3 lições sobre o sono que o bebê te ensina

31 Maio, 2017

Se você tem um bebê em casa é provável que tenha se transformado em um fanático por informações sobre o sono dos pequenos. Quando os bebês ou as crianças pequenas não dormem bem (ou os pais acham que não dormem), os adultos procuram informação para saber se as horas de sono diárias do seu bebê são normais ou se pode haver algum tipo de problema. Os bebê dormem muito, mas de uma forma diferente de nós.

Eles dormem em intervalos de duas ou três horas, pois independentemente de ser dia ou noite, eles vão acordar porque vão sentir fome, não importando se você está cansado ou se está com sono. Um bebê dorme em média 16 horas por dia, mas, dependendo do bebê, pode dormir mais ou menos. Há bebês que dormem o mínimo necessário e se sentem bem. 

À medida que os bebês crescem conseguem regular seu relógio interno e entender que precisam dormir mais durante a noite. Mas até completarem um ano de idade (alguns antes e outros depois), não vão dormir a noite toda ou pelo menos quase a noite toda. O dia em que você conseguir dormir mais de seis horas seguidas ou as 8 horas que precisa para se sentir bem, será a melhor recompensa dos últimos tempos. 

Há famílias que conseguem dormir mais que outras porque isso varia de bebê para bebê e suas respectivas necessidades. Mas ninguém se livra de dormir pouco e mal nos primeiros meses de vida dos seus pequenos. Há formas de fazer as crianças dormirem que funcionam para uns, mas não para outros. Mas o que está claro é que seu bebê vai ensinar grandes lições sobre o sono para você.

Lições sobre o sono que o bebê ensina a você

dormem

1. Seu sono também é importante

Você vai começar a valorizar seu próprio sono como se fosse a coisa mais importante do mundo. Você vai perceber que se não dormir a quantidade de tempo que seu corpo precisa, seu estado de espírito pode mudar (para pior), seu estado físico vai enfraquecer e você não vai se sentir com energia suficiente para poder cuidar do seu bebê. Para poder ser feliz você vai precisar estar descansada, ao dormir bem você vai se sentir mais saudável e menos estressada.

Isso significa que você deve priorizar seu sono quando seu bebê estiver dormindo. Vai ser importante tirar uma soneca todos os dias. Faça isso enquanto seu bebê estiver dormindo. É claro que você não vai dormir a mesma quantidade de horas que ele, mas procure um momento do dia para fazer isso. Dessa forma, você vai se sentir mais descansada e vai poder realizar suas tarefas diárias com uma disposição bem melhor.

2. Nem todos os bebês dormem a mesma quantidade de tempo

No começo, talvez, você comparava o quanto seu bebê dormia com o quanto outros bebês dormiam, mas nem todos dormem a mesma quantidade de tempo. Se o bebê da sua vizinha dorme 19 horas por dia e o seu apenas 12 horas (divididas entre o dia e a noite, é claro), isso não significa que está acontecendo alguma coisa com seu bebê, de forma alguma. Simplesmente, o seu bebê dorme menos horas e não precisa de mais para se sentir bem e ter energia.

dormem

Para saber se o seu bebê está saudável dormindo menos (ou mais) que a média, você deve analisar se ele ganha peso regularmente, se come bem, se interage com o ambiente, se faz suas fezes todos os dias como de costume, se você não acha que ele está para baixo, se está com a cor da pele saudável… Se seu bebê estiver saudável e o pediatra concordar, tudo está bem.

3. A estabilização do sono apresenta diferentes etapas

A estabilização do sono nos bebês não é algo que se realiza da noite para o dia, nem em menos tempo. A estabilização do sono é composta de diferentes etapas, desde o estabelecimento de uma rotina para dormir durante as habituais sonecas... para finalmente o bebê conseguir dormir durante toda a noite. É preciso diligência e constância. Você vai passar por muitas noites muito difíceis durante esse processo.

A paciência vai ser sua melhor arma, um bebê não acorda para incomodar nem para deixar você cansado/a. Quando eles choram é porque precisam, porque necessitam da sua atenção para suprir as necessidades básicas que possuem, seja fome, fralda limpa, frio ou calor ou simplesmente querem um pouco mais do seu amor e do seu calor para sentir conforto emocional.