4 lições do filme Mary Poppins

31 Maio, 2018
As lições que o filme Mary Poppins nos traz estão misturadas em suas lindas canções que, com certeza, ficaram gravadas nas mentes de várias crianças e também de vários pais. Até hoje continuam sendo fonte de muita inspiração.
 
Mary Poppins era uma babá em um filme de ficção, que viajava para todo lado sempre acompanhada de seu guarda-chuva, encontrando sempre uma solução para todos os problemas através da música e de seu jeito carinhoso. Os ensinamentos de Mary Poppins tiveram grande influência sobre os pais na época, ao mudar suas atitudes na criação de seus filhos.

As crianças ficavam encantadas ao ver esse filme, seja pelo show de cores, pelos efeitos ou pelas mensagens transmitidas. As aventuras de Mary Poppins se converteram em um espetáculo pedagógico de tal maneira que seus conselhos e lições ainda hoje são atuais e muito utilizados.

O efeito Mary Poppins

As lições de Mary Poppins, sua personagem e sua maneira de atuar e se expressar envolvem tanto pais como filhos em uma viagem pelo tempo. Os filhos são levados a se colocar no lugar dos pais e ver os assuntos com mais responsabilidade; os pais, em troca, conseguem ver as coisas através da visão de seus filhos.

As lições do filme Mary Poppins

Essa babá deixou um legado para que se veja a vida com atitudes positivas, acreditando no que se faz. Abaixo citaremos alguns dos ensinamentos relacionados às suas experiências:

Atitude diante da vida

Ensinou a enfrentar a vida com a cabeça erguida. Este é um conselho ainda desconhecido para uma criança que no momento não tenha capacidade de controlar suas próprias emoções.

Além disso, elas aprendem a ser respeitosas e a retribuir com gratidão. Inclusive, as lições do filme Mary Poppins fazem enxergar que um mundo cheio de responsabilidades pode ser maravilhoso e divertido.

mary poppins com um pássaro

Ao manter essa atitude, permitirá que desde pequenas possam ver as coisas com calma. E ainda que a vida seja dura ou amarga, sempre haverá uma maneira de solucionar o problema ou, pelo menos, de saber lidar com a situação.

Cada coisa no seu lugar

É importante colocar cada coisa no seu devido lugar. Assim como um quarto pode estar e ser mantido em ordem, com a vida ocorre o mesmo.

É preciso determinar o lugar correspondente de cada pessoa dentro da família; não para poder controlá-la, mas sim pela responsabilidade que se espera que cada uma dessas pessoas tenha.

Por exemplo, os pais não são adultos de má índole, somente se esquecem de enxergar as coisas como as crianças enxergam. E se em algum momento se mostram exigentes, é porque também o são com eles mesmos.

Isso se deve à existência de estereótipos que a sociedade cria e alimenta. Um exemplo é o fato de achar correto que a mãe fique sempre em casa cuidando das tarefas domésticas e o pai seja o trabalhador.

Contudo, as lições do filme Mary Poppins são apresentadas de maneira correta. Você se dá conta de que o trabalho da mãe em casa também deve ser valorizado e que o pai também necessita atenção.

“A vida está te esperando aí fora. Vá e a agarre!”
—Mary Poppins—

Influenciar os outros

Mary Poppins ensinou, por um lado, que não se deve fechar em si mesmo e se as relações as vezes não fluem como você deseja, não quer dizer nada, porque os irmãos que brigam entre si acabam por ser os melhores aliados. Além disso, à medida que se cresce, o ser humano vai se formando como cidadão e deve respeitar seu semelhante.

Por outro lado, se aprende que na vida não adianta mentir, porque ela se volta contra você.

Assim se começam a associar os sentimentos com nosso entorno. Por exemplo, uma intensa chuva, o céu cinza como a tristeza e a nostalgia ou uma bela brisa de vento fresco com uma nova oportunidade.

É nesses momentos em que as lições do filme Mary Poppins permitem que sua imaginação viaje e que você acredite que pode solucionar muitas coisas com um estalar dos dedos. E afinal, ainda que não seja possível, sempre será uma questão de atitude.

crianças com a mary poppins

O poder da imaginação

Ao mesmo tempo, Mary Poppins ensinou a criar um mundo paralelo baseado no que você sonha. Nele, a imaginação é livre para planejar, desenvolver projetos, começar do zero, fazer amigos, apreciar o relacionamento com os outros e até chegar a criar sua própria história.

Tudo isso demonstra que, se você tem alguém que te guie na vida, alguém que te indique o caminho que deve seguir ou que te ensine como viver de outra maneira sua própria vida,  você estará frente a frente com a sua Mary Poppins.

Especialmente os pais; por mais ocupados que estejam, as lições de Mary Poppins demonstram que devemos crescer como pessoas. Algo que contribuirá para que isso ocorra é que dediquem mais tempo e atenção ao seu maior legado: os filhos.

Não é uma questão de sonhar acordado, porque a vida é sempre cheia de responsabilidades. Contudo, sua imaginação ajudará, tal como Mary Poppins, a sempre tirar algum coelho da cartola que te permita solucionar qualquer situação. Além disso, sempre que seja possível, leve as situações com bom humor para manter uma atitude positiva.