A queda de cabelo em recém-nascidos

· 23 de abril de 2019
As causas da queda de cabelo em recém-nascidos podem ser muito variadas. Na verdade, é um processo normal nas crianças, exceto quando a situação permanece ao longo do tempo. Nesses casos, a consulta com o pediatra é a ação mais recomendada.

A queda de cabelo em recém-nascidos é chamada de eflúvio telógeno. Esse processo natural do corpo geralmente causa um pouco de angústia nos pais; especialmente quando não se trata de uma calvície total, mas sim parcial e localizada.

As causas do eflúvio telógeno são completamente naturais. Com exceção de algumas condições associadas a doenças, todos os bebês passam por esse processo.

O ideal é cuidar do couro cabeludo do bebê e evitar cortar o seu cabelo antes dos três meses de idade; os recém-nascidos controlam a temperatura corporal através da cabeça.

O que causa a queda de cabelo em recém-nascidos

Nunca deixa de surpreender como os bebês que nasceram com cabelos abundantes começam a apresentar calvície com o passar dos dias. Na maioria dos casos, geralmente partes do cabelo costumam aparecer no travesseiro ou na cadeira de descanso.

O cabelo nem sempre está em fase de crescimento. De fato, seu período de crescimento é de três anos, enquanto o de repouso é de três meses. Isso não significa que todo o cabelo cresça ao mesmo tempo ou que permaneça em repouso ao mesmo tempo; somente entre 5% e 15% do cabelo fica na fase de repouso.

A queda de cabelo em recém-nascidos é importante para abrir caminho para novos cabelos. Enquanto parte do cabelo está em repouso, uma parte cai para dar lugar aos novos fios. Dessa forma, a calvície total é evitada, embora em algumas crianças esse risco possa existir.

O que causa a queda de cabelo em recém-nascidos

Para alguns pais, é uma surpresa descobrir que o novo cabelo do bebê é diferente daquele com o qual ele nasceu. Geralmente, o cabelo do nascimento é mais escuro e mais grosso do que o novo cabelo; apenas no caso dos bebês de pele muito clara, a cor do cabelo é semelhante à verdadeira.

Quando a queda de cabelo em recém-nascidos não é normal?

A queda de cabelo em recém-nascidos está associada a doenças apenas em casos muito específicos. Por exemplo, se o couro cabeludo estiver vermelho ou inflamado, isso pode indicar a presença de algum fungo.

O mesmo acontece quando há seborreia ou escamas de pele, uma situação que pode aumentar a queda de cabelo. Nesse sentido, é importante não confundir a caspa com a crosta láctea.

Ao contrário da caspa comum, a crosta láctea é amarelada e grossa. Além disso, ela não causa irritação e é uma condição muito comum em recém-nascidos que geralmente se resolve sozinha.

Por fim, distúrbios hormonais, da tireoide ou dos gânglios podem estar associados à queda de cabelo em recém-nascidos. Por isso, é importante não minimizar esse fenômeno durante o check-up médico regular. Além disso, é aconselhável comentar com o pediatra qualquer mudança física que possa nos surpreender.

Como podemos cuidar do cabelo do recém-nascido

Como podemos cuidar do cabelo do recém-nascido

Os bebês não precisam de um cuidado extraordinário na higiene. O banho diário não só os mantém limpos, como também os ajuda a relaxar. Para o cuidado do cabelo do bebê, existem algumas dicas importantes a serem lembradas:

  1. Usar xampu especial ou para bebês. A maioria dos especialistas recomenda o uso de sabonetes e xampus neutros, ou seja, sem adição de fragrâncias ou corantes. Dessa forma, qualquer reação alérgica é evitada. A pele dos bebês é muito delicada nos primeiros meses e o mesmo acontece com o couro cabeludo.
  2. Dar banho com água morna. A água do banho deve estar em uma temperatura ideal, nem muito fria nem muito quente. O banho quente vai estimular a queda de cabelo, uma vez que ajuda a abrir os folículos.
  3. Massagear o couro cabeludo cuidadosamente. As massagens estimulam o couro cabeludo, embora também possam fazer com que o cabelo mais frágil caia mais rápido. Da mesma forma, as massagens também são úteis quando há a presença de crosta láctea.
  4. Variar a posição do bebê ao dormir. As mudanças na posição do bebê ao dormir oferecem a vantagem de que a calvície não fique mais pronunciada de um lado do que do outro. A posição também deve ser trocada nos momentos em que o bebê estiver sentado na cadeira de descanso.

“A queda de cabelo em recém-nascidos é importante para abrir caminho para novos cabelos. Enquanto parte do cabelo está em repouso, uma parte cai para dar lugar aos novos fios.”

Em resumo

A queda de cabelo em recém-nascidos não é uma situação que deva causar uma preocupação para os pais, exceto em alguns casos. A curto prazo, você verá que novos cabelos vão aparecer e que a sua cabeça vai ficar como sempre novamente.