A mesada semanal, vantagens e desvantagens

28 de Maio de 2018
Se seu filho começou a pedir uma mesada semanal e você não sabe o que fazer, preste atenção às vantagens e desvantagens que ela oferece. Com base nelas, você pode tomar uma decisão bem fundamentada.

Entre os valores que devemos cultivar em nossos filhos, depois do amor, o mais importante é a responsabilidade. Uma das maneiras de fazer isso é ensinando-os a gerenciar o dinheiro através do pagamento de uma mesada semanal; tanto para recompensá-los por um trabalho que fizeram como para encorajá-los a poupar.

No entanto, essa é uma questão delicada, pois pode trazer resultados a favor ou contra suas atitudes no futuro. A situação econômica do núcleo familiar também deve ser levada em consideração.

A partir de que idade é apropriado dar mesada aos nossos filhos?

Normalmente, as crianças começam a lidar com as operações matemáticas simples, como adição e subtração, entre os cinco e os sete anos. Por consequência, elas também começam a ter contato com o dinheiro, sabendo o seu valor e denominação.

Dessa forma, elas já aprendem a gerenciar informações sobre o custo de pequenas coisas e como podem ser adquiridas. Assim, podem começar a comprar alguns doces ou balas por conta própria e aprender como fazer os cálculos das compras sem precisar de ajuda.

Ensine as crianças a distribuir a mesada

Devemos dar liberdade aos nossos filhos. No entanto, quanto mais jovens forem, mais importante é ter controle do destino da mesada. Para aqueles de nós que já temos filhos e começamos a lhes dar a mesada semanal, já nos aconteceu de gastarem tudo em doces no mesmo dia em que receberam.

Esse é o momento certo para começar a criar nas crianças a noção de economizar e dizer a elas como distribuir o dinheiro que recebem. Por exemplo, no caso de gostarem de um brinquedo, poderíamos lhes dar as ferramentas para que possam comprar seus doces e juntar dinheiro para comprar o brinquedo de que tanto gostam.

É muito importante estar presente e acompanhar como elas lidam com essa situação; você tem que guiá-las para que não cometam erros.

Aprender o valor das coisas

Vantagens da mesada semanal

1.- Ensina a poupar dinheiro

Uma primeira e importante vantagem da mesada semanal é que, através desse incentivo, ensinaremos as crianças a poupar, guardando uma parte da mesada semanal e juntando mais dinheiro pouco a pouco. Saber poupar e ser prevenido é algo que elas precisam aprender; especialmente se quiserem comprar um brinquedo ou alguma outra coisa.

2.- Mostra o valor das coisas

Além disso, elas conhecerão o senso de responsabilidade e aprenderão a valorizar o que possuem. Elas saberão que, através do trabalho, podem obter um benefício econômico.

Em longo prazo, elas serão responsáveis com seus empregos ou outras atividades que favoreçam suas finanças quando forem adultas. Além disso, colocarão a lógica em prática junto com o cálculo mental quando pensarem em quanto dinheiro precisam para adquirir o que gostam.

3.- Serve de incentivo para colaborar em casa

A mesada semanal ou a mesada mensal se tornará um incentivo para que elas façam o serviço de casa. Lembre-se de que devemos atribuir essas tarefas de acordo com a idade da criança.

Ao receber dinheiro de nós, elas também podem aprender como ser empreendedoras e a multiplicar sua renda. Essa iniciativa pode ser própria ou sugerida pelos pais.

Devemos dar liberdade aos nossos filhos. No entanto, quanto mais jovens forem, mais importante é ter controle sobre o destino de sua mesada.”

Desvantagens da mesada semanal

1.- Pode despertar um sentimento de ambição

No outro extremo, as crianças podem começar a mostrar sinais de ambição; elas vão querer receber cada vez mais. Também podem pensar que tirar boas notas ou ajudar com o serviço doméstico serve apenas para receber a mesada.

dinheiro fácil

2.- Sensação de que é dinheiro fácil

As crianças podem achar que esse incentivo é dinheiro fácil e que sempre estará ao alcance de suas mãos. Portanto, elas podem pensar que dar dinheiro é uma obrigação dos pais e, como dito acima, tudo isso depende da condição econômica de cada família.

Portanto, é importante saber quanto dinheiro será dado aos nossos filhos; a melhor maneira de fazer isso é aumentar a quantia progressivamente conforme a criança vá raciocinando e gerenciando essa renda. Nunca devemos colocar nas mãos dos nossos filhos mais dinheiro do que podem controlar.

Começar a dar a mesada semanal aos nossos filhos é uma questão muito importante e não devemos tomar essa decisão de qualquer jeito. Em geral, cada criança mostrará sinais de maturidade e caberá aos pais determinar se ela tem a capacidade de administrá-la ou não. Lembre-se de que a mesada semanal é uma faca de dois gumes: devemos saber como administrá-la para ajudar aos nossos filhos.