As 14 tarefas de um bom pai

· 5 de maio de 2017

As tarefas de um bom pai começam desde o momento em que se pensa em conceber um bebê. Durante a infância de seus filhos pode ser que você enfrente muitas dificuldades e situações estressantes. Mas tudo isso vai valer a pena porque com ele você vai sentir o amor mais sincero do mundo.

Não existe um livro de instruções para ser pai ou mãe. Mas os conselhos que daremos a seguir vão ajudar você a ter consciência de algumas tarefas básicas que poderão ajudar muito seus filhos.

Quais são algumas das tarefas de um bom pai?

1. Aproveitar o tempo com os filhos. Você vai ficar assustado em ver como o tempo vai passar rápido após o nascimento do seu filho. Lembre-se de que o tempo que tem com eles é curto e você deve aproveitar cada segundo. Passe o maior tempo possível com seus filhos. E quando o fizer, se afaste das coisas que distraem você desses momentos.

2. Divida as responsabilidades com sua companheira. Quando se trata de filhos, não existem tarefas especiais para homens ou para mulheres. A chave é fazer da paternidade uma experiência compartilhada. Envolva-se em todas as coisas para dar ao seu filho o amor e o cuidado que ele precisa.

3. Demonstre o seu amor. Mesmo que possa parecer um conselho um pouco óbvio, muitos pais guardam esse sentimento e não o demonstram. Em cada oportunidade que você tiver e sem levar em consideração as circunstâncias, faça com que seus filhos se sintam amados.

4. Ensine-os a tomar decisões. Talvez seja mais fácil definir o que você quer para a vida deles. Mas ensiná-los a escolher os próprios caminhos é uma habilidade que vai durar para sempre. Guie-os e estabeleça limites, mas permita que eles decidam por si mesmos.

5. Lembre-se sempre da importância da paciência. Ao ser pai ou mãe, muitas situações podem tirar você do sério, mas controlar suas reações é uma virtude que se desenvolve pacientemente. Respire profundamente, relaxe e continue sua vida para ser um modelo de autocontrole.

6. Divirta-se. O bom senso de humor é um presente que você dá aos seus filhos. Não tenha medo de ser taxado de ridículo quando estiver acompanhado dos seus filhos. Os momentos de diversão serão acumulados e guardados nas memórias deles para sempre. Sempre veja o lado engraçado de cada situação.

tar2

7. Leia com e para eles. Não importa se você possui ou não esse hábito. A leitura é um presente que você dá aos seus filhos para a vida toda. Esse hábito os ajudará a desenvolver habilidades cognitivas e sociais. Dedique alguns minutos todos os dias para compartilhar uma história com eles.

8. Deixe-os aproveitar os jogos. Muitas pessoas subestimam o valor dos jogos, sem saber que é o momento no qual as crianças se desenvolvem em várias dimensões. Substitua a TV e os vídeo games por um bom momento de jogos e exercícios manuais.

9. Estimule a imaginação de seus filhos. Um grave erro que nós adultos cometemos é podar as habilidades criativas dos nossos filhos. Permita que eles criem com os elementos que os rodeiam. Deixe-os brincar de ser outras pessoas ou inventar histórias nas brincadeiras. Não repreenda a imaginação.

10. Seja firme na hora de estabelecer limites. A maior demonstração de amor que você pode dar aos seus filhos é ensiná-los o valor do respeito e da educação em valores. Como pai, você precisa estabelecer regras e fazer com que elas sejam respeitadas para que, ao crescer, seus filhos sejam adultos educados e úteis à sociedade.

tarefas

11. Seja um modelo das virtudes sobre as quais você fala. As crianças sempre aprendem com o exemplo que é dado a elas. Por ser um modelo a ser seguido, você deve pensar quais são os comportamentos que espera dos seus filhos e começar a colocá-las em prática. Reflita sobre o que você quer que seus filhos vejam e o que serão quando crescerem.

12. Trate com respeito todos os membros da sua família. Os comportamentos abusivos e os gritos são condutas que serão imitadas. O desrespeito gera inseguranças e problemas emocionais que podem durar a vida toda.

13. Ensine-os como ser independentes. Fique ao lado de seus filhos, mas dê liberdade para que façam coisas por si mesmos. Delegue pequenas responsabilidades e aumente pouco a pouco o grau de dificuldade para que depois eles consigam realizar as tarefas sozinhos.

14. Deixe-os ser quem são. A personalidade é um aspecto que você não deve mudar para tentar ajustá-la às suas expectativas. Dê aos seus filhos o espaço que eles precisam para que suas características pessoais possam aparecer e amadurecer.