As crianças refletem a bondade que os adultos deixaram para trás

· 18 de agosto de 2018
As virtudes das crianças surgem de forma espontânea porque amam sem sentir medo.

As ações das crianças refletem a bondade que os adultos esqueceram. O segredo delas é dar sem esperar nada em troca e estar conectadas com elas mesmas e com que estiver ao redor delas. Justamente por isso que podem dar amor àqueles que necessitam.

Uma criança saudável quase sempre está sorrindo. A imagem de uma pessoa bondosa é também a de uma pessoa que quase sempre está sorrindo. “Que coincidência!” dirão alguns. Mas nada é por acaso. Essa semelhança de comportamentos se deve ao fato de que o corpo reflete os verdadeiros sentimentos e comportamentos do ser humano. O sorriso de muitas crianças reflete a essência da alma delas.

Outro ponto a favor das crianças é que o coração e a mente delas são livres de preconceitos. Por isso, costumam retribuir, sem discriminação, gestos de bondade como sorrisos, abraços, beijos e até lágrimas.

a bondade

Bondade espontânea

Muitas vezes é difícil entender por que quando uma criança começa a chorar, esse choro – como se fosse um bocejo- começa a contagiar outras crianças. Centenas de mães, enquanto consolam seu bebê nos braços, sorriem pelo sentimento de ternura que lhes causa o fato de o bebê delas ter profunda compaixão pelo outro.

As crianças usam uma linguagem talvez mais primitiva, mas também mais honesta, que muitos adultos. Elas estão muito ligadas aos próprios sentimentos. Além disso, por serem tão puras e nobres, conseguem se ligar com os demais de uma maneira especial.

Essa facilidade de conexão pode explicar por que surgem de maneira deliberada tantos gestos de bondade. A questão é: quem vive sem a bondade hoje em dia? Ninguém! As crianças certamente sabem disso. Por isso, oferecem bondade a todo mundo.

A espontaneidade dos pequenos

Você já viu a espontaneidade das crianças quando simplesmente querem brincar. Embora sejam perfeitos desconhecidos que se olham no parque, sorriem uma para a outra e, depois de alguns gestos tímidos, já estão brincando livremente como se se conhecessem por toda a vida. Nenhuma das crianças se importou em saber quem era a outra, quem eram seus pais, se vivia em um bairro nobre ou não. Tudo isso é irrelevante se o objetivo é passar um tempinho brincando.

Essa mesma espontaneidade surge quando alguém precisa delas. As crianças ajudam porque a alma delas capta de uma maneira natural a necessidade ou a verdadeira essência das pessoas. Por isso, delas brotam sentimentos de bondade com uma facilidade que chega a deixar os adultos maravilhados.

E são os adultos quem, além de se maravilharem com a bondade das crianças, devem começar a praticá-la mais com frequência. As almas dos pequenos vêm carregadas de bondade. Uma virtude que as acompanha desde o nascimento. Apenas é preciso deixá-la aparecer e liberá-la de todas essas camadas que foram se formando ao longo de anos de experiências dolorosas. Amar e ser bom será sempre uma escolha melhor do que ficar com medo de se machucar.

a bondade

Um coração cheio de bondade

As crianças nascem sem marcas, nascem sendo boas. Sem dúvida, as ações das crianças refletem a bondade que os adultos esqueceram. Mas por quê? Porque estão livres de preconceitos, poderia ser uma das respostas a essa pergunta.

Estar livre de preconceitos é uma das melhores virtudes das crianças, pois essa condição lhes permite agir de maneira espontânea. Estar livres de medos, culpas ou rancores permite que elas expressam sua bondade sem reservas.

Os adultos também podem ser bondosos. Na verdade, o são quando se exige isso deles, quando se mostram dignos diante de uma oportunidade. E é justamente nesse aspecto que as crianças estão à frente dos adultos, porque a bondade delas é constante, se parece com uma fonte de água viva que surge sem que se peça por ela.

A questão está em como conseguir fazer com que essa bondade surja de novo no coração de um adulto. Existem várias fórmulas e uma delas é muito popular: o coração dos adultos deve se parecer mais com o das crianças.

Devolva ao seu coração a alegria de sorrir e agradecer apenas pelo fato de que hoje você está vivo. Porque hoje é uma nova oportunidade para praticar a virtude da bondade.

Se você começar a limpar todos os dias o seu coração dos preconceitos, medos e rancores já terá feito boa parte da tarefa para que o seu coração se lembre da alegria de amar como uma criança e de ser bom ou bondoso porque sim, porque todos os seres humanos precisam de amor. Sem exceção.

Recomendados para você