5 massagens para ajudar contra a prisão de ventre do bebê

· 13 de abril de 2018
Problema comum nos primeiros meses de vida, a prisão de ventre pode afetar o humor e a alimentação de seu bebê de forma frequente. Aprenda como acabar com ela com estas simples técnicas de massagem e movimentos.

A seguir, te recomendamos uma série de massagens contra a prisão de ventre do bebê. Você vai ver que solucionar esse problema em casa e sem remédios é possível.

A prisão de ventre é um problema verdadeiramente incômodo para todas as pessoas. Para os bebês, que muitas vezes não podem comunicar o que lhes causa dor, pode ser um grande problema.

Apesar de ser incômodo e de preocupar muito os pais, a prisão de ventre costuma aparecer nos primeiros meses e anos de vida.

Podemos detectá-la quando um bebê se mostra incomodado e irritado e, claro, quando suas deposições são em pouca quantidade e não muito frequentes. Se considera como mínimo 3 deposições semanais.

Causas da prisão de ventre

A principal causa da prisão de ventre no bebê é a alimentação com carência de líquidos e fibra. Os líquidos – o leite materno na primeira instância e a água ao longo de toda a vida – são fundamentais para a hidratação e o correto funcionamento de músculos e órgãos. Ainda assim, a fibra favorece o amolecimento das deposições.

Por outro lado, também pode se dever ao consumo de alimentos adstringentes. Nos deteremos neles mais adiante.

Um terceiro motivo, mas não menos importante, são os fatores externos: assim como os adultos, os bebês absorvem o ambiente ao redor e, muitas vezes, respondem com seu corpo. Por isso, um evento traumático – seja familiar ou pessoal – pode causar este mal.

A prisão de ventre costuma ocorrer nos primeiros meses e anos de vida.

Massagens contra a prisão de ventre do bebê

Há certas formas de fazer massagens para combater a prisão de ventre do bebê que são muito efetivas. Para realizá-las, devemos procurar um momento de calma, parecido aos que você escolhe pra brincar com o pequeno. Vamos apresentar cinco tipos de massagem que podem ser de grande utilidade:

1 – Movimento de arrastar

Deve-se deitar o bebê de barriga para cima e usar as duas palmas das suas mãos para fazer movimentos desde as costelas até a parte inferior do abdômen.

Além disso, você deve exercer uma pressão suave; que não seja muito forte para não incomodá-lo – lembre-se de que a barriga do bebê está sensível – mas que também não seja tão leve que seja imperceptível. Uma variante também efetiva é deixar as perninhas do pequeno pro alto.

2 – Movimento de joelhos

Também de barriga para cima, segure as perninhas pelos tornozelos e puxe-as totalmente. Depois flexione-as até que seus joelhos toquem a barriga e mantenha assim por alguns segundos. Repita este movimento duas vezes. Você também pode fazer o bebê pedalar como se estivesse andando de bicicleta para mobilizar seu abdômen.

3 – Giro do ponteiro do relógio

Essa é uma das massagens contra a prisão de ventre com maior aceitação positiva. Novamente deitado de barriga para cima, segure os tornozelos do bebê com as perninhas parcialmente flexionadas.

Depois, desenhe com a ponta dos dedos um círculo no sentido dos ponteiros do relógio. Você deve fazer isso com movimentos pausados e leves durante alguns segundos. Pare e continue outra vez.

4 – Massagem de lado

Neste caso você deve deitar o bebê sobre seu lado esquerdo, depois, alongue uma de suas perninhas e flexione a outra, de forma que toque a barriga. Faça isso por dez minutos e depois continue com a outra perna. É recomendável repetir este exercício entre 5 e 6 vezes ao dia.

5 – Letras invertidas

Coloque o bebê de barriga para cima e desenhe com seu dedo sobre o lado direito do abdômen uma letra I. Depois, desenhe a letra L, porém invertida. Finalmente, faça um U, também ao contrário. Assim favorecerá seus movimentos intestinais.

Há alimentos que favorecem a prisão de ventre que são os primeiros a constituir a dieta sólida de seu bebê, por isso você deve prestar uma atenção especial ao dar esse passo logo depois da lactação.

Outros conselhos

Além das massagens contra a prisão de ventre que você pode aplicar no bebê e que detalhamos acima, existem outras dicas que você pode considerar para evitar este problema. Algumas delas são:

  • Mudar a alimentação. Deve-se aumentar o consumo de alimentos ricos em fibras, como vegetais e frutas. Também é necessário adicionar muita água.
  • Muito movimento. Talvez o bebê seja muito pequeno para fazer atividade física, mas uma vez que ande, é necessário que você o faça queimar energias durante o dia. A atividade favorece o trânsito intestinal.
  • Boa educação. É positivo ensiná-lo a não segurar as fezes e ir ao banheiro sempre que o corpo pedir. Se puder fazer disso um hábito, será muito melhor.

Quais alimentos devem ser evitados?

Certos tipos de alimentos podem ser desencadeantes de prisão de ventre. Por isso é recomendável evitá-los. Estes são os principais:

A maioria destes alimentos são os primeiros a constituir a dieta sólida de seu bebê, por isso você deve prestar atenção especial ao dar esse passo logo depois da lactação. Como oposição a isso, também devemos ressaltar que são bons para combater a diarreia.

Se o problema se prolongar e o bebê não melhora com estas medidas, você deve procurar um médico o quanto antes. A prisão de ventre prolongada no bebê pode ser sintoma de um problema maior, por isso não se deve perder tempo para tratar.

Recomendados para você