É assim que a saliva afeta os dentes das crianças

A saliva é um fluido natural que protege os dentes e ajuda a boca das crianças a fazer o seu trabalho. Aqui vamos contar tudo sobre isso.
É assim que a saliva afeta os dentes das crianças
Vanesa Evangelina Buffa

Escrito e verificado por a dentista Vanesa Evangelina Buffa.

Última atualização: 25 outubro, 2022

A umidade é uma das características mais notáveis da cavidade oral. A saliva é responsável por manter os dentes, a língua e outras estruturas da boca das crianças úmidas para facilitar suas funções. Continue lendo para saber como a saliva influencia os dentes das crianças.

Nos primeiros meses do bebê, as glândulas salivares completam seu desenvolvimento e a produção de saliva fica evidente. A baba dos pequenos é uma das manifestações da secreção correta desse fluido. Em média, os adultos produzem cerca de 1 litro de saliva por dia. Nos menores, essa quantidade pode chegar até 1 litro e meio por dia. Como vamos explicar, a presença desse líquido na boca é muito benéfica.

A saliva nas crianças

A saliva é um líquido claro composto principalmente de água. Além disso, possui eletrólitos, muco, elementos antibacterianos e enzimas. É produzida pelas glândulas salivares maiores: parótida, sublingual e submaxilar; e pelas menores dispersos na mucosa labial e palatina.

Esse fluido que os humanos secretam de forma constante e natural é essencial para o bom funcionamento da boca. A maior produção ocorre antes, durante e após as refeições. Por sua vez, atinge seu pico máximo ao meio-dia e diminui consideravelmente à noite, durante o sono.

A saliva está envolvida em muitos processos fisiológicos, como digestão e fala. Ao mesmo tempo, ajuda a manter a saúde bucal e geral. Vamos ver quais são suas funções em detalhes.

A saliva mantém toda a cavidade oral úmida, atua como mecanismo de limpeza e ajuda a engolir os alimentos.

As funções da saliva

A saliva permite que a boca, as mucosas e os dentes sejam lubrificados e mantidos úmidos, ajudando a engolir os alimentos. Conheça esta e outras funções da saliva na cavidade oral das crianças:

  • Umedece o alimento e ajuda a formar o bolo alimentar para facilitar a deglutição. Além disso, as enzimas que a compõem iniciam o processo digestivo quebrando os alimentos antes de chegarem ao estômago.
  • Permite sentir os diferentes sabores dos alimentos. Se a boca não tivesse umidade suficiente, a língua não seria capaz de perceber os diferentes sabores dos alimentos.
  • Atua como um mecanismo de autolimpeza que varre os detritos para manter a higiene bucal.
  • Reduz o efeito nocivo das bactérias através do mecanismo de autolimpeza e da sua capacidade buffer, que neutraliza o ambiente oral quando se torna muito ácido ou muito alcalino. Desta forma, ajuda a prevenir cáries.
  • É capaz de fornecer cálcio e flúor aos dentes das crianças. Estas propriedades remineralizantes ajudam a fortalecer e cuidar do esmalte por mais tempo.

Os efeitos da saliva nos dentes das crianças

A saliva desempenha um papel fundamental na saúde oral e no bem-estar dos dentes das crianças. Suas propriedades antibacterianas e seu efeito de enxágue e limpeza ajudam a manter os dentes livres de detritos.

Além disso, sua capacidade de neutralizar os ácidos produzidos pelas bactérias e seus efeitos remineralizantes desempenham um papel de defesa que reduz o risco de cárie. No entanto, se esse fluido diminuir, a proteção desaparece e o risco de doenças na boca aumenta.

O aparecimento de cáries nas crianças

Em geral, crianças que dormem com a boca entreaberta ou que respiram pela boca têm mais cáries do que aquelas que respiram pelo nariz. Nesses casos, os incisivos superiores ficam expostos ao ar externo, ressecam e a placa bacteriana permanece aderida à sua superfície, pois a saliva não consegue realizar sua função de limpeza.

As crianças que não têm espaço entre os dentes também são muito mais propensas a ter cáries. Neste caso, é porque a saliva não consegue fluir e limpar a área interproximal.

Os pequenos que sofrem de algumas doenças, como asma, bronquite ou enfisema, ou que usam certos medicamentos, como corticosteroides ou broncodilatadores, podem apresentar alterações na composição ou quantidade de sua saliva. Este efeito também aumenta o risco de cárie. Nestes casos, é essencial cuidar da higiene oral para combater a falta de proteção salivar.

A saliva tem propriedades antibacterianas e ajuda a limpar os dentes, contribuindo para a prevenção das cáries.

Como saber se há saliva suficiente?

A maioria das crianças produz a quantidade certa de saliva naturalmente. Para isso, hidratação e uma alimentação balanceada são essenciais. No entanto, algumas crianças podem sofrer de boca seca como resultado de hábitos, condições de saúde ou uso de medicamentos. Estes são alguns dos sintomas que ajudarão você a identificar a boca seca no seu pequeno:

  • Saliva muito pegajosa ou espessa.
  • Lábios secos e rachados.
  • Dor nos cantos ao abrir a boca.
  • Língua seca, rachada e áspera.
  • Dificuldade para mastigar, engolir, comer e falar.
  • Sensação contínua de sede.

Como aumentar a produção de saliva para proteger os dentes das crianças?

A saliva é um elemento fundamental para cuidar dos dentes e da saúde da boca das crianças. Confira algumas dicas para que seu pequeno tenha uma produção salivar adequada:

  • Mastigar alimentos: dar às crianças alimentos em pedaços para mastigar promove a produção salivar.
  • Mascar chicletes sem açúcar: desde que a criança saiba mascar chicletes com segurança, esses produtos podem ser oferecidos de tempos em tempos para promover a produção de saliva.
  • Hidratação adequada: oferecer bastante água aos pequenos os mantém hidratados e com a quantidade de líquidos necessária para uma secreção salivar adequada. Recomenda-se beber entre 1,5 e 2 litros de água diariamente.

Essas recomendações não substituem os hábitos de higiene bucal, mas complementam os cuidados bucais. Com a produção adequada de saliva, além de cuidados orais regulares, os dentes dos seus filhos estarão protegidos contra as cáries.

Pode interessar a você...
Como a saúde bucal da mãe afeta a saúde do bebê
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Como a saúde bucal da mãe afeta a saúde do bebê

A condição bucal da mãe pode afetar a saúde do bebê. Continue lendo e descubra tudo sobre essa importante relação que às vezes é ignorada.


Todas as fontes citadas foram minuciosamente revisadas por nossa equipe para garantir sua qualidade, confiabilidade, atualidade e validade. A bibliografia deste artigo foi considerada confiável e precisa academicamente ou cientificamente.


  • MORALES-CHÁVEZ, M. A. R. I. A. N. A. (2020). El rol de la saliva en el riesgo de caries en pacientes pediátricos con autismo. Revisión de la literatura. Odontología Pediátrica28(2), 84-91.
  • Sáenz Masís, M. F., & Madrigal López, D. (2019). Capacidad buffer de la saliva y su relación con la prevalencia de caries, con la ingesta de diferentes bebidas comerciales. Odontología Vital, (31), 59-66.
  • Gargantini, P., & Joison, A. (2019). Estudio del pH y niveles de flúor en saliva y placa dental en niños con dentición permanente temporaria y mixta. Revista Methodo4(3).
  • Tan, T. M., Arango, E. L., & Labarcena, B. R. (2019). Características del esmalte y rol de la saliva como factores de riesgo a caries dental. Progaleno2(3), 224-235.
  • Lluman Guapi, D. S. (2020). Formación de caries relacionado con la dieta y PH salival en pacientes pediátricos de 5 a 10 años (Bachelor’s thesis, Universidad de Guayaquil. Facultad Piloto de Odontología).
  • Escalona, T. P., Ortiz, H. R. C., Palomino, Y. P., Tamayo, M. I., & Rodríguez, M. I. R. (2015). Relación entre factores de riesgos y caries dental. Multimed19(4), 1-13.
  • Santiago-Lagunes, L. M., Ríos-Gallardo, P. T., Perea-Martínez, A., Lara-Campos, A. G., González-Valadez, A. L., García-Osorio, V., … & Reyes-Gómez, U. (2020). Importancia de una hidratación adecuada en niños y adolescentes. Salud Quintana Roo11(39), 27-30.
  • Cabrera Chaguala, J. P., Calderón Moreno, J. S., Jiménez Rodríguez, M. F., & Riveros Gallo, Y. K. (2021). Relación entre los medicamentos antiasmáticos y el desarrollo de caries dental en niños y adolescentes. Revisión sistemática.

Os conteúdos de Sou Mamãe servem apenas para fins educacionais e informativos. Em nenhum momento substituem o diagnóstico, o aconselhamento ou o tratamento de um profissional. Em caso de dúvida, é recomendável consultar um especialista de confiança.