5 dicas para ter uma infância relaxada e sem estresse

· 19 de janeiro de 2018

Nenhum bebê chega ao mundo com um manual de instruções. Por esse motivo, entender cada etapa de seu desenvolvimento pode criar certas inseguranças nos pais. Aprenda como uma infância relaxada pode salvar você de grandes problemas.

Durante os últimos anos, com frequência se observam crianças estressadas ao superar cada fase de desenvolvimento. Essa condição, em certas ocasiões, afeta a personalidade da criança e a opinião que ela tem de si mesma. Por esse motivo, apoiá-las durante seu crescimento e permitir que elas tenham uma infância relaxada são essenciais para que se torne um adulto confiante e disposto a enfrentar o mundo.

5 dicas efetivas para uma infância relaxada e feliz

Ver o filho feliz é o sonho de todo pai. Para ele, se deve entender claramente como a criança forma sua personalidade explorando as coisas ao seu redor. Assim, observa detalhadamente a reação de seu entorno em cada processo de aprendizagem e descobrimento.

Conhecer isso ajudará você a determinar os caminhos para oferecer à criança uma infância relaxada, sem estresse e cheia de felicidade.

Anote estas 5 orientações e escolha as que mais se adaptem à sua maneira de ser:

1.- Dê a ela proteção e companhia em cada momento da vida

Desde que a criança nasce, a companhia e o contato da mãe é a técnica mais usada para induzir ao relaxamento. Em outras palavras, funciona como um regulador emocional.

Favoreça essa capacidade abraçando, beijando e mantendo contato visual. Faça com que a criança se sinta querida; o amor e o afeto produzem reações no corpo que diminuem o estresse e nos oferecem bem-estar.

2.- Estimule sua interação com várias pessoas

O crescimento da criança é acompanhado pelo desenvolvimento de suas relações sociais. Quando ela concebe que em seu entorno, além de você, estão seu pai, os tios e os avós, entre outras pessoas, poderá expressar suas emoções caso ocorra uma interação afetiva.

Graças a isso, poderão gerar uma rede protetora que a ajudará a evitar a sensibilidade ao estresse diante de situações frustrantes. Por outro lado, também desenvolverá, a capacidade de superação, o que lhe permitirá passar por cima das adversidades sem sofrer consequências.

La buena relación con sus padres permitirá a los niños vivir una infancia relajada.

3.- Ensine a ter limites

Ensinar a conhecer seus limites e respeitá-los é um dos melhores segredos para uma infância relaxada. Reconhecer até onde chegar, as forças com as quais pode contar e o nível de cansaço, a ajudará a evitar a irritação, o nervosismo ou mesmo a frustração.

Quando isso for impossível de conseguir, então você pode proporcionar a ela técnicas de relaxamento específicas para cada idade, por exemplo:

  • Dar um banho com água morna.
  • Escutar música, escrever, ler, ver televisão, desenhar, dançar, rir ou simplesmente descansar.
  • Correr, caminhar ou andar de bicicleta.
  • Passear com seu animal de estimação.

Dar à criança ferramentas para relaxar a ajudará a canalizar os fracassos que se apresentam diariamente.

4.- Mostre muita empatia

Uma das primeiras coisas que os pais se esquecem é que também já foram crianças. Para possibilitar uma infância relaxada, é imprescindível que todos os envolvidos que convivem com a criança compreendam o que se sente quando se é pequeno.

É preciso que aprendam a ver as coisas desse mesmo ponto de vista. Isso implica deixar de ver os acontecimentos, as frustrações e as descobertas como bobagens ou assuntos de pouco interesse.

Essa valorização incorreta vai influenciar na sua percepção das coisas e a criança acreditará que seus problemas são de pouca importância. Isso acontecerá, sobretudo, quando envolver as pessoas das quais a criança espera aprovação e apoio.

Una infancia relajada debe contar con espacios de recreación y juegos.

5.- Evite a superproteção

Uma criança superprotegida não terá autonomia e será difícil para ela demonstrar seus sucessos. Portanto, estimule suas habilidades ao estabelecer normas e regras razoáveis, que possam ser alteradas de acordo com as necessidades.

Essa atitude a levará a ser uma pessoa confiante e otimista. Ela verá os problemas como desafios para aprender e ser uma pessoa melhor em todos os aspectos.

“Para possibilitar uma infância relaxada, é imprescindível que todos os envolvidos na vida da criança compreendam o que se sente ao ser pequeno”

Consequências do estresse nas crianças

Caso você não incentive a oportunidade de ter uma infância relaxada, corremos o risco de formar crianças com altos níveis de estresse. As consequências disso podem ser as seguintes:

  • Transtornos nervosos, neurológicos e psicológicos.
  • Aumento das possibilidades de sofrer problemas de ansiedade que o levem ao consumo de drogas ou a doenças como a esquizofrenia.
  • Desenvolvimento de patologias tais como obesidade, hipertensão, diabetes, doenças respiratórias ou autoimunes.

Em resumo, uma infância relaxada forma adultos felizes. Para conseguir isso, procure ter uma gravidez sem estresse ou evite viver situações frustrantes. Leve uma vida tranquila, pratique exercícios e inclua seu filhote em suas atividades. Abrace-o diariamente, diga o quanto gosta dele e ofereça confiança. Seu filho será a criança mais feliz do mundo.