Atividade para as crianças hiperativas

16 de março de 2018

Acertar na atividade para as crianças hiperativas pode ajudar muito no comportamento. Os hiperativos em casa ficam irrequietos a todo momento e na escola acabam com a tranquilidade da aula. Parece que não há atividade ou ninguém no mundo que consiga mantê-los calmos e entretidos por alguns minutos.

As crianças que têm hiperatividade costumam alterar o equilíbrio de um grupo de crianças e chegam até a incomodar aqueles que querem ler, desenhar ou brincar em paz no seu momento. Para os educadores são uma verdadeira dor de cabeça, na vizinhança podem ser motivo de reclamações, e as visitas que não sejam de lazer a qualquer lugar se tornam momentos difíceis, na tentativa de controlar o comportamento deles.

Com o objetivo de ajudar você a manter seu filho controlado, nos encarregamos de redigir este artigo oferecendo a você algumas atividades para crianças hiperativas que podem ser propostas em casa.

 

Montar quebra-cabeças uma excelente atividade para as crianças hiperativas

Montar quebra-cabeças uma excelente atividade para as crianças hiperativas

Os quebra-cabeças “quebram” a hiperatividade de uma criança. Sempre e quando o que ela precisa montar seja interessante de alguma forma, assim ela vai querer dedicar alguns minutos a essa tarefa.

Então, uma das características de uma criança hiperativa é que o foco de atenção dela pode mudar com certa rapidez e de repente, logo depois de montar as primeiras peças da figura, a criança perde a curiosidade de continuar até o fim.

Jogar bola na rua ou dar mergulhos na piscina cheia d’água pode ser mais divertido para ela.

É por isso, querida mamãe, que se você tem um filho hiperativo e decidir lhe propor que monte um quebra-cabeça, você não deve confiar plenamente na magia que a atividade gera, deixando-o sozinho.

Reserve um tempo para ficar junto com ele para comentar sobre como é legal a imagem que ele está formando, suas cores, como vão emoldurá-la depois e pendurá-la no quarto, ou se vão dá-la ao papai como presente de aniversário.

Resumindo: mesmo se tratando de uma atividade que para todos pode ser muito relaxante, lembre-se que seu filho precisa de muitos incentivos para se manter atento e interessado.

Além das paisagens, figuras dos animais ou qualquer outra imagem, os quebra-cabeças de figuras geométricas costumam ser muito bons para essas crianças.

Desenhar moldes uma atividade para as crianças hiperativas que acalma

Desenhar moldes, bordas decoradas, séries, ou o que for, pode acalmar um pouco seu filho.

Desenhe bordas decoradas ou outros moldes ao redor do seu quarto, vamos supor, na parte inferior das paredes, quase encostando no chão. Para isso, faça moldes e marque-os por todo o lugar.

Quando se filho chegar da escola, peça-o para que ajude você nessa tarefa. Por exemplo, peça que ele pegue o pincel e pinte de preto, e desenhe junto com você.

Isso ocupará parte do período da tarde dele e pode ser que também alguns dias.

Realizar exercícios físicos e uma divertida atividade para as crianças hiperativas

divertida atividade para as crianças hiperativas

Os exercícios físicos podem lhe ajudar a queimar essas energias extras que ele tem. Aproveite também para se exercitar e convide-o para jogar beisebol, basquete ou futebol no quintal na parte de trás da casa.

Colaborar em casa pode ser uma opção de atividade para as crianças hiperativas

As tarefas domésticas ocupam um tempo precioso na vida das crianças hiperativas.

Aqueles que dedicam algumas horas a ajudar a por e a tirar a mesa, ou a colaborar no conserto da cerca se sentem satisfeitos e úteis.

Estimule a satisfação pessoal de seu filho, mostre a ele que vale a pena, eduque-o, faça-o se sentir orgulhoso de si mesmo incumbindo-o de realizar tarefas, responsabilidades que ele deverá cumprir dentro de casa para o bem-esta dele e daqueles que o rodeiam.

Conselhos para as mães de crianças hiperativas

Mamãe, você precisa ter paciência com uma criança hiperativa. Seu filho precisa de mais exercícios que qualquer outra criança para poder gastar as energias que tem.

Não o chame nem lhe explique as coisas gritando. Fale com ele em voz baixa e com tranquilidade.

Por nada do mundo seja violenta: nem verbal, nem fisicamente com ele.

Não o critique ou o compare com seus colegas de turma.

Dê-lhe todo o seu amor e, acima de tudo, nos momentos de maior hiperatividade.

Explica-lhe por que está errado ele agir dessa ou daquela maneira e as consequências que o comportamento dele traz.

Não jogue a culpa da hiperatividade para cima dele. As crianças são curiosas, aventureiras, exploradoras por excelência. Quando pensar que é a hiperatividade dele que está aprontando, pare para pensar um pouquinho se não se trata do comportamento que, nessa idade, pode ter qualquer outra criança.

Dedique seu tempo para ele. Não deixe a criação do seu filho a mercê dos outros. Ele é seu filho, você é a pessoa que vai educá-lo melhor.