A responsabilidade educacional dos pais

6 de julho de 2019
A educação é importante demais para que os pais se esqueçam dessa tarefa e a deixem apenas nas mãos dos professores. Por isso, vamos analisar as responsabilidades educacionais dos pais.

A responsabilidade educacional dos pais na escola faz parte dos pilares básicos de uma educação de qualidade. Para que a educação aconteça como tal, uma ação coordenada entre a escola e a família é fundamental.

Se a escola e os pais estiverem afinados, a confiança sempre será muito mais fluida. Pais, mães e professores sabem que ocupam espaços diferentes, mas vamos mostrar que eles são complementares.

Relação família e escola: responsabilidade educacional dos pais

No livro La Participación De Los Padres En La Escuela (A Participação dos Pais na Escola, em tradução livre), de Pulpillo Ruiz e Ambrosio J. (1982), foi estabelecido que uma grande mudança estava ocorrendo na relação entre família e escola. As mudanças que ocorreram nessa área são evidentes.

A relação entre pais e escola é algo que sempre existiu e que vem evoluindo constantemente. No início, os pais deixavam todas as responsabilidades educacionais dos filhos para as escolas. Ou seja, eles se importavam pouco com a forma como isso era realizado.

Pouco a pouco, os pais mudaram de atitude e começaram a se preocupar com a forma como os seus filhos vão ser educados na escola.

Responsabilidade educacional dos pais e sua importância

É essencial que a família e a escola estejam relacionadas, pois há muitas razões para incentivar a participação dos pais na vida escolar. Tal participação causa efeitos como estes:

  • Maior autoestima das crianças.
  • Relações familiares mais positivas.
  • Melhor desempenho escolar.
  • Atitudes mais vigorosas dos pais e mães em relação à escola.
Responsabilidade educacional dos pais e sua importância

Por sua vez, os professores, ao encontrar essa participação dos pais, também obtêm um impacto positivo:

  • Podem informar melhor os objetivos que pretendem alcançar.
  • Os métodos utilizados se tornam mais conhecidos.
  • O modelo seguido por cada processo de formação é mais transparente.

Quanto mais os pais participarem na tomada de decisões, mais eficaz será a decisão tomada. A ideia é, portanto, uma colaboração contínua dos pais com os professores, sem esquecer as responsabilidades de cada um.

Responsabilidade educacional dos pais compartilhada com os professores

Os pais devem compartilhar com os professores responsabilidades tais como a transmissão de normas, valores, costumes, etc. A socialização das crianças começa com os pais, por isso é importante que a transmissão de valores de todos os tipos seja algo muito familiar para eles.

  • O desenvolvimento de habilidades sociais de autonomia. É tarefa dos pais ensinar às crianças estratégias para serem independentes, bem como habilidades relacionadas à higiene, alimentação ou vestuário. Além disso, também devem ensinar habilidades emocionais, tais como a autoafirmação.
  • Ensinar conhecimentos ou estratégias educacionais. Os pais podem ensinar às crianças estratégias para expandir os seus conhecimentos. Eles podem ensiná-las a estudar, por exemplo.
  • Respeito às regras e responsabilidades familiares. A tarefa de transmitir essas regras faz parte da responsabilidade educacional dos pais. Porém, não devemos nos esquecer de que elas devem ser compartilhadas de forma simples e próxima com os professores.
Responsabilidade educacional dos pais compartilhada com os professores

Reuniões entre pais e professores

As reuniões entre pais e professores devem servir para ajudar na educação global das crianças. Porém, muitos professores sentem que os pais tendem a desempenhar um papel de controle nessas reuniões. É fundamental que ambas as partes deixem de lado essa vontade de controlar e busquem, acima de tudo, a colaboração sincera.

As duas partes, professores e pais, devem enxergar a realidade educacional como um caminho para compartilhar ações cooperativas e buscar um objetivo em comum: a formação integral do aluno.

Em conclusão, os pais não devem abandonar as suas responsabilidades educacionais. Eles não devem pensar que os professores vão assumir 100% da educação das crianças na escola. Em suma: o seu trabalho é tão importante quanto o dos professores.