4 regras para ensinar seu filho a dividir

· 4 de novembro de 2018
Como você cria seus filhos? Será que eles sabem dividir seus pertences com os colegas na escola? Veja algumas dicas para ensinar seu filho a dividir.

Mamãe, para ensinar seu filho a dividir e para que ele não se transforme em uma criança que todos rejeitam pelo egoísmo e pela falta de bondade, daremos alguns conselhos e regras que podem ajudar muito nesse sentido.

Crie um filho único como se tivesse irmãos

Ainda que não aconteça sempre assim, os filhos únicos, desde que nascem, se tornam o centro da família.

Geralmente, são criados como crianças egoístas que não sabem ou não querem dividir.

Por isso, se você apenas possui um filho, não o eduque com a ideia de que ele merece tudo e que os outros precisam sempre se render a ele.

Todos os membros da família devem participar das tarefas de casa, sem exceção.

Os doces serão divididos entre todos e, se o orçamento da família estiver com folga, o filho ganhará um brinquedo, a mãe um perfume e o pai uma nova camisa, porque todos merecem igual.

a dividir

Não o obrigue a dividir

Uma das principais regras para ensinar seu filho a dividir é não obrigá-lo a fazer isso.

Sempre que outra pessoa é forçada a realizar alguma ação, geralmente, obtém-se o efeito contrário.

A criança, certamente, vai responder com rebeldia. Ou quando realiza a ação, faz contra sua vontade.

Nunca obrigue seu filho a dividir. Se ele não quiser emprestar o carrinho preferido quando os amigos o visitam em casa, não tire o brinquedo do esconderijo onde ele guardou e o dê às outras crianças.

Dessa maneira, você apenas conseguirá que ele perca a confiança em você.

O melhor caminho é conversar com ele antes dos amigos chegarem. Explique como todos se sentirão bem brincando com o carrinho.

Lembre-o das vezes em que ele visitou a casa dos amigos e eles dividiram suas coisas com ele.

Use todas as ferramentas possíveis para que a visão do grupo brincando com o seu carrinho seja agradável.

Mas se você não conseguir convencê-lo, não o obrigue a fazer o que não quer.

Em breve, chegará o momento que você conseguirá o que deseja.

Ensine a dividir dando o exemplo

A criança aprende com os mais velhos. Para que ela saiba dividir, faça o mesmo com ela, dê o exemplo.

Seu filho enxerga em você a melhor professora. Se você geralmente é uma pessoa egoísta, muito ciumenta com seus pertences, não espere um filho desprendido e cheio de bondade. 

Por isso, para ensinar seu filho a dividir, você deve emprestar suas coisas.

Se forem objetos de muito valor que podem quebrar, sente-se com seu filho na cama e, dessa maneira, evite qualquer acidente.

Deixe que ele olhe, toque, segure, e explore o que for.

Tenha em mente que ele precisa sentir na própria pele o lado bom de dividir, o sentimento bom que se sente quando os outros dividem e confiam seus pertences aos outros. Mesmo os objetos mais preciosos. 

Dividir também os bons sentimentos

a dividir

Quando se fala em dividir, vem à mente a ideia de emprestar os pertences ou dar aos outros a comida que temos. No entanto, os sentimentos também podem ser divididos.

Dessa maneira, assim como o que é material, os sentimentos também são fundamentais na hora de ensinar seu filho a dividir.

Os abraços, os beijos, as carícias, as palavras de carinhos, os elogios, etc. Todas as ações que envolvem sentimentos de amor devem ser divididas.

Seu filho deve saber que é algo lindo dar carinho aos outros, dar beijos quando se despedir dos outros e fazer o bem.

Se você tem a possibilidade de oferecer felicidade à alguém dividindo uma notícia agradável, não hesite. Isso também é dividir.

Todo o bem que existe no seu interior deve ser dividido com aqueles ao seu redor e as pessoas com quem você se relaciona, inclusive os desconhecidos.

Por fim, para ensinar seu filho a dividir diga pra ele nunca imitar as más ações dos outros.

Explique que ele não pode tomar como base do próprio comportamento o que os outros falam ou deixem de fazer.

Quem sabe dividir vive melhor do que quem nunca aprendeu a fazê-lo.