A popularidade para os adolescentes e sua importância

23 de junho de 2019
A popularidade dos adolescentes pode se tornar uma obsessão, e é aí que devemos agir. Hoje, falaremos sobre alguns sinais de alerta que você deve conhecer. 

A busca de popularidade pelos adolescentes é algo natural, desde que esteja dentro dos parâmetros normais. O social torna-se fundamental em suas vidas, eles precisam se identificar com o grupo, pertencer e serem aceitos.

Às vezes, vemos tudo o que acontece na adolescência como um emaranhado de problemas. Nós os classificamos como complexos, difíceis e conflitantes; o que apenas dificulta o processo de desenvolvimento.

A puberdade é um estágio no qual as mudanças físicas são evidentes, os hormônios desempenham um papel importante e a personalidade começa a se solidificar.

As emoções são instáveis ​​e isso é algo natural que torna os adolescentes incapazes de entender o que está acontecendo consigo mesmos.

Como adultos que vivem com adolescentes, sejamos pais, parentes ou professores, devemos ter em mente que essas mudanças os afetam de maneiras diferentes e é importante nos mantermos compreensivos e abertos para ouvir e entender.

Durante essa fase, os adolescentes tentam saber quem eles realmente são. A família deixa de ser o centro de seu universo para transformar seus amigos e o mundo que o cerca em sua referência. Isso torna a popularidade dos adolescentes uma pedra angular.

Insegurança e baixa autoestima podem se tornar um perigo quando combinadas com a busca por popularidade; e é aí que temos que estar muito atentos aos sinais que os adolescentes nos enviam.

casal de adolescentes apaixonados

Alguns riscos da busca por popularidade

Ser quem não se é

Devemos tentar ajudar os jovens a buscar popularidade através de ações que os identifiquem como indivíduos e com qualidades positivas; e não fingindo ser quem não são só para serem aceitos.

A longo prazo, esses papéis falsos acabam se voltando contra eles; já que seus colegas os consideram pouco confiáveis.

Além disso, a busca por aprovação pode levá-los a esconder emoções socialmente menos aceitas, como a tristeza. A longo prazo, torna-se um hábito de vida e eles podem se tornar adultos incapazes de se conectar com seus sentimentos.

Comportamentos inadequados

Se os adolescentes não tiverem um bom acompanhamento e um exemplo a seguir, poderão começar a apresentar comportamentos exibicionistas para atrair a atenção e terem mais seguidores; principalmente nas redes sociais.

Relações superficiais

Se eles se concentrarem apenas na busca por popularidade, sem darem importância à construção de laços verdadeiros, criarão amizades superficiais e pouco duradouras.

O que podemos fazer como pais?

Comunicação e reflexão

A comunicação é um processo que deve ser trabalhado desde que os filhos são pequenos. Muitos pais não mantiveram esse vínculo ativo e pensam que quando seus filhos chegarem à puberdade, eles lhes dirão tudo. Errado!

Você deve estar sempre por perto e ter uma atitude aberta e observadora em relação a eles. Se você perceber que um adolescente está muito preocupado com a popularidade, pergunte-lhe quais são suas motivações e faça-o pensar sobre elas. 

O que você acha que a popularidade vai lhe proporcionar? O que você vai fazer se se tornar muito popular? Você acha que sua vida vai mudar radicalmente?

Incentivar relacionamentos saudáveis

É uma fase excelente para que os jovens pratiquem esportes, formem um grupo musical ou desenvolvam qualquer hobby que os motive.

Dessa forma, eles estabelecerão ligações baseadas em algo mais do que o simples fato de serem conhecidos.

Amigas fazendo selfie

O respeito vem em primeiro lugar

Incentivar o respeito por si mesmo e pelos outros é fundamental, e esse é outro aspecto que deve ser incutido nos jovens, pois eles estão se desenvolvendo.

O respeito é um dos eixos centrais para que um adolescente cresça experimentando, desafiando e superando limites; mas sempre com os pés no chão, sem prejudicar ninguém, incluindo a si mesmo.

Não devemos nos esquecer de que a busca por popularidade na adolescência é crucial. É nosso papel dar-lhes o apoio necessário para que isso não se torne uma arma perigosa que possa prejudicá-los e, também, afetar aos outros.

Lembre-se de que a adolescência não chega de um dia para o outro. É um processo de crescimento e, portanto, devemos oferecer aos nossos filhos as ferramentas necessárias para enfrentá-lo desde a infância.

Pineda, S., Aliño, M. (2012). El concepto de Adolescencia. Manual de Prácticas Clínicas Para La Atención Integral En La Adolescencia. https://doi.org/10.4067/S0718-22362004000200004

LEWMES, A. (2002). Adolescencia una etapa fundamental. ADOLESCENCIA. https://doi.org/ISBN: 92-806-3740-1

Hurlock, E. (1995). Psicología de la adolescencia. Psicología de la adolescencia. https://doi.org/10.1017/CBO9781107415324.004