Por que as crianças gostam tanto de animais?

24 de fevereiro de 2018
Existe uma relação muito intensa de amizade e adoração entre crianças e animais. Todo mundo lembra daquele animal de estimação que nos acompanhou durante nossos primeiros anos de vida.

Crianças que têm animais de estimação encontram amigos incondicionais para todos os tipos de momentos. Aquelas que ainda não têm geralmente pedem um animalzinho sempre que aparece uma oportunidade.

Por que será que as crianças têm esse encanto pelos animais?  Neste artigo vamos tentar descobrir esse mistério.

Nos últimos anos a tendência de possuir animais domésticos cresceu exponencialmente no mundo. Em países como Japão, Estados Unidos e em vários países da América Latina, mais da metade das famílias contam com cães ou gatos em seus lares.

Embora seja observado cada vez mais mulheres ou homens solteiros com um animal de estimação, muitas famílias com filhos pequenos também decidem ter um integrante de quatro patas em casa. E isso tem como resultado uma relação de amizade e adoração muito intensa.

Os mascotes da infância permanecem na memória pela vida toda. Todo mundo se lembra daquele cachorro, gato ou outro animalzinho que nos acompanhou durante nossos primeiros anos de vida.

Além dos animais domésticos, as crianças adoram ir ao zoológico, safáris, parques naturais (onde se pode ver animais soltos), assim como pescar. Qual será o motivo desse fascínio?

Há palavras que transformam a vida, mas há latidos que transformam a alma

Razões pelas quais as crianças adoram animais

Cada criança é um mundo e disso não há dúvidas. Cada um terá seus próprios motivos – alguns podem ser bem engraçados – especialmente aqueles que adoram uma determinada espécie. No entanto, podemos citar alguns motivos que geralmente criam esse amor tão grande entre crianças e animais:

Mais do que um amigo, o animal é um membro da família

Os animais são o companheiro de aventuras ideal. Eles estão sempre bem dispostos, de bom humor e nunca se cansam. Portanto, é normal que as crianças os vejam como mais um irmão. Inclusive, não é difícil de acontecer da primeira palavra do bebê ser o nome do seu animal de estimação.

Cúmplices e protetores

Os animais de estimação são verdadeiros companheiros de travessuras na infância. Mesmo que o bebê ainda não tenha consciência, os animais estarão por perto sempre que ele fizer qualquer coisa. Essa incondicionalidade é sentida pelos pequeninos. Além disso, é muito raro que os animais de estimação reajam violentamente ou se irritem. Pelo contrário, eles vão avisar se perceberem se alguma coisa estiver acontecendo com a criança.

gato é um ótimo animal de estimação

São engraçados

Geralmente os primeiros sons que o bebê memoriza e emite são dos animais. Pode ser um latido, um miado ou qualquer outro som característico de uma determinada espécie. Os bebês sempre tentarão imitar.

Personagens de televisão e super-heróis

A televisão, o cinema e os conteúdos audiovisuais desempenham um papel significativo na definição das preferências do bebê. Muitas vezes os animais são humanizados para contar as histórias para as crianças. Por isso ocupam um lugar especial no seu imaginário.

Análise de diferentes comportamentos

O que para os adultos pode ser algo bastante comum, para as crianças pode ser incrível ver um porco rolando na lama. O mesmo acontece se virem vacas pastando ou um cavalo correndo livre pelo campo. Como estão apenas começando a descobrir o mundo, são atividades impensáveis para elas. Por isso, ao contrário de causar medo, fascinam.

Dicas para escolher o animal de estimação certo

Dado essa fascinação pelos animais, qual melhor presente do que ter um na própria casa? Ter um animal de estimação traz vários benefícios para a criança, tais como:

  • Maior autoestima, uma vez que os animais de estimação oferecem amor.
  • Melhores habilidades sociais, pois as crianças aprendem a interpretar sentimentos e necessidades.
  • Formação de hábitos responsáveis como alimentar, dar banho e cuidar dos mascotes se ficarem doentes.

A escolha do tipo de animal de estimação vai depender de vários fatores, como uma possível alergia aos pelos dos animais, o espaço disponível em casa e o orçamento para mantê-lo.

as crianças adoram os animais

Além de cães e gatos, vocês também podem considerar em adotar um coelho, peixe, hamster ou um porquinho da índia. Esses outros animaizinhos também são encantadores.

São bichinhos inofensivos, tranquilos, fáceis de cuidar e muito brincalhões. Entre esses citados acima, os coelhos exigem cuidados mais específicos, mas compensam com muita ternura.

Por fim, seja sempre claro e lembre seus filhos que ter um animal de estimação é uma responsabilidade muito grande. Quando os animais são adotados como mais um membro da família, é preciso proporcionar tudo o que for necessário para que eles vivam com dignidade. E claro, devolver o carinho e a incondicionalidade que nos oferecem.