4 perigos das piscinas infláveis no verão

07 Novembro, 2020
Mesmo que não pareça, as piscinas infláveis podem ser muito perigosas para as crianças. Conheça seus riscos e evite-os neste verão!

Com a chegada do verão, a venda de piscinas infláveis fica em alta e são muitas as famílias que decidem instalá-las em seus jardins ou terraços para se refrescar em dias quentes.

A princípio, parece ser uma ideia fantástica, pois você pode se divertir e se refrescar com seus entes queridos sem ter que sair de casa. Entretanto, é preciso estar atento aos possíveis riscos e perigos associados a esse tipo de piscina. Você sabe do que estamos falando? Preste atenção!

4 perigos de piscinas infláveis no verão

perigos das piscinas infláveis no verão

1. Risco de afogamento infantil em piscinas infláveis

Devido ao tamanho pequeno ou à pouca profundidade das piscinas infláveis, as pessoas podem pensar que elas são completamente seguras para as crianças, mas não é bem assim.

É essa atitude de confiança excessiva que faz com que a vigilância dos adultos se torne quase inexistente, levando muitas crianças a sofrer acidentes graves como afogamentos, uma das principais causas de morte em crianças, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

De fato, um estudo publicado na revista Pediatrics  afirma que 11% das mortes de crianças por afogamento infantil em crianças menores de 5 anos nos Estados Unidos ocorreram em piscinas portáteis para uso doméstico.

Para evitar esse tipo de tragédia, é importante que os pais ou cuidadores, independentemente da idade das crianças e das características da piscina, prestem atenção aos pequenos enquanto eles brincam e aproveitam o banho de piscina.

2. Instalação em um local que não esteja preparado para suportar o peso da piscina

Antes de instalar uma piscina inflável em casa, é necessário verificar se a área na qual ela vai ser colocada atende aos requisitos apropriados e se ela pode suportar o peso da estrutura da piscina junto com a água.

Caso contrário, existe o risco de o solo ceder e danificar a terreno. Isso não significa apenas uma despesa econômica, pois também envolve um enorme risco físico para as pessoas que utilizam essa piscina.

3. Acesso sem barreiras para as crianças

Já discutimos os perigos de permitir que as crianças passem tempo na piscina sem a supervisão de uma pessoa responsável. Entretanto, com o acesso livre, elas podem querer tomar banho sozinhas, sem que os adultos saibam, pois elas não estão cientes dos riscos aos quais estão expostas.

Para evitar esse comportamento, o ideal é colocar algum tipo de barreira ou cerca para impedir que as crianças tenham livre acesso à piscina inflável.

4. Reutilização da água

A água em piscinas infláveis, após um ou dois usos, torna-se uma grande fonte de vírus e bactérias prejudiciais para o corpo humano. Para curtir um banho limpo e saudável, é recomendável trocar a água da piscina com bastante frequência.

perigos das piscinas infláveis no verão

Os cuidados que devem ser tomados na instalação de uma piscina inflável em casa

Estar consciente dos riscos relacionados às piscinas infláveis e colocar em prática os cuidados e as precauções relevantes é fundamental para poder se divertir ao máximo com os pequenos em casa nos dias de verão.

Portanto, deve-se levar em conta que é responsabilidade dos adultos manter as crianças seguras ao tomar banho de piscina. Afinal, elas são crianças e suas ideias imaturas e impulsivas podem acabar em grandes sustos ou desastres completamente evitáveis.

Em resumo, se você for comprar uma piscina inflável ou se já tiver uma, lembre-se de ter responsabilidade e cuidado ao utilizá-la.