A 20ª semana da gravidez

· 1 de janeiro de 2018

A 20ª semana da gravidez indica a metade do processo gestacional. Nesse momento são feitos os principais exames e através da ecografia, já podemos saber o sexo do bebê. Hoje falaremos tudo o que acontece com o seu bebê e o corpo da mamãe na 20ª semana da gravidez.

O bebê na 20ª semana da gravidez

Os nove meses que duram uma gestação significam um verdadeiro milagre. Semana a semana, tanto o feto quanto o organismo materno vão se transformando. Por isso, é importante acompanhar o que vai acontecendo.

Na 20ª semana de gravidez já se tem a metade do caminho percorrido. A morfologia do bebê e suas proporções já são completamente humanas e podemos notar seus movimentos, além de, inclusive, alguns chutinhos.

Qual é o peso e o tamanho?

Quando chegamos a este momento, o bebê mede aproximadamente 21 centímetros, algo como o tamanho de uma banana. Pesa entre 250 e 300 gramas. A partir de agora e até o final da gravidez seu peso aumentará cerca de dez vezes e chegará a medir o dobro do tamanho.

O que o bebê sente e como se desenvolve

Dentro do ventre materno, a criança já pode ouvir, ainda que um pouco distorcido pelo líquido amniótico que o protege. Ele escuta as batidas e a voz da mãe e do seu próprio coração. Inclusive pode perceber as emoções da mãe.

El obstetra es el encargado de revisar que todo vaya bien durante el embarazo.

No cérebro se desenvolvem as áreas dos sentidos: o olfato, o paladar, a visão e a audição. É por isso que o bebê enxerga a luz, engole, urina e é capaz de reconhecer músicas.

Os órgãos e sua aparência

Além dos sentidos, o cérebro do bebê já conta com 30 bilhões de neurônios. O estômagoo fígado e os intestinos já estão posicionados na cavidade abdominal e os pulmões e o tubo digestivo estão amadurecendo.

Ele já está com os dedos dos pés e das mãos formados, estes são muito flexíveis. As bases de seus dentes encontram-se no devido lugar. Além disso, já tem cabelo na pequena cabeça e finas sobrancelhas.

“Na 20ª semana da gravidez a morfologia do bebê e suas proporções já são completamente humanas e se pode notar seus movimentos e alguns chutinhos”

Bebê com soluços?

É normal que a mãe sinta batidas rítmicas de tempos em tempos. Isso se deve ao fato que o bebê pode ter soluços dentro da barriga. Não se preocupe demais com isso. O soluço ocorre porque o diafragma ainda não amadureceu e, por esse motivo, o bebê sofre espasmos.

O que acontece com a mãe?

Chegada a 20ª semana da gravidez, o útero materno mede o triplo do seu tamanho original. Geralmente, a parte superior chega ao mesmo nível do umbigo. A barriga incha, cresce e já pode ser notada.

Sintomas no corpo materno

  • Maior cansaço. É normal, já que o bebê e o útero crescem e a força da gravidade se desloca. A mãe também pode sentir mais sono e necessidade de descansar com maior frequência.
  • Hipotensão. É a pressão arterial baixa pela força que o útero exerce sobre a artéria aorta.
  • Aparecimento de varizes. Elas aparecem principalmente se a mulher é propensa a isso. Para evitar, recomenda-se o uso de meias relaxantes e o descanso regular das pernas.
  • O ritmo cardíaco se acelera porque o coração bombeia mais sangue pelo corpo.
  • As gengivas se inflamam e sangram. As alterações hormonais fazem com que as gengivas reajam de maneira diferente às bactérias.

Ecografia e exames

Na 20ª semana da gravidez, é realizada uma ecografia detalhada que avalia os parâmetros morfológicos do bebê. Nesse escaneamento anatômico o médico verifica o desenvolvimento dos órgãos (coração, estrutura da cabeça, rins, coluna, estômago). Além disso, controla os níveis da placenta e do líquido amniótico.

Acudir al ginecólogo puede ayudarte a tratar los pólipos en el útero

Por outro lado, esse exame pode mostrar o sexo do bebê. Também é feito um exame de sangue e a detecção de anticorpos anti-toxoplasmose.

Recomendações

  • Não ficar por mais de três horas em pé e descansar sempre que for necessário.
  • Ingerir alimentos com ferro ajuda no desenvolvimento do bebê e mantém os níveis de oxigênio adequados.
  • Escutar música e cantar para o bebê. A música pode ser um excelente meio de conexão com a mãe. É uma fonte de estímulo e bem-estar para ambos.
  • Manter uma higiene bucal correta para evitar doenças nas gengivas.

Acima de tudo, é importante conservar a tranquilidade. Será uma sensação que o bebê já terá capacidade de perceber desde quando ainda está na barriga da mãe. Se a mãe sofrer de ansiedade e nervosismo, será isso que transmitirá ao seu bebê.

Por fim, é muito gratificante cuidar do bebê e do próprio corpo para desfrutar do período de gestação.