25 bons costumes que as crianças devem saber (Parte 1)

· 1 de maio de 2017

Os bons costumes que as crianças devem saber são ensinados desde os primeiros anos de vida. Quando elas começam a falar as primeiras palavras é o momento para ensiná-las como devem responder frente a determinadas situações.

A seguir listaremos alguns comportamentos que todo pai gostaria de ver em seus filhos. Mas lembre-se de que são comportamentos que eles aprendem imitando você. Em vez de falar quais são as ações que você espera dos seus filhos mostre com seu exemplo como agir em cada situação.

Os motivos para ensinar bons modos aos seus filhos

Os bons modos são hábitos corretos que se encaixam com perfeição em todos os contextos e em todas as circunstâncias. Se você se esforçar um pouco para incentivá-los durante os primeiros anos de vida, esses hábitos serão automáticos no futuro.

  • A boa educação estimula o desenvolvimento social. As habilidades sociais são ferramentas que as crianças necessitam chegarem ao mundo com sucesso.
  • As crianças aprendem a imitar modelos positivos. Ao repetir todas as ações gentis, elas vão adquirir consciência das pessoas que podem trazer coisas positivas à suas próprias vidas. Por isso, você deve evitar os comportamentos rudes ou vulgares quando estiver na presença delas e aplicar na sua vida também cada um dos atos que pedir para elas realizarem.
  • A gentileza não é uma virtude inata das crianças. Ela requer prática e esforços contínuos. Uma criança com bons modos pode ser mais disciplinada, ser mais tolerante às sugestões que as outras pessoas fazem, e que podem afetar suas vidas positivamente.
bons2

Bons costumes que as crianças devem saber

  1. Sempre que for pedir um favor a qualquer pessoa, ao perguntar a hora a alguém, ou quando comprar algo em lojas ou supermercados, por exemplo, a primeira coisa que você deve dizer é “por favor”.
  2. Ao receber um presente ou alguma coisa que você pediu a uma pessoa, é indispensável agradecer.
  3. Quando duas ou mais pessoas (sejam adultos ou crianças) estiverem falando é preciso esperar que terminem para poder participar da conversa. O único motivo para interromper a conversa de outras pessoas é quando há uma situação de emergência.
  4. Quando se quer chamar a atenção de outra pessoa não é correto tentar obtê-la por meio de gritos ou tirando a roupa. A forma mais correta de se dirigir a outra pessoa é usando uma palavra educada como “desculpe”.
  5. Quando houver alguma dúvida sobre a forma correta de realizar determinada ação deve-se pedir autorização ou indicações a um adulto. Dessa maneira, evita-se chamar atenção desnecessariamente.
  6. Como pai de família, guarde para si os comentários negativos sobre outras pessoas, principalmente quando seus filhos estiverem presentes. Se você evitar esse tipo de conduta, vai evitar que as crianças façam comentários vergonhosos em situações sociais. Além disso, você vai ensiná-las a dar prioridade às qualidades dos outros.
  7. Evite fazer comentários depreciativos sobre as características físicas de outras pessoas. Somente faça comentários quando se tratar de elogios ou opiniões positivas que refletem cortesia. A tolerância e o respeito com as diferenças são duas características que devemos desenvolver em nossos filhos desde pequenos.
bons3

  1. Quando estiver em uma situação social e uma pessoa com alguma relação de proximidade fizer uma pergunta, sempre se deve dar uma resposta. Mesmo que as crianças sejam tímidas devem se desenvolver adequadamente nos contextos comunicativos.
  2. Se você permite que as crianças passem um tempo na casa dos amigos, ensine que elas devem respeitar as regras que os pais dos amigos determinarem, agradecer pela atenção recebida e ajudar os anfitriões a organizar os espaços e as coisas que usaram durante as brincadeiras.
  3. Uma porta fechada é sinal de que uma ou mais pessoas precisam de privacidade. Assim, deve-se chamar à porta e sempre esperar por uma resposta antes de entrar em qualquer lugar para não invadir situações que não nos competem.

Lembre-se de que não se aprende bons modos de um dia para outro. Para fazer com que seus filhos coloquem em prática, é preciso motivá-los todos os dias a ter um bom comportamento e apresentar as boas maneiras pouco a pouco, conforme a idade. Veja na segunda parte deste artigo outros bons costumes que as crianças devem saber.