É bom deixar as crianças fazerem as coisas sozinhas?

11 Setembro, 2020
Muitos pais se perguntam se é bom deixar as crianças fazerem as coisas sozinhas. Caso a resposta seja positiva, quais são as atividades que elas podem fazer de acordo com a idade?

Embora deixar as crianças fazerem as coisas sozinhas pareça algo simples, na prática é um pouco mais complicado. Principalmente para os pais, porque isso envolve dedicar tempo para ensinar e supervisionar as crianças durante as atividades. No entanto, com essas sugestões, você poderá permitir que seus filhos adquiram maturidade e independência para o futuro.

Deixar as crianças fazerem as coisas sozinhas de acordo com a idade

Algumas sugestões inspiradas na tabela Montessori podem ser úteis, classificando as tarefas ou atividades do seu filho de acordo com a idade dele.

No entanto, lembre-se de que cada criança tem o próprio ritmo de aprendizado, que deve ser respeitado. Ou seja, uma criança pode fazer certas atividades que, de acordo com a teoria, são para crianças mais velhas ou mais novas do que ela.

O que determina o grau de aprendizado da criança? Esse aspecto é condicionado por sua motivação, sua capacidade, seu desejo de fazer as coisas, a educação dos pais, o conhecimento e até mesmo pelo ambiente em que ela vive e desenvolve sua vida cotidiana.  

Crianças entre 2 e 3 anos de idade

Talvez os pais pensem que as crianças ainda são bebês nessa idade. No entanto, esses pequenos já têm a capacidade de executar certas atividades simples. Por exemplo, podem arrumar os brinquedos, recolher as roupas, regar as plantas, comer sozinhas e guardar os livros de histórias, entre outras coisas.

Entre 4 e 5 anos de idade

Durante essa fase, a criança observa o comportamento dos adultos, imitando-os e agindo de acordo com a aprovação ou punição que receber. Ela também é capaz de ser organizada e ajudar a recolher e guardar os brinquedos.

deixar as crianças fazerem as coisas sozinhas

Além disso, a criança também já pode colocar talheres, pratos e guardanapos sobre a mesa, aprender a esperar sua vez e compartilhar alimentos e brinquedos, despir-se e vestir-se com a ajuda de um adulto e demonstrar interesse em brincar com outras crianças.

Entre os 6 e os 7 anos

Nessa idade, a criança pode ser responsável por executar tarefas domésticas simples, tais como tirar o pó e arrumar a mesa. Também podemos pedir para que ela passe o aspirador, arrume sua escrivaninha de estudos, prepare a roupa para se vestir e arrume a mochila da escola.

É importante destacar que, por volta dos sete anos de idade, a criança já tem controle para evitar os descuidos involuntários e pode se deslocar para ambientes próximos, tais como a casa de um vizinho ou de um familiar.

Além disso, ela já tem a capacidade de administrar uma pequena mesada semanal e também consegue identificar o lado bom de respeitar e o lado ruim de ignorar as proibições.

8 anos de idade

Aos oito anos, uma criança começa a ter autonomia pessoal. É por isso que você deve deixar as crianças fazerem as coisas sozinhas quando se aproximarem dessa fase de suas vidas.

Embora ainda precisem de supervisão, é conveniente que elas não percebam isso. Você pode dar a elas algumas responsabilidades diárias, tais como preparar o café da manhã, varrer, passar pano, cuidar dos animais de estimação e tomar banho sozinhas.

“Cada criança tem o próprio ritmo de aprendizado, que deve ser respeitado. Ou seja, uma criança pode fazer certas atividades que, de acordo com a teoria, são para crianças mais velhas ou mais novas do que ela”.

Entre os 9 e os 11 anos

Nesse momento, a criança alcança um maior grau de autonomia em suas intenções, de modo que geralmente se torna mais responsável e organizada. Ela tem critérios pessoais, toma decisões e se opõe aos adultos enfaticamente. Por outro lado, ela aceita com prazer as recompensas pelas tarefas que executa.

Aos 12 anos

Nessa fase, as críticas por parte da criança são mais frequentes, principalmente em relação aos pais e professores. Ela não quer mais ser tratada como uma criança! Além disso, amigos e irmãos mais velhos também influenciam o seu comportamento e ela exige autonomia em todas as suas decisões.

Como estimular as crianças a fazerem as coisas sozinhas?

Gradualmente, deixe que elas assumam responsabilidades de acordo com a idade. Explicar como fazer as coisas e servir como modelo contribui positivamente para esse processo.

Confie nelas e em suas capacidades. Além disso, incentive-as e recompense suas conquistas, mesmo que sejam pequenas. Você também deve mostrar os erros de maneira positiva e ensinar a perceber as falhas como experiências de aprendizado.

deixar as crianças fazerem as coisas sozinhas

É prejudicial não permitir que as crianças façam as coisas sozinha?

De fato, não deixar as crianças fazerem as coisas sozinhas é prejudicial para o seu amadurecimento, pois um obstáculo está sendo imposto para o cumprimento de responsabilidades e para o desenvolvimento de sua autonomia.

Isso as impede de ter iniciativa, tomar decisões e enfrentar as dificuldades de maneira positiva. Portanto, é provável que elas tenham uma baixa autoestima.

Por esse motivo, é possível concluir que o mais conveniente é deixar as crianças fazerem as coisas sozinhas sob a supervisão dos pais ou adultos responsáveis e sempre considerando a sua idade e possibilidades.