Boa noite, mamãe: a melhor forma de terminar o dia

Às vezes, o peso dos nossos problemas desaparece no momento em que vemos nossos filhos dormir e lhes desejamos boa noite. Não importa o estresse do dia, não importa o que tenha que fazer de manhã, não importa o cansaço…porque se seu filho ou sua filha estiver bem, tudo está bem. Simples assim…

Mesmo não faltando gente que, de vez em quando, faça você lembrar que a maternidade e a educação das crianças são parte de uma travessia complicada e até desafiadora, você tem isso bem claro na cabeça. Ter um filho, na verdade, torna a vida muito mais simples. Na verdade, existe um aspecto que, sem dúvida, você já deve ter percebido: os filhos fazem com que qualquer esforço valha a pena, eles são o motivo de cada manhã para seguir em frente. Eles são tudo isso.

Assumir, esse ponto de vista, por mais curioso que pareça, é vital, é sinônimo de saúde e bem-estar. Na verdade, não dizemos isso da boca para fora ou por acaso. De acordo com um estudo realizado pela Universidade da Finlândia, os pais que não sabem administrar o estresse e que não aproveitam as coisas mais simples da vida correm o risco de transmitirem aos seus filhos seus mesmos padrões de ansiedade.

Dessa forma, nunca é demais lembrar algo muito simples, que, sem dúvida, você mesma disse a si mesma mais de uma vez: os problemas, as pressões do dia e a ansiedade devem ficar da porta para fora de casa e longe do “alcance” das crianças. Quando estivermos com nossos filhos, eles devem perceber que são nossa máxima prioridade, a semente de nossa felicidade.

Não quero ir para a cama, mamãe!

Os especialistas em dinâmicas familiares e, até mesmo, em relações de casal, costumam dar um conselho muito básico: nunca devemos ir para a cama aborrecidos com nossos cônjuges. Por isso, não é de se estranhar que com as crianças aconteça o mesmo.

  • Em muitas casas, a hora de dormir dos pequenos é, com frequência, origem de conflitos, reclamações, e algum chilique.
  • Nossas crianças costumam ser bastantes reativas a deixarem de brincar ou de fazer suas atividades para ir para a cama. Por isso, muitos pais e mães não têm outro remédio do que levá-las contrariadas até seus quartos, terminando assim o dia de uma forma pouco adequada, com aborrecimentos e mal humor.

Não termine o seu dia sem dizer um “te amo” aos seus filhos, não apague a luz dos quartos deles sem lhes desejar “boa noite” dando um sorriso de cumplicidade, lembrando-lhes que tudo está bem; que são amados.

Se essa situação se repetir diariamente e a ela acrescentarmos o cansaço dos pais por causa de suas respectivas jornadas de trabalho, já temos, sem dúvida, os ingredientes suficientes para experimentar a última hora do dia como algo bastante traumático. Quando, na verdade, deveria ser o momento mais mágico do dia.

Vou dar boa noite a você com calma, vou ficar com você até que consiga dormir

mãe observando filho dormir ao dar boa noite

Sabemos que existe uma certa polêmica e mais de uma discordância sobre a que horas deveríamos colocar nossos filhos para dormir. Algumas mães e pais que chegam um pouco mais tarde do trabalho e não querem abrir mão de ficar um tempo com seus filhos, de compartilhar momentos com eles, de dar carinho e dizer frases como “como foi seu dia?” e um “como senti sua falta”.

Fica claro que toda família têm suas regras, suas dinâmicas internas que se ajustam às suas próprias características e necessidades. No entanto, existem outras questões básicas das quais não podemos descuidar nessas últimas horas do dia, já que, como ressaltamos no início, podem contribuir, sem dúvida, para uma melhor criação, uma melhor impressão emocional para os seus filhos.

Uma despedida relaxada

Se o seu trabalho não permite isso, é recomendável que estabeleça horários compatíveis com a hora de seu filho ir para a cama. Uma hora antes, vamos desligar a televisão ou qualquer aparelho eletrônico para relaxar.

  • Tomar um banho antes de dormir é sempre recomendável.
  • Mesmo assim, é sempre bom acompanharmos as crianças até a cama e reservar um tempinho para conversar com elas, para falar banalidades, para rir, sonhar ou, simplesmente, ler para um conto para elas.

Todo esse processo deve ser feito sem pressão, sem brigas ou reclamações. Se elas se acostumarem com essa rotina desde pequenas vão se integrar perfeitamente a elas.

Amor é ver nossos filhos dormirem e pensar que isso é felicidade, que nada pode nos satisfazer mais do que chegar em casa e vê-los descansar felizes, imersos em um descanso em que os sonhos os acariciam, enquanto nós nos perguntamos como podem ser tão bonitos, tão perfeitos…

Nessa última hora do dia, as emoções devem falar, não as preocupações

Alguns pais se despedem rapidamente de seus filhos quando lhes dão boa noite. Se o seu filho ou filha quer dizer alguma coisa, é comum que o pai ou mãe responda: “agora é hora de dormir e papai/mamãe está cansado(a)”.

  • Sabemos que nessas horas todos estamos esgotados. No entanto, poucos minutos marcam tanto a memória emocional dos nossos filhos do que esses em que estamos na beira da sua cama, lemos um conto, fazemos uma promessa, lhes desejamos boa noite ou simplesmente ficamos em silêncio esperando que durmam. Ficamos protegendo seus sonhos, aproveitamos de sua companhia depois de um dia de pressão.
bebê dormindo e o boa noite aos filhos

Não hesite em aproveitar esses momentos únicos. A infância dos seus filhos é muito curta e é preciso saber estar presente, aproveitar o “aqui e agora” que não voltará a se repetir mais.

Recomendados para você