6 histórias clássicas para crianças

5 de julho de 2019
As histórias clássicas para crianças sempre são uma boa opção para os nossos filhos.

Embora a literatura infantil e juvenil esteja avançando a passos largos, há uma série de livros e histórias que, apesar do passar dos anos, não saem de moda.

Estamos no referindo às histórias clássicas para crianças, aquelas que nossas avós leram para os nossos pais, nossos pais liam para nós, nós lemos para os nossos filhos e, assim, garantiremos que a transmissão vai continuar.

A seguir, vamos listar uma pequena amostra dessas histórias clássicas para crianças para que você possa reviver a sua infância e também transmitir todas essas histórias para os mais jovens da casa.

Histórias clássicas para crianças

Chapeuzinho Vermelho

Todo mundo conhece a menininha de capuz vermelho que a mãe manda para a casa da avó para levar comida e remédios. Essa história reflete dois valores essenciais.

Em primeiro lugar, o valor da união da família, mais especificamente da Chapeuzinho Vermelho, tanto com a mãe quanto com a avó. Em segundo lugar, a rejeição que as crianças devem sentir em relação aos estranhos.

O lobo e os sete cabritinhos

Nessa história sobre uma família de cabritinhos, uma mãe precisa sair para fazer compras, deixando os seus sete filhos em casa. Ela os adverte de que eles não devem abrir a porta para ninguém e que, quando ela chegar, dará um sinal para que os filhos saibam que ela é ela mesma.

A entrada em ação de um lobo que quer comê-los nos mostrará uma série de aventuras que terminarão com a barriga do lobo cheia de cabritinhos. Nesse momento, o amor da mãe, um dos valores fundamentais dessa história, lhe dará a coragem e a força necessárias para abrir a barriga do lobo e tirar os filhos de dentro dela.

Mais uma vez, um dos principais valores da história é a rejeição aos estranhos, um aspecto tão importante de ser tratado durante a infância.

Histórias clássicas para crianças

Os três porquinhos

As casas dos três porquinhos e o lobo soprando para derrubá-las e comer os porquinhos é uma história que nos acompanha há muitos anos.

Há muitos valores que podem ser transmitidos com essa história para as crianças, tais como o esforço e a força de vontade ao fazer as coisas, bem como o fato de que a cooperação e o trabalho em equipe facilitam as tarefas.

Outras histórias clássicas para crianças

A princesa e a ervilha

A princesa e a ervilha é uma das histórias clássicas para crianças que nos oferece uma das mais importantes lições de vida: as aparências enganam.

Mas essas aparências são aquelas rejeitadas pela rainha. As aparências de uma princesa que chega com um aspecto deplorável ao castelo onde ela mora com o filho, o qual está procurando por uma mulher para se casar.

Uma ervilha será a chave para a rainha mudar de ideia, depois que a princesa dorme mal ao notar a famosa ervilha sob 20 colchões, já que apenas as princesas verdadeiras têm a pele tão fina.

Cachinhos dourados

Uma das melhores histórias clássicas para crianças que serve para ensinar aos mais jovens da casa o valor do respeito pelos outros e pela sua privacidade é a que tem como protagonista uma menina de cachinhos dourados que, sem permissão, entra, come e dorme em uma casa que é habitada por uma família de ursos.

No momento em que a família de ursos chega à casa e descobre a menina, ela, assustada com o que está vendo, decide correr pela floresta quando percebe o que fez.

Outras histórias clássicas para crianças

A mulher e o balde de leite, uma das mais conhecidas histórias clássicas para crianças

Essa história simples descreve o caminho feito em direção à cidade por uma garota cheia de imaginação que fica pensando sobre o que vai fazer com o dinheiro que ela vai receber pela grande quantidade de leite que vai vender.

Todos esses pensamentos se direcionam a ter cada vez mais dinheiro até que, de repente, ela tropeça na estrada e todo o leite é derramado, de tal forma não vai haver dinheiro algum porque ela não estava atenta ao caminho.

Em suma, o valor que se quer transmitir através dessa história é o de que não devemos ser gananciosos  nem divagar com as coisas que não temos e queremos conseguir, porque às vezes esses pensamentos podem atrapalhar o nosso futuro.