Quantas semanas dura uma gravidez?

· 8 de dezembro de 2017

Quanto dura uma gravidez normal? Quantas semanas são no total? Em que semana o bebê já está completamente formado? Toda mulher grávida que esteja sob atenção pré-natal vai contando semana a semana para saber o progresso do seu bebê. Aqui, explicamos a você a realidade do que se passa nas semanas que duram uma gestação.

Diante da primeira gravidez surgem muitas dúvidas. Entre elas, a de quantas semanas vai durar é uma das mais comuns. Se você for mãe de primeira viagem você terá em mente aquela informação sobre os 9 meses de gestação, mas não é assim que funciona.

Uma gravidez normal dura por volta de 40 semanas. Se cada mês tem cerca de 4 semanas, o resultado é ter como duração…10 meses? Sim, 10 meses. Como isso é possível?

Nove meses de gestação?

As contas estão certas. Uma gestação normal dura 40 semanas. No entanto, a conta do tempo de gestação não é a mesma para o momento da concepção. Isso porque nem sempre temos a data exata. Por isso, na hora de falar em semanas, o médico começa a contar desde o primeiro dia de sua última menstruação. Assim, você se certifica de que a fecundação aconteceu duas semanas antes ou duas semanas depois da data indicada.

mulher grávida fazendo ultrassonografia

No entanto, é importante que você saiba que ao realizar a primeira ultrassonografia, poderá saber o tempo exato da gestação, já que é uma das medições que são realizadas nessa primeira imagem do seu bebê.

Ao levar isso em consideração, as contas batem perfeitamente. A gestação vai se desenvolver em um intervalo de 38-42 semanas. É durante esse tempo que o bebê poderá nascer totalmente formado. Considera-se então que a gravidez chegou ao fim.

Um bebê pode nascer antes do tempo?

Claro que pode. As semanas de gestação determinam também as probabilidades de seu bebê concluir seu processo de formação e existir a segurança de ele nascer saudável.

Bebês nascidos com oito meses, ou, inclusive, com sete meses de gestação sobreviveram e não tiveram nenhum problema no seu desenvolvimento. Nas gestações de múltiplos bebês, por exemplo, costumam acontecer partos prematuros. O motivo é que o espaço disponível para os bebês é menor, por isso eles nascem antes. Mesmo assim, não há razão para eles apresentarem complicações de nenhum tipo.

O limite da viabilidade está em 26 semanas, mesmo que nesse tempo o bebê ainda não esteja 100% formado. Esse limite marca o ponto a partir do qual o bebê poderia nascer e sobreviver, mas não quer dizer que seja o mais adequado para ele.

Quanto mais cedo for o parto, maiores as complicações que o bebê poderá apresentar.

Como se dividem as semanas de gravidez?

As gestações se dividem em três trimestres ou fases, que compreendem o desenvolvimento do feto. Esses trimestres se dividem de acordo com a semana da gestação em que você se encontra:

feto

  • Primeiro trimestre. Semanas 1-12. Na semana 5, o coração do seu bebê começa a bater.
  • Segundo trimestre. Semanas 13-28. Durante a semana 15, os órgãos genitais acabaram de ser definidos. Por isso, o feto já pode ser identificado como menina ou menino. Entre a semana 17 e a 18, o bebê já é capaz de ouvir, embora não diferencie perfeitamente os sons.
  • Terceiro trimestre. Semanas 29-40. Nessa última semana, o bebê aumenta rapidamente seu tamanho. Além disso, ao longo da semana 19 começa a abrir e fechar os olhos, percebendo um vulto, e dilatando as pupilas.

Cada trimestre apresenta um marco ou mudança importante no desenvolvimento do bebê. Existe uma abundante informação no mercado sobre como vai se desenvolvendo o feto e quais órgãos vão se desenvolvendo.

Você pode ir anotando cada semana que passar e conhecer o que acontece dentro de seu corpo nessa fase. Isso vai ajudar você a fazer com que a espera se torne mais fácil de levar.

Na medida em que você for se aproximado da semana 38, o bebê vai escolhendo a posição preparatória para o parto, geralmente a posição cefálica. Nessa posição, adotada pela maioria dos bebês, a cabeça fica encaixada entre os ossos da pélvis da gestante. A partir desse momento, o bebê vai poder nascer a qualquer momento.

Recomendamos que você procure seu médico para que ele ofereça toda a informação que você quiser ter sobre o desenvolvimento embrionário e fetal na gravidez.