É bom para o bebê chupar o dedo?

Chupar o dedo é um hábito comum entre as crianças. Elas certamente parecem fofas quando fazem isso e parte nossos corações pedir que parem. No entanto, essa ação traz algum benefício?
É bom para o bebê chupar o dedo?

Última atualização: 02 abril, 2022

Um dos reflexos mais comuns em crianças desde quando são recém-nascidos até aproximadamente dois anos de idade é colocar os dedos na boca e chupar. O motivo dessa ação pode ser atribuído a vários fatores, mas no final das contas é normal que os pais se perguntem: é bom para o bebê chupar o dedo?

Segundo pediatras e ortodontistas, essa ação não implica em nenhum risco para o seu bebê, desde que não se torne um hábito. Além disso, se possível, a criança deve parar com esse comportamento por volta dos dois anos de idade. A seguir, vamos nos aprofundar nesse assunto.

É bom para o bebê chupar o dedo?

A resposta é sim e vale retificar que essa ação é completamente normal. É um reflexo que muitas crianças têm desde o primeiro dia de nascimento. De fato, foi até possível confirmar que elas também fazem isso quando estão dentro do útero.

A sucção do polegar está associada a vários fatores. Em princípio, o bebê faz isso por reflexo toda vez que aproxima as mãos da boca. Esse instinto de sucção o ajudará a aprender como mover os lábios para poder se alimentar, seja no peito ou na mamadeira.

Alguns bebês nascem com mais cabelo do que outros.

A partir do quinto ou sexto mês de vida da criança, ela deixará de sugar por reflexo. Em vez disso, essa ação de sugar para se alimentar se tornará mais racional. A partir desse momento, as crianças também usarão a boca para explorar ou aprender mais sobre os objetos ao seu alcance, assim como seus corpos. Essa é uma das razões pelas quais elas podem estar constantemente colocando os dedos na boca.

Por fim, vale a pena mencionar que a longo prazo isso gerará nelas um hábito bastante difícil de abandonar. Isso porque as crianças chupam o dedo para se sentirem seguras, calmas, relaxarem e conseguirem adormecer.

“É um reflexo que muitas crianças têm desde o primeiro dia de nascimento. De fato, foi até possível confirmar que elas também fazem isso quando estão dentro do útero.”

Benefícios de chupar o dedo

Já sabemos por que as crianças chupam o dedo. Agora devemos responder à eterna pergunta: é bom para a criança chupar o dedo? Para falar sobre seus benefícios, listamos esses fatos:

  • As crianças que chupam o dedo têm menos problemas para adormecer. Além disso, elas tendem a dormir mais profundamente à noite, sem serem interrompidas.
  • Esses pequenos não tendem a se estressar facilmente. Ficou evidente que em situações em que sentem medo ou, por exemplo, ficam tristes pela ausência dos pais, chupar o dedo os conforta rapidamente.
  • Quando as crianças chupam o dedo, elas também podem sinalizar aos pais que estão com fome ou com sono, o que ajuda os adultos a identificar quais são as necessidades do bebê no momento.
Muitos pais perguntam: é bom para o bebê chupar o dedo?

Considerações sobre o ato de chupar o dedo

Embora chupar o dedo traga vários benefícios para as crianças pequenas, é importante ter em mente alguns aspectos relacionados à higiene para garantir que essa ação não traga efeitos negativos.

A primeira coisa é que, se a criança já estiver em idade de engatinhar, os pais devem ter o cuidado de lavar suas mãos regularmente, para que não fiquem expostas a vermes, parasitas e bactérias ao colocarem os dedos na boca.

A segunda consideração sobre chupar o dedo é que se uma criança faz isso com muita frequência, ela pode de alguma forma alterar o formato de sua unha e sua cutícula. Se isso acontecer, é preciso estar atentos para levá-la ao dermatologista.

A terceira consideração é que chupar o dedo é um hábito muito difícil de abandonar. Portanto, você deve ser paciente quando quiser ensinar seu pequeno a parar com esse hábito.

Consequências negativas de chupar o dedo

Alguns dentistas afirmam que os efeitos desse hábito “são a remodelação dentária, ortopédica, funcional e dentoalveolar”. Portanto, são observadas alterações ao nível das estruturas dentofaciais, principalmente no setor anterior.

Você deve saber que os ortodontistas recomendam que os pais tentem impedir as crianças de chupar o dedo antes dos cinco anos de idade. Caso contrário, o formato dos lábios, gengivas, maxilares e dentes pode ser prejudicado de alguma forma.

No entanto, se o hábito for interrompido por volta dos seis anos, as alterações serão facilmente reversíveis, sem a necessidade de recorrer ao tratamento ortodôntico.

Apesar de tudo isso, os especialistas também recomendam não eliminar abruptamente esse hábito, pois a criança desenvolveria uma estratégia de substituição.

E, principalmente, é preciso considerar o aumento das pressões socioambientais da criança, como o cumprimento das regras e deveres escolares, entre outras responsabilidades de acordo com sua idade. Tudo isso estimula a necessidade de implementação de técnicas de autorregulação que proporcionem segurança.

Dicas para a criança largar o hábito

Passar líquidos amargos no dedo, cobrir a mão ou mostrar repetidamente que é um ato desagradável é incompatível com a necessidade íntima e fisiológica de colocar o dedo ou a chupeta na boca. Fome ou segurança e proteção estão por trás desse gesto instintivo e universal.

Por volta de um ano e meio de vida, quando o pequeno começa a dizer algumas palavras, é conveniente incentivá-lo a conversar sem a chupeta na boca.

Antes de que complete dois anos de idade, os pais devem trabalhar juntos a ideia de que a criança só realize esse comportamento para dormir. Nesse caso, ambos devem ser constantes e firmes, para limitar consideravelmente as horas de realização do comportamento. Como você pode ver, não se trata de discutir ou recriminar, mas de orientar o comportamento.

É importante que todos da casa participem da implementação dessa regra e sirvam de lembrete, no mesmo espírito de eliminar o hábito sem traumas. Todos devem assumir a responsabilidade para que a criança não associe isso a uma medida unilateral do pai ou da mãe. Se ela se sentir segura e satisfeita, provavelmente deixará de chupar o dedo.

Pode interessar a você...
Uso da chupeta: benefícios e algumas dúvidas
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Uso da chupeta: benefícios e algumas dúvidas

Chupeta sim ou não: essa é a questão? O uso da chupeta, também conhecida em outros países como pacificador, tem elementos a favor e contra o seu us...