4 ideias de experimentos com água para crianças

· 23 de fevereiro de 2019
Construir o aprendizado com as próprias mãos sempre é a melhor opção. Portanto, na hora de ensinar as propriedades da água, o ideal é fazer por meio de experimentos divertidos e fáceis que as crianças jamais esquecerão.

Inevitavelmente, as crianças devem aprender algumas leis básicas de física e química ao longo da vida. A melhor maneira de aprender é de forma lúdica. Por isso, tente fazer em casa alguns experimentos com água para crianças. 

Existem algumas experiências simples que você pode fazer com a criança mesmo em casa. Assim, é possível apresentar o mundo mágico da ciência de uma maneira divertida.

A experimentação é a melhor maneira de explicar a ciência. Para as crianças, isso é ótimo, já que dessa forma podemos despertar a sua curiosidade e o seu interesse pelos fenômenos científicos.

Experimentos com água para crianças

A seguir vamos sugerir algumas atividades com um pé na ciência que você pode fazer em casa para se divertir com o seu filho.

1. Pimenta fugitiva

Para este experimento, você precisa de:

Procedimento:

  • Coloque um pouco de água no prato.
  • Polvilhe a pimenta sobre a água até cobrir a superfície.
  • Molhe levemente a ponta de um dedo com uma gotinha de sabão líquido.
  • Em seguida, toque a superfície da água com a ponta do dedo.

Quando chegar no último passo, vocês vão notar que a pimenta se afasta rapidamente do lugar onde o dedo com sabão foi inserido. Parte da pimenta vai para o fundo do prato, enquanto outra irá em direção às bordas.

Por que isso acontece?

As moléculas de água estão ligadas entre si. Isso permite que a camada superficial forme uma membrana sobre ela.

Isso é chamado de tensão superficial e é o que permite à pimenta flutuar. O sabão, por sua vez, faz com que essa camada diminua interferindo nas forças de coesão.

Quando a tensão é rompida, a pimenta não tem como se sustentar. Assim, começará a se afastar, seja para o fundo do prato ou em direção às bordas.

experimentos com água para crianças

2. Arco-íris na garrafa

Você vai precisar de:

  • Uma garrafa de plástico transparente
  • Mel
  • Xarope de milho
  • Detergente
  • Água
  • Álcool
  • Corantes de alimento de várias cores

Procedimento:

  • Primeiro, vamos colorir alguns ingredientes um de cada cor usando os corantes. Coloque uma cor para o xarope de milho, outra para a água, outra para o óleo e outra cor para o álcool.
  • Depois, coloque todos os líquidos na garrafa. Comece com o mel e, em seguida, continue nesta ordem: xarope de milho, detergente, água, óleo e álcool. Coloque uma quantidade suficiente para formar uma camada de pelo menos 1 cm.
  • Os líquidos vão ficar organizados em camadas sem se misturar entre si, formando, assim, um belo arco-íris que podemos ver na luz.

Por que isso acontece?

Cada líquido usado nesse experimento tem uma densidade diferente, ou seja, tem uma concentração diferente de moléculas. A densidade pode variar nos meios sólido, líquido ou gasoso, e cada substância tem uma densidade característica. Esse experimento mostra exatamente isso.

Os líquidos com mais moléculas, isto é, com uma densidade mais elevada, são mais pesados. Isso fará com que fiquem no fundo da garrafa. Os líquidos mais leves, por sua vez, ficarão em cima, sem que se misturem entre si.

O experimento desperta a curiosidade e o interesse das crianças pelos fenômenos científicos.

3. O ciclo da água

Para esta experiência, você precisa de:

  • Uma garrafa de plástico transparente
  • Água
  • Corante alimentício azul
  • Marcadores

Procedimento:

  • Na parte de cima da garrafa desenhe um céu com sol e algumas nuvens.
  • Despeje um pouco de água na garrafa sem passar da metade. Coloque um pouco de corante e tampe.
  • Deixe a garrafa no sol por um tempo.
  • A água no fundo da garrafa vai evaporar quando for aquecida pelo sol. Logo começarão a formar gotas de água na parte de cima da garrafa.

Por que isso acontece?

Nesse experimento, podemos simular de forma simples parte do ciclo da água que ocorre na Terra. O sol aquece a água, que sobe para a atmosfera na forma de vapor, formando as nuvens.

Quando encontra uma corrente fria de ar, o vapor que está nas nuvens condensa e cai sob a forma de chuva. Esse é um dos experimentos com água para crianças que elas mais gostam.

4. Água que anda

Os materiais para este experimento são:

  • Água
  • 3 recipientes transparentes do mesmo tamanho
  • Papel toalha
  • Corantes alimentícios azul e amarelo

Procedimento:

  • Encha dois recipientes com água até a metade .
  • Coloque os corantes nos recipientes com água, um com o corante amarelo e outro com o azul.
  • Coloque os três recipientes em uma fileira, deixando o vazio no meio.
  • Corte o papel toalha fazendo duas tiras.
  • Coloque uma ponta da tira no recipiente com água amarela e outra ponta no recipiente vazio. Faça o mesmo com o azul.

Observe que a água é transferida dos recipientes com água colorida para o do meio por meio das tiras de papel, e a sua cor fica verde.

experimentos com água para crianças

Por que isso acontece?

As moléculas de água estão unidas entre si através das pontes de hidrogênio, o que é chamado de coesão. As moléculas de água também podem se aderir a outras moléculas, o que é chamado de adesão.

A interação entre a coesão e a adesão é chamada de capilaridade. É por causa desse fenômeno que a água consegue passar por um material poroso, como é o caso do papel toalha.

Como vimos, nos experimentos com água para crianças é possível observar muitas coisas. Nesse caso, é possível visualizar de maneira clara como as moléculas se aderem ao papel toalha, mas continuam unidas ao resto do líquido. Além disso, podemos ver a mistura de duas cores primárias para formar uma nova.

A água e os experimentos

A água é a essência da nossa vida e do nosso planeta. Assim, através dessas experiências com água para crianças, podemos destacar a sua importância e apreciar as suas propriedades.

Os experimentos com água para crianças, além de muito econômicos e divertidos, são bastante educativos. O valor agregado nesse tipo de atividade é muito importante.

Divirta-se com o seu filho descobrindo o mundo sem sair de casa. Abra as portas para o incrível caminho da ciência.

  • Falkembach, G. A. M. (2006). O lúdico e os jogos educacionais. Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias Na Educação.
  • SILVA, A. M. T. B. da. (2004). O Lúdico Na Relação Ensino Aprendizagem Das Ciências: Resignificando a motivação. 27a Reunião Anual Da ANPEd.