13ª semana de gravidez

· 2 de janeiro de 2018
A décima terceira semana de gravidez marca o fim dos exames pré-natais do primeiro trimestre e o início da gestação

Começa um novo trimestre e outra fase do processo de gestação dessa pequena criatura que vive em seu útero. Na 13ª semana da gestação, o tamanho do feto está entre 6,5 e 10 centímetros e seu peso varia de 12 a 13 gramas. Seu rosto começa a adquirir traços peculiares, entre outras transformações que detalharemos a seguir. É incrivelmente emocionante!

Além da localização definitiva dos olhos (que no começo estavam muito separados um do outro) e das orelhas, que desde a semana anterior se posicionaram onde vão permanecer por toda a vida (costumavam ficar mais atrás), existe um detalhe realmente fascinante: as impressões digitais já estão presentes.

Como o cérebro é uma das partes mais desenvolvidas do feto, além das estruturas que sustentam e revestem os órgãos, nesse momento a cabeça corresponde à metade do tamanho total do feto.

A partir desse momento, o corpo vai começar a crescer de forma mais acelerada para “alcançar” a cabeça e conseguir, assim, um corpo proporcional. Na verdade, no momento do nascimento, a cabeça representa apenas um quarto do tamanho total. Além disso, também acontecem nessa fase dois processos importantíssimos relativos ao organismo do feto e seu funcionamento.

O primeiro tem a ver com a produção de glóbulos vermelhos, que carregam oxigênio para todos os tecidos do corpo. Agora, eles são fabricados na maior parte no fígado. Nas crianças e nos adultos, essa produção ocorre na medula óssea (o tutano ou o tecido líquido-gelatinoso que preenche a cavidade interna de vários ossos e fabrica os elementos figurados do sangue periférico). 

Mesmo assim, o feto já conta com sistema imunológico na 13ª semana de gravidez. Isto é, está se preparando para ser capaz de se defender diante de organismos estranhos. É lógico, não tem a capacidade de um bebê já desenvolvido para fazer essa defesa porque ainda falta o amadurecimento desse sistema e a habilidade de reconhecer as ameaças.

Nessa fase, acontecem dois processos importantíssimos relativos ao organismo do feto. Por um lado, os anticorpos da mãe protegem o bebê de infecções. Por outro, o fígado secreta a bílis, o pâncreas a insulina e os rins produzem a urina para eliminar os dejetos (no líquido amniótico).

corpo da mãe por dentro

13ª semana de gravidez: o que vai acontecer com o seu corpo?

Da mesma forma que na semana anterior, acontecem alguns sintomas de alívio para a futura mamãe. Algumas mulheres consideram esse segundo trimestre como a “lua de mel” da gravidez, quer dizer, a fase em que mais se pode aproveitar a gestação. Aqui listamos algumas das mudanças pelas quais seu corpo vai passar:

  • As náuseas, o cansaço, o mal-estar geral e os enjoos frequentes são quase coisas do passado. Quase porque ainda podem acontecer às vezes. A vitalidade aumenta e a gestante recupera o sono perdido anteriormente.
  • O útero começa a se expandir consideravelmente.
  • Podem ocorrer incômodos causados pelos “puxões” na área dos músculos abdominais ou pela sensação de mal-estar intestinal. Os especialistas explicam que a gestação desacelera a musculatura lisa, composta por músculos que não controlamos e que movimentam o estômago, a bexiga e os intestinos.
  • O trânsito intestinal se torna mais lento por causa da explicação dada anteriormente. Isso faz com que a gestante apresente uma digestão lenta que pode causar peso na barriga, gases ou mais prisão de ventre no caso das mulheres que já sofrem desse mal.
  • O nariz pode ficar obstruído com frequência, já que as membranas mucosas produzem mais secreção. 
ultrassom do bebê

Controles relativos à essa fase

Na 13ª semana de gestação ainda se pode realizar, no caso de não ter sido realizada ainda, a ultrassonografia do final do primeiro trimestre. Esse é o último passo de uma série de exames que devemos fazer desde que sabemos que estamos grávidas. É o ponto em que se encerra a avaliação do primeiro trimestre. E podemos dizer que a parte mais difícil e angustiante (principalmente para uma mãe de primeira viagem) já passou.

De agora em diante, a fase dos exames médicos faz uma pausa, embora dure apenas um período curto. Precisam ser feitos, nesse intervalo, controles periódicos ou mensais para nos certificarmos de que o feto está se desenvolvendo corretamente e que a mãe também não está sofrendo nenhum tipo de problema.

Conselhos voltados à 13ª semana de gravidez

Em primeiro lugar, procure usar roupas confortáveis, já que é muito provável que à medida que a gestação avança, suas calças sempre fiquem um pouco mais apertadas. O mais recomendável é que você evite, de qualquer forma, usar roupas justas, sapatos desconfortáveis e acessórios pesados.

Lembre-se de que, embora pareçam inocentes, esses elementos podem afetar negativamente o seu bem-estar e, com certeza, provocar incômodos.

Além disso, aproveite a energia renovada que você vai sentir depois do desaparecimento das náuseas e enjoos. Aproveite essa vitalidade para reencontrar a intimidade com o seu cônjuge e realizar outras atividades prazerosas. Aproveite! Esse é o momento ideal para começar a exibir essa barriguinha com orgulho!