmente fortalece seu sistema imunológico e solidifica o vínculo de amor entre ambos. Quando você finalizar essa bonita atitude, não esqueça de dar um beijo em sua testa e olhando em seus olhinhos, ter uma das maiores dádivas que existem, que é dizer a seu filho quanto você o ama. Pode ter certeza que isso jamais será esquecido.