Quatro perguntas constrangedoras que os seus filhos vão fazer

· 8 de abril de 2018
Praticamente nenhum pai ficou livre de escutar alguma pergunta constrangedora do seu filho, seja em público ou em particular. Por esse motivo, é bom que você já vá se preparando para responder esse tipo de pergunta da melhor maneira possível.

A curiosidade infantil é a ferramenta que a criança possui de enxergar o mundo através de seus próprios olhos e de suas experiências. Cada uma de suas perguntas busca definir os próprios conceitos, crenças e visões da realidade. 

Por isso, é muito importante que você saiba como responder a todas essas perguntas constrangedoras. A forma que você reagir a elas irá influenciar na percepção de mundo que as crianças estão construindo. 

É preciso que você veja essas inquietudes como uma primeira manifestação de riqueza intelectual, de desenvolvimento cognitivo. Uma criança que gosta de perguntar, mostra que tem consciência dos fenômenos que estão acontecendo ao seu redor.

Responder as perguntas constrangedoras não é tão difícil quanto parece

1. – Mamãe, como é que o bebê chegou na sua barriga?

Quando temos muitos filhos e chega a hora de contar sobre a chegada de um bebê, sem dúvida alguma você vai ouvir essa pergunta. 

Se isso acontecer com você, não se sinta desconfortável, pois os seus filhos podem sentir o mesmo. Diga a verdade de uma forma simples e, com o passar do tempo, você poderá dar mais detalhes.

mãe falando com filho

2. – Por que os adultos têm as partes do corpo mais desenvolvidas?

Quando os meninos têm um modelo masculino em casa, é comum que se comparem com eles, o mesmo acontece com as meninas.

Se o seu filho fizer perguntas constrangedoras semelhantes a essa, basta dizer que com o tempo seu corpo também irá mudar. Explique que todos os órgãos do seu corpo vão se desenvolver de mês em mês e de ano em ano.

“A curiosidade das crianças é uma inclinação que vai além do ensinamento, por isso é importante aproveitar-se dela.”

–Fénelon–

3. – Ao ver uma pessoa com sobrepeso: “Ela está esperando um bebê?”

Sem dúvida, se as crianças disserem isso em voz alta será um momento vergonhoso para você. Mas você deve se lembrar que as crianças ainda não estabeleceram os mesmos critérios sociais que os adultos julgam como corretos. 

Aproveite essa oportunidade para falar a respeito das diferenças, da discrição e da prudência.

4. – Ao ver uma mulher ou um homem com linhas de expressão e cabelo branco: “mamãe, por que ele(a) está desse jeito?”

Nesses casos, o ideal é falar sobre o crescimento, que todas as pessoas envelhecem e mudam. Diga ao seu filho que, com o passar do tempo, o organismo se deteriora e assume aos poucos outra forma. 

Além disso, ensine o valor do respeito e a consideração que devemos ter com relação às pessoas mais velhas. Ao responder essa pergunta, você também estará dando uma lição de vida da qual ele sempre se lembrará.

Como responder as perguntas constrangedoras dos meus filhos?

  • Relaxe. Você já deve saber que quando uma criança pergunta, ela não faz com a intenção de julgar, mas sim de aprender. Somos adultos e somos nós que enxergamos o duplo sentido das situações.
  • Discrição. À medida que as situações forem acontecendo, vá ensinando aos seus filhos que existem algumas perguntas que devem ser feitas em particular. A intimidade é um conceito que se constrói com o exemplo; as crianças ainda não têm noção disso, obviamente.
  • Fomente e estimule a curiosidadeAs perguntas são um sinal de inteligência. Por isso, não se deve castigar seus filhos por fazer uma pergunta. Você é o adulto e deve assumir o controle da situação. Responda com segurança, ajude seus filhos a querer saber mais sobre as coisas.
mãe e filha

  • Adeque as respostas de acordo com a idade dos seus filhos. Existem alguns temas que devem ser abordados só quando eles foram maiores, pois dependem da idade. À medida que o tempo passar, a informação pode se tornar mais específica.
  • Mantenha os canais de comunicação abertos. Não se esquive nem castigue o seu filho por perguntar alguma coisa. A comunicação é a chave para se ter uma relação saudável entre pais e filhos.
  • Use exemplos para que eles entendam melhor. Se você doar um pouco do seu tempo para responder todas as dúvidas dos seus filhos, eles se sentirão importantes e valiosos.
  • Seja gentil. Lembre-se sempre de ser respeitoso na hora de se dirigir a outras pessoas. Aproveite as conversas que você tem com os seus filhos para que eles cresçam desde pequenas ouvindo alguns exemplos de bons modos.

Os pais são os responsáveis por dar aos filhos as respostas que eles procuram. Outros meios, como a televisão, a Internet ou os amigos podem dar uma informação inadequada. 

Todas as dúvidas que passarem pelas cabeças das crianças são naturais. Evite demonstrar a sensação de vergonha ao escutá-las.