A temperatura ideal para o banho do bebê

· 16 de dezembro de 2017
Qual deve ser a temperatura utilizada durante a hora do banho do seu bebê é uma das questões mais recorrentes que os pais de primeira viagem têm que enfrentar. A seguir, daremos algumas dicas para isso.

A chegada de um recém-nascido costuma despertar, na maioria dos casos, uma sensação de insegurança nos pais na hora de proporcionar-lhes os cuidados necessários nos seus primeiros meses de vida, sobretudo, para aqueles pais de primeira viagem. Entre as muitas perguntas que os pais se fazem está aquela a que vamos nos ater hoje: qual é a temperatura ideal para o banho do bebê?

A temperatura na hora do banho

Para começar, e fazendo referência à regulação térmica, cabe destacar que se trata de uma função fisiológica, quer dizer, se define como a capacidade de manter um equilíbrio entre a produção e a perda de calor para conseguir fazer com que a temperatura corporal fique normal.

Falando em termos numéricos, poderia se dizer que em um bebê a temperatura média adequada estaria entre 36,5 e 37,5 graus Celsius. No entanto, é preciso prestar muita atenção nisso, já que os bebês são muito mais sensíveis às mudanças de temperatura.

Em um momento tão essencial e rotineiro como é a hora do banho, é necessário levar em consideração tanto a temperatura do banheiro quanto da água. Em primeiro lugar, recomenda-se que esse cômodo esteja com uma temperatura por volta de 20 e 25 graus Celsius, propício à criação de um ambiente ameno.

bebê tomando banho

O motivo disso é para que não haja diferença extrema de temperatura ao tirar o bebê da água. Em segundo lugar, é recomendável que a água esteja com uma temperatura de por volta de 37 graus Celsius.

“Aproveite o banho para estabelecer um vínculo especial com o seu bebê”

Perguntas prévias básicas

A seguir, vamos expor algumas das questões básicas que tanto os pais quanto as mães ficam refletindo na hora de começar a dar banhos no bebê.

Com que frequência é recomendável dar banho no meu bebê?

Para começar, é imprescindível avisar que depende um pouco do estado de cada bebê e dos costumes de cada país. No entanto, não é recomendável abusar do banho nos primeiros dias de vida do recém-nascido. O primeiro banho pode esperar.

No que se refere às questões meramente higiênicas, na Espanha se considera que um bebê de poucos meses de vida pede de um a dois banhos por semana. O motivo é que o bebê não se suja tanto ao longo do dia e isso acontece até o momento em que ele começa a engatinhar.

A partir desse momento, é imprescindível prestar mais atenção ao aspecto da limpeza. Devemos lavar bem as mãos e o rosto do bebê, as dobras da pele e, inclusive, limpar com especial cuidado a região genital, sempre que trocarmos a fralda.

No entanto, cabe destacar que em muitos outros países o mais comum é dar banho no recém-nascido todos os dias, estabelecendo esse ato como uma espécie de rotina diária porque consideram que é relaxante para o bebê.

Na opinião de muitos pediatras, é recomendável o banho diariamente. Não apenas para garantir o bem-estar do bebê, mas também porque é um momento para estimular os laços paterno-filiais. Além de ser uma maneira de ajudá-los a dormir melhor.

Um conselho que devemos levar em consideração na hora de dar banho no bebê é tentar não submergir o bebê por completo na água até que o cordão umbilical caia. Nesse período, você pode intercalar o banho e uma leve limpeza do corpo todo com uma esponja úmida.

Como frisamos no começo, a frequência do banho depende das preferências de cada família. Não há problema algum em dar banho diariamente, sempre e quando for usado um sabão especial para bebês que não irrite ou machuque a pele extremamente sensível dos pequenos.

bebê tomando banho

Qual é o melhor método para dar banho no meu bebê?

A seguir, vamos expor uma série de assuntos que com certeza vão facilitar a hora do banho do seu filho. Embora com um pouco de atenção e carinho, você vai se dar conta de que o momento do banho vai se tornar um dos rituais que você mais vai aproveitar com o seu bebê.

1. Certifique-se de ter à sua disposição todos aqueles utensílios que o banho exige: uma toalha, roupa e fralda limpas e sabão. Um dado importante é verificar a temperatura do banheiro para que o bebê não sinta frio.

2. Encha a banheira. A medida recomendada é de aproximadamente cinco ou sete centímetros de água morna, não muito quente.

3. Certifique-se de que seu bebê se encontra seguro e, perto do lugar onde está a banheira, tire a roupinha dele.

4. Submerja um pouquinho o bebê na água, sempre prestando atenção para que através de suas mãos você suspenda o pescoço e a cabeça porque são áreas muito delicadas. De vez em quando, derrame água em quantidades pequenas com ajuda de uma jarra ou um copo sobre o tronco do bebê para evitar que ele sinta frio. O fundamental nesse momento do banho é que o bebê não escorregue e engula água ou se machuque.

5. Utilize o mínimo de sabão possível, já que é um agente externo que pode fazer mal a sua pele. Lave os cabelos com delicadeza, utilizando uma toalhinha molhada, passando nos olhos e no rosto. Um pedacinho de algodão pode ajudar nessa hora. Lave com frequência a região genital do seu bebê, embora seja preciso dizer que, de maneira contrária aos prognósticos, não se exige uma limpeza mais profunda do que das outras partes do corpo.

6. Tire o seu bebê da banheira, prestando muita atenção nele.

Enrole-o numa toalha, de preferência numa toalha de banho com capuz e seque-o suavemente. Se você perceber que a pele na área da fralda está ressecada, você pode passar um creme ou loção hidratante para acalmá-la.

“Quando o bebê crescer, o banho vai se tornar um dos momentos mais divertidos do dia.”

A higiene acaba sendo algo fundamental para um bebê, especialmente, nos primeiros meses de vida para garantir seu cuidado e saúde, já que o banho é a principal proteção contra a contaminação por determinadas doenças. Além disso, e como comentamos anteriormente, o banho pode se tornar um dos momentos mais especiais dessa fase: um tempo de relaxamento e de compartilhamento com o seu bebê. Como pudemos observar, só é questão de prática e de seguir esse simples passo a passo.