11 alimentos que aumentam a fertilidade

· 8 de maio de 2018
Trazer uma criança ao mundo de maneira planejada é um processo maravilhoso. Para vivê-lo plenamente, é importante preparar o corpo com a ajuda de alimentos que promovem a fertilidade.

Foi comprovado que uma dieta equilibrada ajuda a melhorar a qualidade do óvulo, dos espermatozoides e também o desenvolvimento do feto. Então, a alimentação desempenha um papel importantíssimo na hora de planejar trazer um bebê ao mundo.

Existem alimentos que ajudam a melhorar as chances de conceber um bebê, enquanto há outros que poderiam reduzir as chances de engravidar.

Não é coincidência que na cultura popular não faltem referências a alimentos como peixe, que ajuda não só a aumentar a libido e a fertilidade, mas também contribui para preparar seu corpo e o do seu companheiro para a concepção de um bebê.

Muitos desses 11 alimentos que vamos listar a seguir também ajudam a satisfazer as necessidades nutricionais da gravidez, além de favorecer o pleno desenvolvimento da criança.

Por esse motivo, se você está tentando engravidar, adotar bons hábitos alimentares desde antes da concepção vai favorecer uma gravidez saudável. Lembre-se: o que você come afeta tudo, desde o sangue e as células até os hormônios.

Lista de alimentos que aumentam a fertilidade

1. Ácido fólico na dieta

Ele ajuda o organismo a criar novas células e é importante para as mulheres em idade fértil. Quando uma mulher tem suficiente ácido fólico no seu corpo, antes e durante a gravidez, pode prevenir defeitos congênitos significativos no cérebro e na coluna vertebral do bebê. Vegetais de folhas verdes, frutas, ervilhas e nozes são ricos em ácido fólico.

2. Nozes e sementes

As nozes têm selênio, um mineral que protege os óvulos maduros dos danos causados pelos radicais livres. Também ajudam a estimular o sistema imunológico. No caso dos homens, comer um punhado de nozes por dia melhora a qualidade dos espermatozoides em termos de concentração, vitalidade, movimento e forma.

3. Peixe azul

Peixes como atum, salmão e sardinha são a melhor fonte de ácidos graxos como ômega-3 e ômega-6, que são essenciais para o equilíbrio hormonal, assim como também são benéficos para o sistema imunológico e a saúde dos ovários, óvulos e espermatozoides, o que ajuda na fertilidade em geral.

4. Menção honrosa para o ômega-3

Os ácidos graxos ômega-3 aumentam a fertilidade masculina, aumentando a saúde dos espermatozoides. Esses ácidos graxos fornecem várias enzimas necessárias para a formação e maturação dos espermatozoides.

5. Laticínios

Todos os produtos lácteos como o leite, o iogurte e o queijo são ricos em cálcio, um mineral essencial para as mulheres em qualquer idade. Mas são duplamente importantes no processo para ser mãe, uma vez que contribui para a saúde óssea e aumenta a fertilidade.

Além disso, estes produtos contêm vitamina B12, que ajuda na formação de glóbulos vermelhos no sangue e na manutenção do sistema nervoso.

“Há muitas substâncias tóxicas que podem alterar o ambiente hormonal e a reprodução. Estas substâncias se chamam disruptores endócrinos. São substâncias que diminuem a fertilidade e podem provocar alterações genéticas hereditárias e problemas no bebê que está se desenvolvendo”.

-Isabel Santillán, médica-

6. Cereais integrais

Cereais como aveia, arroz integral, trigo integral e quinoa contêm altas concentrações de vitaminas B e E, que são essenciais para uma ótima saúde reprodutiva. Estas vitaminas favorecem o equilíbrio hormonal e a produção de óvulos e espermatozoides saudáveis.

7. Alho

O alho é uma grande fonte de selênio, um mineral que é muito útil para melhorar a fertilidade de ambos os sexos. Também contém vitamina B6, que ajuda a regular os hormônios.

8. Espinafre

É rico em antioxidantes, ferro, vitamina E, ácido fólico e outras vitaminas B. Está provado que uma porção de espinafre fornece ao corpo da mulher muitos nutrientes essenciais para ter um sistema reprodutivo saudável. Além disso, o ferro e os antioxidantes do espinafre ajudam a melhorar a qualidade dos espermatozoides.

9. Ostras

As ostras são uma rica fonte de zinco, um mineral essencial para a fertilidade masculina e feminina. Para a fertilidade feminina, promove a divisão celular adequada. Para os homens, é um ingrediente necessário para manter os níveis de testosterona e a produção de espermatozoides.

10. Frango

Embora possa parecer surpreendente, o frango é uma fonte de proteína de ótima qualidade, pois é rico em niacina, tiamina e ácido ascórbico. Além de minerais como potássio, magnésio, ferro, cálcio, fósforo e iodo. A niacina, ou vitamina B3, é um nutriente que desempenha um papel importante na síntese de hormônios sexuais.

11. Mel

Este néctar doce é rico em vitaminas B, que são necessárias para a produção de testosterona. Também possui aminoácidos e minerais, que melhoram a qualidade dos espermatozoides, e fortalecem o útero e os ovários.

O uso excessivo de álcool e cafeína pode diminuir a fertilidade?

Sim. Embora ainda não esteja comprovado que a cafeína afeta a fertilidade, alguns estudos sugerem que uma alta ingestão de cafeína pode interferir nesse processo, por isso alguns especialistas aconselham a redução ou interrupção no consumo, especialmente se o casal enfrenta dificuldades para conceber ou se está passando pelo processo de fertilização in vitro.

Por outro lado, embora uma taça de vinho ou uma garrafa de cerveja ocasionalmente não afete suas chances de engravidar, o consumo de duas doses ou mais por dia com certeza afetaria.

Além disso, o hábito de consumir álcool aumenta o risco de um aborto espontâneo. Por isso, se você está tentando engravidar, é recomendável evitar bebidas alcoólicas. Pois é difícil saber exatamente quando vai engravidar e o álcool pode prejudicar o bebê durante a gestação.