A técnica do rinoceronte laranja

Você quer parar de gritar com os seus filhos, mas não sabe como? Coloque em prática a técnica do rinoceronte laranja!
A técnica do rinoceronte laranja

Última atualização: 05 Fevereiro, 2021

A técnica do rinoceronte laranja foi criada em 2012 por uma mãe americana que, ao perceber que havia se tornado uma mãe que só gritava, decidiu acabar com isso e criar um método para parar de gritar com os seus quatro filhos.

Ao verificar a eficácia da técnica que ela mesma inventou, ela criou um blog chamado The Orange Rhino Challengepara ajudar outras mães e pais a atingirem esse objetivo. Nesse espaço, ela descreve a sua experiência e os passos que devem ser seguidos para atingir o desafio de não gritar com as crianças durante 365 dias ou até mais tempo.

Você quer saber como aplicar a técnica do rinoceronte? A seguir, vamos contar tudo que você precisa saber.

A técnica do rinoceronte laranja em 6 passos fáceis

1. Reconhecer o problema e decidir aplicar a técnica do rinoceronte laranja para mudar

O primeiro passo sempre é reconhecer que existe um problema e que ele precisa ser mudado, pois é a única maneira de se comprometer com o desafio de parar de gritar com os seus filhos e concentrar toda a sua energia em cumpri-lo.

2. Definir uma meta

Em seguida, é preciso definir uma meta clara, motivadora e mensurável. Em princípio, a ideia original é evitar gritar durante um ano inteiro, mas esse período pode ser adaptado de acordo com cada pessoa e situação. Por exemplo, você pode definir uma meta de passar 30 dias sem gritar, 1 semana, 1 mês, etc.

Esse objetivo deve ser compartilhado com as pessoas próximas (amigos e familiares), para que a responsabilidade se torne real. Além disso, essas pessoas podem atuar como uma importante rede de apoio à qual recorrer quando precisar de incentivo ou conselhos para continuar o desafio.

3. Identificar os motivos dos gritos

Esse é o passo mais complicado. Consiste em registrar e analisar as situações em que você tem vontade de gritar. Para isso, você deve fazer um registro escrito do momento do dia em que a situação ocorreu, do seu próprio estado de humor e o dos seus filhos, do motivo dos gritos, etc. Dessa forma, será possível identificar o problema facilmente e tomar medidas para evitá-lo.

4. Começar a praticar

É hora de parar de gritar! Não se consegue isso da noite para o dia, na verdade, trata-se de um processo longo. Durante os primeiros dias do desafio, você pode escolher se afastar dos seus filhos quando sentir a necessidade imediata de levantar a voz. Posteriormente, com o passar do tempo, os gritos podem ser substituídos por outros sons menos agressivos (sons de animais, assovios, etc.).

Conforme esses comportamentos de autocontrole são repetidos, a vontade de gritar vai desaparecendo. Nesse ponto, é necessário tentar manter a calma quando o problema for identificado, por exemplo, respirando fundo, fechando os olhos e se imaginando em outro lugar, ouvindo música, etc.

5. Ter o objetivo de não gritar sempre em mente

Uma boa ideia para manter a técnica do rinoceronte laranja sempre em mente e cumprir a meta estabelecida ao longo dos dias é decorar a casa com alguns objetos na cor laranja ou usar uma peça de roupa dessa cor.

6. Ser perseverante

A perseverança é a chave para completar o desafio com sucesso. É claro que, principalmente no início, haverá falhas na tentativa de evitar gritar. Porém, isso não pode ser visto como um motivo para desanimar, e sim como uma forma de aprender e melhorar.

Além disso, é conveniente focar nas pequenas realizações e se reforçar positivamente. Assim, aos poucos, os próprios pensamentos vão se direcionar para a calma e a reflexão, conseguindo fazer com que gritar deixe de fazer parte do dia a dia em casa.

Benefícios de colocar a técnica do rinoceronte laranja em prática

O principal benefício de colocar a técnica do rinoceronte laranja em prática é obter um melhor clima familiar e uma convivência baseada no respeito, na tranquilidade e no diálogo.

Além disso, você aprende a controlar os próprios impulsos e a administrar a raiva e a tensão de maneira adequada. Esse aprendizado é transmitido para s crianças, que, certamente, vão imitar esses comportamentos adequados. Por causa disso tudo, muitas mães e pais afirmam que essa técnica mudou as suas vidas. Então, que tal experimentá-la?

Pode interessar a você...
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
Sinais de que o seu filho está prestes a fazer birra

As birras fazem parte do desenvolvimento dos seus filhos, mas podemos evitá-las. Aprenda a perceber quando seu filho está prestes a fazer birra.



  • McCraith, S. (2014). Yell Less, Love More: How the Orange Rhino Mom Stopped Yelling at Her Kids-and How You Can Too! Massachusetts: Four Winds Press.