O que são as bolinhas brancas nos seios?

26 de dezembro de 2017

Quando vamos nos tornar mães surgem muitas perguntas. Algumas são muito frequentes e se relacionam com tudo o que tem a ver com a amamentação materna. Conhecer com detalhes as mudanças pelas quais o nosso vai passar é fundamental. Isso vai permitir adquirir ferramentas para enfrentar tais mudanças e passar pelo caminho da maternidade com alegria. Todas as mulheres que estão vivendo a doce espera devem conhecer o que são bolinhas brancas nos seios. Eles são pequenos, brilhantes, e com uma leve coloração rosada. Em geral, se inflamam se o pequeno mama sem fazer pausas para, em seguida, desinflamam sem maiores complicações.

Uma vez terminada a sessão de amamentação, o mamilo adquire uma cor esbranquiçada e isso é normal

Os dutos por onde saem o líquido formam pequenas bolinhas de leite que ficaram obstruídas, e seu tamanho varia ao longo do dia. Podem aparecer quando o bebê fecha a boca vigorosamente e joga a cabeça para trás se desvencilhando do seio.

Causas das bolinhas brancas nos seios

Essas bolinhas podem aparecer espontaneamente ou serem provocadas por uma infecção ou obstrução mamária. O que fazer frente a esses desconfortos?

  • Amamentar em uma posição confortável tanto para a mãe como para o bebê
  • A mãe pode tomar anti-inflamatórios via oral, indicados pelo médico, caso seja necessário.
  • O tratamento é o mesmo da obstrução das mamas
  • Costumam ser tratadas com calor no local

A ação constante de amamentar e a experiência de observar as bolinhas de leite nos mostram realmente do que se tratam

Frente a quais sintomas devemos nos preocupar com aparecimento das bolinhas brancas nos seios

bolinhas brancas nos seios

Em alguns casos apresentamos sintomas de alerta, como febre ou inflamação grave. Isso acontece quando as bolinhas brancas nos seios são persistentes ou aparecem frequentemente. Esses sintomas fazem com que seja necessário um exame laboratorial imediato. Nesses casos, os especialistas vão recomendar algum tratamento com antibióticos.

Esses pontos brancos, em geral, doem, provocam uma coceira intensa, e uma sensação de queimação. Apesar desses sinais de mal-estar, não são consideradas graves. No entanto, se não forem tratadas por médicos e no devido tempo, podem provocar problema mais graves.

Na maioria dos casos, essas bolinhas mudam de forma ou inflamam devido a uma doença microbiana da mama, produzindo a mastite subaguda. Elas se transformam em um tipo de mastite que não apresenta os sintomas típicos: febre, dor em uma parte da mama, vermelhidão ou inflamação do seio por completo.

As bactérias patógenas têm a capacidade de formar biofilmes, ou seja, elas se prendem aos dutos e junto com os restos de cálcio obstruem esses canais responsáveis pela passagem do líquido.

Conselhos a seguir

bolinhas brancas nos seios o que pode ser

Recomendamos que você siga os seguintes conselhos:

  • Normalmente, desde o momento em que as bolinhas brancas aparecem em nossos mamilos, se forma uma crosta que vai se soltar entre 5 e 7 dias. Vai ser o bebê, por meio da sucção, que vai fazer com que magicamente essas bolinhas desapareçam.
  • É muito importante nunca pegar no sono enquanto estiver dando de mamar para o seu filho, já que ele pode se afogar, chupar de forma errada o mamilo e, imediatamente, provocar uma mastite aguda.
  • Se a bolinha for mais grossa e visível, é ideal aplicar um pouco de calor no local, a fim de amolecer a textura dura (crosta) e fazer com que saia mais facilmente.
  • Uma forma de drenar o seio é pressionando bico para que o ducto obstruído libere o líquido. Em seguida, você deve colocar o pequeno para mamar, deixando-o, ao mamar, terminar de esvaziar o ducto.
  • Há casos de bolinhas que são de origem bacteriana. Essas costumam ser profundas. Geralmente afetam todo o ducto mamário. Frente a esse tipo de bolinhas é recomendável procurar imediatamente um médico. Ele vai indicar se você deve interromper ou continuar com a amamentação e orientar um tratamento com antibióticos.   É necessário realizar um acompanhamento para evitar futuras complicações.
  • Ao amamentar, é preciso ter um cuidado especial com a higiene das mãos e dos mamilos, isso vai evitar infecções.
  • Tente realizar a amamentação em um lugar tranquilo, no qual você e o bebê estejam o mais relaxados e confortáveis quanto possível.

Amamentar é sinônimo de amor para o seu bebê

É preciso que nossos filhos sejam amamentados de forma exclusiva durante 6 meses. Dessa idade até os 2 anos, a amamentação deve ser combinada com a alimentação convencional. Isso vai proporcionar os nutrientes necessários ao crescimento e desenvolvimento saudável do seu bebê.

Desde o momento em que nascem, ao se alimentar pela primeira vez com o colostro, tem início uma relação afetiva de dependência entre a mamãe e o bebê.

 Amamentar é uma experiência maravilhosa, ainda mais quando realizada com amor e dedicação.