4 brincadeiras recreativas para crianças

2 de agosto de 2019
As brincadeiras recreativas para crianças são ideais para compartilhar com os amigos e incentivar a interação, o trabalho em equipe e outros aspectos importantes na infância. Descubra a seguir tudo o que você precisa saber sobre essas atividades para crianças e não hesite em começar a aplicá-las.

As brincadeiras recreativas para crianças são aquelas atividades nas quais há um ou mais participantes. Sua principal função é proporcionar diversão e entretenimento aos jogadores. Além disso, esse tipo de recreação atrai a atenção, entretém e estimula o desenvolvimento emocional, social e físico das crianças.

A participação das crianças em brincadeiras recreativas é um elemento que promove e desenvolve o conhecimento. Por isso, recomendamos que você faça esse tipo de atividade em um ambiente natural para que elas se divirtam de uma maneira saudável e sociável.

As possibilidades de brincadeiras recreativas são infinitas, embora o objetivo principal sempre seja o aprendizado das crianças e, ao mesmo tempo, a diversão enquanto interagem. Assim, elas podem desenvolver suas habilidades artísticas, motoras e intelectuais de acordo com a idade.

4 brincadeiras recreativas para crianças

A seguir, propomos alguns exemplos de brincadeiras recreativas para crianças:

1. A brincadeira do lenço

A primeira das brincadeiras recreativas para crianças que apresentamos é a tradicional brincadeira do lenço. As regras são simples e você só precisa de um grupo grande de crianças e um lenço.

Para começar, duas equipes devem ser formadas. Cada grupo deve ficar de um lado da área, enquanto uma linha imaginária é desenhada entre eles, à mesma distância. Em seguida, serão designados números para todos os integrantes do grupo.

O árbitro fica no meio das duas equipes com o lenço na mão e é responsável por nomear os participantes que devem ir buscar o lenço. O participante que chegar primeiro ganha e, por consequência, o perdedor é desclassificado.

Cada jogador que conseguir chegar à sua área com o lenço ganhará um ponto. Portanto, o principal objetivo de cada equipe é conseguir o maior número de pontos possível para, dessa forma, vencer a brincadeira.

Corrida de saco

2. Corrida de saco

As corridas de saco são uma atividade perfeita que as crianças podem fazer ao ar livre, principalmente no campo. É uma brincadeira de competição que desenvolve a força e trabalha a agilidade.

Para começar, todos os participantes devem entrar em sacos de batata, sacos de lixo ou fronhas. As crianças devem seguir um percurso marcado. Assim, diferentes distâncias e dificuldades no percurso podem ser determinadas de acordo com as idades delas.

No início, os participantes entram nos sacos, segurando-os com as mãos na altura da cintura, ficando enfileirados na linha de largada. Após o sinal, devem chegar ao ponto combinado, pulando dentro dos sacos.

Quando retornarem ao ponto de partida, eles devem sair do saco e passá-lo para o próximo colega. Ganha o grupo que finalizar o percurso primeiro.

“As crianças precisam de liberdade para questionar, experimentar, cometer erros… para apreciar os recursos infinitos de suas mãos, seus olhos e seus ouvidos, os recursos de formas, materiais, sons e cores”.
—Loris Malaguzzi—

3. Batata quente

Essa é uma brincadeira de observação e reflexão. Para a sua realização, as crianças devem se sentar no chão lado a lado, em um círculo, enquanto o professor toca a música.

Durante a brincadeira, as crianças devem passar a bola entre si, o mais rápido possível, enquanto a música estiver tocando ou, na falta dela, enquanto uma das crianças estiver cantando dentro do círculo. Uma vez que a música parar, o jogador que estiver com a bola nas mãos é desclassificado.

A brincadeira continua até que sobre apenas uma criança, que será a vencedora. Para tornar a atividade mais divertida, variações podem ser introduzidas. Por exemplo, passar a bola para as pessoas que forem chamadas.

Sem dúvida, o objetivo é melhorar a velocidade e a reação. Além disso, o desenvolvimento cognitivo e a cooperação também são trabalhados.

A história sem fim

4. A história sem fim

A última brincadeira que propomos é uma atividade ideal para estimular a imaginação: a história sem fim. Consiste em uma brincadeira oral ideal para treinar a mente das crianças.

Para começar a brincadeira, um dos participantes deve começar a contar uma história. O próximo participante deve adicionar uma frase a ela, embora sempre começando desde o início. A brincadeira consiste em recitar a história um após o outro, até que um dos jogadores cometa um erro.

Para finalizar, lembre-se de que as brincadeiras recreativas para crianças são atividades de natureza lúdica que satisfazem aspectos físicos, sociais e mentais da personalidade. Os exemplos acima são perfeitos para entreter as crianças e, ao mesmo tempo, estimular o desenvolvimento.