9 doenças em crianças menores de um ano

· 9 de março de 2019
As doenças em crianças menores de um ano deixam você preocupada? Descubra qual é a mais comum e como tratar. Nesses casos, a informação é o segredo para lidar com elas.

Veja quais são as principais doenças em crianças menores de um ano. Várias delas são muito frequentes e requerem atenção imediata. Além do mais, algumas são perigosas para os bebês pois o seu sistema imunológico ainda está em fase de desenvolvimento.

Algumas doenças em crianças menores de um ano

As crianças com menos de um ano são propensas a doenças respiratórias e digestivas. Em geral, essas doenças são causadas ​​por vírus ou bactérias. As mais frequentes são:

1. Gripe ou resfriado comum

É causada pelo vírus da gripe e é facilmente transmitida, embora em muitos casos desapareça por conta própria. Os sintomas incluem: febre acima de 38 graus, tosse, congestão nasal, dor de cabeça, mal-estar, dores musculares e, em alguns casos, vômitos.

A gripe é uma das doenças mais frequentes em crianças menores de um ano e requer atenção médica.

2. Bronquite

A bronquite é uma inflamação dos brônquios e na maioria dos casos é causada pela gripe mal curada. Essa doença apresenta muco abundante, tosse e falta de ar.

Tenha em mente que a bronquite é transmitida por via oral, isto é, pelo contato com a pessoa afetada.

Existe também a bronquite aguda que, por sua vez, é provocada por uma infecção respiratória causada por vírus e bactérias. Ela afeta o nariz, a garganta e os seios paranasais.

Por fim, algumas crianças podem sofrer de bronquite crônica. Os principais sintomas dessa condição são tosse excessiva e expectoração de muco.

3. Pneumonia

É uma doença de origem infecciosa que causa inflamação de um segmento dos pulmões. Em crianças com menos de seis meses é causada pela bactéria pneumocócica.

Os sintomas dessa doença são febre alta, tosse abundante com catarro, calafrios, dor e dificuldade de respiração. A pneumonia requer tratamento rigoroso e hospitalização.

bebê vomita

4. Amidalite

A principal causa dessa doença é a bactéria Streptococcus, embora também possa ser causada por vírus. Apresenta inflamação das amígdalas, dor de garganta, dor de cabeça, febre e dificuldade para comer. É muito comum em bebês, principalmente na fase em que começam a levar objetos à boca.

5. Infecções urinárias

Se uma criança com menos de dois anos apresentar febre sem um motivo aparente, pode ser que ela tenha uma infecção urinária. Entretanto, é possível verificar com um simples teste de tira reagente de urina.

Se o resultado for positivo, um exame de urina é feito para seguir com o tratamento mais apropriado. Em alguns casos, o procedimento exige internação hospitalar.

As crianças menores de um ano são propensas a ter doenças respiratórias e digestivas.

6. Diarreia

É uma das doenças em crianças menores de um ano causada por vírus ou alimento contaminado. O paciente apresenta fezes líquidas muito frequentes com dor abdominal.

Portanto, nesse caso é necessário hidratar bem o bebê oferecendo muito líquido e continuar com o leite materno ou a alimentação normal. Se os sintomas persistirem, é preciso ir ao médico.

7. Gastroenterite

É uma inflamação do trato gastrointestinal. Geralmente é causado pelo consumo de água ou alimentos contaminados. É caracterizada por diarreia líquida, náuseas, vômitos, dores intestinais, febre e fraqueza extrema.

Se o seu filho tiver esses sintomas durante 48 horas, é preciso procurar um médico. Da mesma forma, é preciso manter um cuidado extremo mesmo em casa, com hidratação via oral constante para evitar a desidratação.

Além disso, continue com a rotina de amamentação normalmente. Por outro lado, se a criança já come outros alimentos, você pode complementar com uma dieta adstringente para bebês.

8. Otite

É uma inflamação nos ouvidos causada por infecções bacterianas ou virais. Também é comum em bebês que estão com gripe ou infecções respiratórias. A otite se manifesta com dores muito fortes, agudas ou pontadas constantes, além de febre e diarreia em crianças pequenas.

9. Bronquiolite

É produzida pelo vírus sincicial respiratório. Causa infecção nos bronquíolos, que ficam inflamados, entupidos e, assim, acabam impedindo a passagem de ar.

É uma condição contagiosa de alto risco, comum entre os recém-nascidos. Diante do menor sintoma é preciso consultar imediatamente o pediatra. Alguns dos sintomas mais comuns são: febre, tosse excessiva, dificuldade para respirar e chiado.

As doenças em crianças menores de um ano requerem visita ao pediatra.

Como minimizar o risco de doenças em crianças

Se você tem um bebê com menos de um ano de idade, tente evitar o contato com pessoas infectadas por vírus ou bactérias. Além disso, limite as visitas durante o primeiro mês de vida do bebê.

Igualmente, manter uma boa higiene pessoal e em casa é essencial. Ademais, tente seguir o programa de vacinas recomendadas para crianças.

As doenças presentes em crianças menores de um ano podem ser superadas tratando de forma adequada e imediata. No entanto, é recomendável fazer o possível para evitar que elas apareçam.

  • Ministério da Saúde, B. (2012). CADERNOS DE ATENÇÃO BÁSICA - Saúde Da Criança: Crescimento E Desenvolvimento. Departamento de Atenção Básica. https://doi.org/10.1039/c3sm50468a
  • Queiroz, R. M., & Geib, L. T. (1995). Problemas primários de saúde do lactente: fatores associados TT - Primary health problems of babies: associated factors. Rev. Méd. Hosp. Säo Vicente de Paulo.