A ansiedade em engravidar, um obstáculo para consegui-lo

· 17 de novembro de 2016

Quando tomamos a decisão de trazer um bebê ao mundo pensamos que em 2 ou 3 meses acontecerá o milagre da concepção, o que não necessariamente é assim, porque existem diferentes fatores que influenciam, e a ansiedade por engravidar poderia ser um obstáculo para conseguir.

Quando estamos em busca de engravidar, talvez no terceiro mês de tentativas podemos começar a experimentar este desagradável sintoma, denominado ansiedade.

Quando estamos em busca de engravidar, talvez no terceiro mês de tentativas podemos começar a experimentar este sintoma desagradável denominado ansiedade.

A ansiedade é uma sensação que causa muitíssima angústia e se alimenta em uma falsa crença de que o pior cenário vai acontecer, o que pode nos criar muita tensão, fazendo-nos sentir desilusão e angústias.

Reconhecer o que nos acontece: primeiro passo para solucionar o problema

Para controlar os estados de ansiedade é importante que entendamos que “temos um problema”, se não nos damos conta disso será quase impossível que possamos aplicar qualquer corretivo que nos ajude a fazer uma mudança significativa e favorável em nosso humor.

Uma vez que tenhamos consciência desta incômoda sensação que nos aturde devemos analisá-la para entender: porque o medo nos invade, a razão pela qual sentimos tanta angústia ou tensão diante de um evento que deveria ser mais gratificante e que deveria nos encher de alegria e nos dar muitos sonhos.

Adicionalmente devemos estar cientes de que se não colocamos fim a esse tipo de emoções absolutamente negativas poderíamos entorpecer e comprometer o maior desejo que temos, que é engravidar.

A ansiedade e o estresse: má combinação para ficar grávida

É conhecido por todos que o estresse causa consequências negativas em nosso organismo, por isso sofrer de intensos episódios de ansiedade pode desencadear este típico problema.

Segundo a Wikipédia: “O estresse é o modo como um corpo reage a um desafio. De acordo com o evento estressante, a maneira que o corpo responde ao estresse é por meio do sistema nervoso simpático de ativação, que dá lugar à resposta de luta ou de fuga.”

O estresse definitivamente impacta negativamente nosso organismo de diferentes formas e inclusive poderia afetar o rendimento sexual do casal (no caso dos homens, o estresse pode causar impotência).

Estudos especializados tai como os realizados por “Human Reproduction”, determinaram o efeito negativo que a ansiedade tem no processo de concepção, por isso é imperativo tomar ações para se livrar deste inimigo implacável.

Dicas para se livrar da ansiedade

A seguir, apresentaremos um conjunto de dicas que você pode aplicar para superar os estados de ansiedade e consequentemente aumentar as probabilidades de conceber de forma natural, alcançando seu maravilhoso objetivo:

  • Busque apoio em seus entes queridos (familiares e amigos).
  • Trate de fazer algum tipo de atividade que você gosta, isso te permitirá se distrair e fará com que se sinta melhor.
  • Consulte com um terapeuta para que lhe ajude a praticar exercícios de relaxamento, meditação, etc…
  • Faça caminhadas ou algum tipo de atividade física que lhe gere um pouco de cansaço e lhe faça dormir profundamente.
shutterstock_205677724

Existem dezenas de casos nos quais os casais se dão por vencidos em sua busca por conceber, mudam o objetivo e se dedicam, por exemplo, a procurar a opção de ter um filho através de um processo de adoção, então quando essa ansiedade passa, o apreciado milagre de engravidar acontece de forma natural.

Quando recorrer a um especialista em fertilidade?

É importante que relaxemos, entendendo que o tempo médio em condições normais para engravidar para das mulheres pode ser de 85% em até um ano. Passado esse tempo e se não foi possível conceber de forma natural, podemos ir em casal realizar uma avaliação de rotina e geral.

No segundo ano se não for possível atingir o objetivo podemos fazer estudos mais avançados para determinar se existe um desequilíbrio hormonal ou qualquer outro fator que esteja influenciando no processo da fecundação.

shutterstock_319225469-500x334

O especialista realizará todos os exames necessários e aplicará corretivos durante um lapso de tempo em função das descobertas que consiga fazer em você ou em seu parceiro, e determinará em conjunto com outros profissionais a melhor opção para fazer algum tipo de tratamento de reprodução assistida que consiga o tão sonhado acontecimento.