Alimentos para prevenir a prisão de ventre nos bebês

Seu bebê sofre de prisão de ventre? Neste artigo, vamos mostrar quais alimentos devem ser introduzidos em sua dieta para aliviar o problema.
Alimentos para prevenir a prisão de ventre nos bebês

Última atualização: 27 Julho, 2021

A prisão de ventre em bebês é um problema comum que geralmente tem uma solução simples. Basta variar um pouco a dieta, aumentando os alimentos ricos em fibras e eliminando os adstringentes, para produzir uma ação eficaz.

Embora certos hábitos alimentares sejam geralmente o principal motivo para o surgimento desse problema de saúde, há outras causas que devem ser levadas em consideração quando o bebê não responde bem às mudanças na dieta. Nesse caso, pode ser necessária a avaliação de um especialista para descartar patologias que alteram a função intestinal.

Os melhores alimentos para prevenir a prisão de ventre nos bebês

A seguir, vamos apresentar em detalhes quais são os melhores alimentos para evitar a prisão de ventre nos bebês. Eles devem ser introduzidos no âmbito de uma alimentação variada e equilibrada para aproveitar ao máximo os seus benefícios.

Purê de vagem

As vagens se destacam pelo seu alto teor de fibras, as quais aumentam o tamanho do bolo fecal, o que, consequentemente, gera uma maior excitação dos mecanorreceptores do tubo digestivo. Isso resulta em movimentos peristálticos mais poderosos, o que melhora o trânsito intestinal, de acordo com um estudo publicado na revista Alimentary Pharmacology & Therapeutics.

Quando preparadas em forma de purê, é aconselhável adicionar um fiozinho de azeite de oliva extra virgem para favorecer a lubrificação do bolo alimentar. Isso também contribuirá para sua descida pelo tubo digestivo.

Purê de maçã

 

Maçã para combater a prisão de ventre nos bebês

A maçã é um dos melhores alimentos para o sistema digestivo, inclusive no caso dos bebês. Ela contém em seu interior um tipo de fibra conhecida como pectina, capaz de fermentar nos intestinos. Isso traz benefícios para a microbiota, pois também serve como fonte de energia para as bactérias que habitam esse órgãos.

Uma das melhores maneiras de oferecer uma maçã ao seu bebê é em forma de purê. Quando a fruta é oferecida cozida, favorece ainda mais a digestão subsequente.

Kiwi

Outro alimento que se destaca pelo seu alto teor de fibras é o kiwi. De acordo com uma pesquisa publicada na revista The American Journal of Gastroenterology, essa fruta tem se mostrado eficaz na prevenção da prisão de ventre.

Uma das grandes vantagens das frutas é que elas podem ser combinadas com muita facilidade. É possível oferecer ao bebê compotas, mingaus e purês que contenham mais de um ingrediente. Além disso, a aceitação desse tipo de alimento é boa, por isso será fácil incorporá-lo à dieta habitual.

Leguminosas

As leguminosas também são conhecidas por seu alto teor de fibras, mas é necessário ter cuidado com elas, pois podem causar desconforto intestinal, como os gases.

Para garantir a digestão adequada das leguminosas, é necessário cozinhá-las em fogo baixo pelo tempo que for necessário. Quanto mais longo for o período de cozimento, mais fácil será a digestão. Da mesma forma, a moagem mecânica dos grãos destrói muitas das fibras que o compõem e isso reduz o risco de doenças intestinais após seu consumo.

Alimentos a evitar se o bebê costuma ter prisão de ventre

Até agora falamos sobre os alimentos que ajudam a prevenir a prisão de ventre em bebês devido ao seu alto teor de fibras. Mas você tem que saber que também é necessário limitar o consumo de outros quando a criança tem tendência à prisão de ventre.

A banana e a cenoura têm propriedades adstringentes, por isso devem ser evitadas na dieta do bebê que tem prisão de ventre. Essas frutas podem ser oferecidas de vez em quando, mas é recomendável moderar seu consumo.

Os laticínios e alimentos com alto teor de açúcar (sucos embalados, refrigerantes, doces, entre outros) também devem ser oferecidos em quantidades controladas, pois em excesso favorecem essa condição.

Algumas fórmulas lácteas ou mesmo o leite de soja provocam alterações no bolo fecal, aumentando a consistência e dificultando o trânsito intestinal.

Introduza alimentos para evitar prisão de ventre na dieta do bebê

Se você incluir com frequência todos os alimentos que discutimos, o bebê terá menos probabilidade de desenvolver problemas relacionados à prisão de ventre. Contudo, é preciso garantir que a alimentação do seu filho seja variada e balanceada, pois é fundamental evitar déficits nutricionais na infância.

 

Evitar a prisão de ventre nos bebês: hidratação.

É importante garantir uma ingestão suficiente de água, quando o seu bebê já tiver iniciado a alimentação complementar. A desidratação é uma das causas mais comuns de prisão de ventre em lactentes.

Por fim, lembre-se de que a atividade favorece a motilidade e, com ela, a descida do bolo alimentar pelo tubo digestivo. Nesse sentido, recomenda-se que o bebê realize certo grau de exercício, dentro de suas possibilidades. Brincadeiras e movimentos irão ajudá-lo a evitar esses problemas digestivos que podem causar desconfortos e incômodos.

Lembre-se de que…

A prisão de ventre é motivo frequente de consulta e geralmente é uma condição relacionada à alimentação do bebê, portanto, deve-se começar por introduzir mudanças em sua alimentação para superar esse problema.

Caso nenhuma medida funcione, a melhor opção será consultar o médico para descartar a presença de qualquer patologia que condicione o aparecimento desse sintoma.

Pode interessar a você...
Amamentação em bebês prematuros
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
Amamentação em bebês prematuros

A amamentação em bebês prematuros é fundamental para garantir o bom desenvolvimento dos pequenos e prevenir doenças. Saiba tudo sobre o tema aqui!



  • Christodoulides S, Dimidi E, Fragkos KC, Farmer AD, Whelan K, Scott SM. Systematic review with meta-analysis: effect of fibre supplementation on chronic idiopathic constipation in adults. Aliment Pharmacol Ther. 2016 Jul;44(2):103-16. doi: 10.1111/apt.13662. Epub 2016 May 12. PMID: 27170558.
  • Rao SSC, Brenner DM. Efficacy and Safety of Over-the-Counter Therapies for Chronic Constipation: An Updated Systematic Review. Am J Gastroenterol. 2021 Jun 1;116(6):1156-1181. doi: 10.14309/ajg.0000000000001222. PMID: 33767108; PMCID: PMC8191753.
  • Castillejo de Villasante G, Martínez Suárez V, Cenarro Guerrero MT. Estreñimiento del lactante. Capítulo 7. En: Espin Jaime B. Guía de Estreñimiento en el Niño. Madrid. Editorial Ergón. Año 2015. p 41-44. ISBN: 978-84-16270-16-3. Disponible en: https://www.sepeap.org/wp-content/uploads/2016/06/Guia-de-Estre%C3%B1imiento-en-el-ni%C3%B1o.pdf